História Putting color in my world - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 10
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


imagem; Akira
Obrigado por acompanhar; boa leitura

Capítulo 4 - The Second Day-Winter(pt.2)


Fanfic / Fanfiction Putting color in my world - Capítulo 4 - The Second Day-Winter(pt.2)

The Second Day(pt2)

“Cocei a cabeça por vergonha, mas então a resposta que recebi foi a pior que eu poderia ter recebido...”.

-Hum? Claro que falo com ela! E bom, estava com ela porque hoje viemos juntos!-Meu cérebro ainda estava processando as informações quando nos entramos na sala, eu passei as aulas inteiras pensando no que o Kai disse, Rai estava do seu lado, o tempo todo, mas enquanto falava com a garota, Rai ficou longe de Kai, por quê?

POV Rai

Eu não acredito que depois de tudo que eu falei ele, aquele traidor foi capaz de fazer isso! Deixar-me aqui sozinho, e ir com aquela... Aquela idiota! Aquela sem coração que nunca nos deu atenção, nem brincou com a gente, que nunca nos forneceu nada além de perder amigos!

Kai é bondoso, amável e gentil demais, as pessoas podem se aproveitar disso nele, porém Kai é esperto e ele não faria algo que tem consciência que vai prejudica-lo depois, então porque Kai está andando com ela? Eu sei que ele sempre gostou muito da Yuri, desde que ela nasceu ele adora ela, sempre fez o possível para ficar com ela, é incrível como ele sempre se preocupa, às vezes acho que ele gosta mais dela do que de mim (TP; Jimin kkkk, tá parou, desculpa).

POV Yuri

Aquela era apenas mais uma aula entediante de historia, onde o professor falava sobre A Mesopotâmia, eu apenas olhava e acompanhava sua leitura sobre ela, por todas aquelas folhas, palavras e imagens, lá fora tipicamente nublado, aparentemente era obvio que iria nevar olhei um pouco, logo eu vi um aluno lá em baixo, sem ir contra minha decisão levantei a mão.

-Oque foi senhorita Yoshizawa?

-Ah um aluno dormindo debaixo da arvore- observei logo o professor veio olhar, quando viu ele falou;

-Muito obrigado por informar- ele saiu da sala e foi em direção a o local. Depois de um tempo tudo foi resolvido, e eu acho que o aluno ganhou punição.

A aula terminou, e se deu inicio ao intervalo. Eu me levantei e peguei meu lanche, quando sai da sala vi Kai ele esperava as pessoas passarem quando me viu deu um enorme sorriso e veio até mim e falou;

-Vamos?-Ele estava “alegre” e sorridente, mas vindo de trás vi uma garota ela puxou seu braço me olhou dos pés a cabeça e falou;

-Kai meu amorzinho, vamos juntos para a hora do lanche??-Ela fez beicinho, mas oque me surpreendeu foi “Amorzinho”?!

-Não, obrigado pela oferta Lince, mas hoje vou ficar com a Yoshizawa!-Ela me olhou com odeio, falou que tudo bem e foi embora. Olhei para meu irmão que virou para mim e falou-Vamos??

Concordei com a cabeça, ele me disse para leva-lo onde eu ficava então o levei, ao velho canto do colégio, aonde ninguém ia, resumindo; A piscina. Ninguém ia lá, apenas os membros do clube de natação que já estavam acostumados comigo lá, às vezes uns dos membros vinha falar comigo, mas não lembro seu nome agora. Nós nos sentamos e eu comecei a observar o movimento da agua, comendo meu almoço, então Kai abre a boca e fala;

-Fica aqui todos os dias sozinha? Não se sente solitária?-Ele pergunta sua voz intonava “preocupação”.

-Não-Falo indiferente, e completo-As vezes vem um menino do Clube e fica conversando comigo.-termino, o rosto de Kai se tornou mais serio.

-Um menino do clube, hum... Sei- Ele falou parecia “zangado” ou “com raiva”, talvez, não sei dizer direito oque era, ele ia falar alguma coisa, mas o sinal tocou, e nos voltamos para a sala.

To be continuede...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...