História Puzzle Love (BTS - Bangtan Boys) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Hobi, Hope, J-hope, Romance
Exibições 54
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpe a demora, estava em época de prova, agora vou tentar escrever bastante, estou de férias! Amém! Aliás, espero que todos vocês passem e não repitam de ano e nem fiquem de recuperação. Boa sorte e boas férias!

Capítulo 4 - Srta Kim Soyeon!


Fanfic / Fanfiction Puzzle Love (BTS - Bangtan Boys) - Capítulo 4 - Srta Kim Soyeon!

JUNG HOSEOK

Meu dormitório.

2 de fevereiro de 2019, 11:34 a.m

Já era tarde, então apenas caí na cama e dormi. Depois de tudo aquilo, nem sei como consegui dormir tranquilo.

3 de fevereiro de 2019, 6:00 a.m.

Me assusto com meu alarme, quase caindo da beliche, além do alarme apenas consegui escutar um grunhido de irritação do Tae. Olho para baixo e vejo ele batendo o travesseiro em seu rosto e tentando dormir novamente. Desligo o alarme e desço da beliche indo direto poro banheiro, junto com roupas e uma toalha.

Eu estava quase terminando de me arrumar, quando bato os olhos no Tae, que estava dormindo de novo. Ele iria se atrasar. Acabo de amarrar o tênis e começo a fazer cócegas em sua barriga, logo ele levanta e sai correndo pro banheiro.

- Eu já vou indo! Se não se apressar vai se atrasar, vou para a cafeteria tomar café! - aviso Tae.

Depois de avisá-lo apenas consegui escutar um “ok!” seguido da água caindo do chuveiro. Fecho a porta e vou para a cafeteria. Peço um café junto com um simples misto-quente. Espero cerca de três minutos e a mulher me traz o pedido. Pego o mesmo e vou para uma mesa. Pelo menos eu ia, até ver a menina dos papéis, na verdade a Soyeon. Vou até a mesma, que estava sentada em um banco no jardim do internato, consegui ver ela através da parede de vidro que a cafeteria tem.

Chego perto dela e cutuco seu braço, fazendo ela se virar e me olhar.

- Posso comer junto com você?

- Por quê?

- Você está sozinha…

- Não é novidade, eu gosto de ficar sozinha. - diz fria e eu engulo seco.

- Posso falar outro motivo para te convencer?

- Tente. - responde e eu penso em algum motivo.

- Eu gosto de você. - falei mais perguntando do que afirmando. Ela se vira, escondendo seu rosto, deixando com que eu apenas veja seu cabelo com sua orelha vermelha.

- Pode… - diz baixo, quase em um sussurro.

Eu me sento perto dela e ela se afasta, indo um pouco para o canto do banco.

- Por que fica sozinha? - digo mordendo um pedaço do meu lanche.

- Não gosto de pessoas.

- Você não gosta nem de você?

- Não me considero uma, mas eu também me odeio. - fico surpreendido com o que ela fala.

- Você não fica com um tédio?

- Não, eu costumo desenhar, escrever, escutar música… Tudo conectado com a arte. E eu já me acostumei a ficar sozinha.

- Entendo… Vai ter aula do que agora?

- Filosofia.

- Sério? Eu também. - digo um pouco animado.

Não entendi essa parte, mas ela simplesmente saiu andando até a sala, depois que terminou de comer. Fiquei viajando por um momento e vou até a sala.

Chegando lá eu me sentei em um de dois lugares vazios, perto de uma garota ruiva, com uma aparência de ser uma pessoa boa, digamos assim. O professor entra e me percebe no meio da sala.

- Aluno novo? - eu assinto. - Nome.

- Jung Hoseok.

- Ok, eu sou o Professor Alex de filosofia. - ele bate duas vezes na mesa e começa a aula. Um tempo depois, escutamos batidas na porta.

- Atrasada de novo, Srtª Kim Soyeon? - ela assente. - Vou te deixar entrar, mas tente não se atrasar da próxima vez, por favor. - ela entra e se senta no fundo.

Sala de geografia.

3 de fevereiro de 2019, 11:57 a.m

Eu estava na aula de geografia, fazendo alguns exercícios que foram pedidos pelo professor, até que uma senhora entra na sala.

- Posso dar o aviso, professor?

- Claro.

- Alunos do primeiro ano. Vocês estão convidados a fazer uma viagem para Ttukseom-ro. Vocês irão acampar lá, por favor levem roupas de banho se desejarem nadar e muitas roupas. Aconselho levar um pouco de roupas de frio, fomos informados que irá fazer frio de noite. O acampamento será daqui a três dias e nós ficaremos lá por cinco dias. Faremos caminhadas, também vamos estudar o solo e tudo mais. Alguns alunos serão obrigados a ir por questão de nota, como a SRTª KIM SOYEON! - grita e ela levanta a cabeça da carteira, com uma cara de sono. A senhora dá um suspiro, - Obrigada pela atenção! Desculpe o incômodo, professor. - o professor assente e a senhora vai embora.

Fundo do jardim do internato.

3 de fevereiro de 2019, 3:38 p.m.

Tinha acabado de sair das aulas, aquilo estava me matando. Vou para o lugar que encontrei a Soyeon, me jogo na grama e fecho os olhos. Logo sinto alguém do meu lado, fazendo uma sombra sobre o meu rosto. Abro os olhos e vejo Soyeon.

- Esse é meu lugar.

- Desculpa. - digo saindo de lá mas sou interrompido por ela puxando a manga de minha camiseta, mas logo soltando e olhando pra baixo.

- Pode ficar, você não vai atrapalhar.

- Ok…

- Você pode…

- Hm?

- Me explicar por que a coordenadora chamou minha atenção?

- Acampamento, daqui a três dias, precisa de roupa de banho, roupa de frio, vamos ficar lá por cinco dias e você é obrigada a ir.

- Que desgraça.

- Por quê? Vai ser legal, eu estou animado!

- Não gosto dessas coisas.

- Novidade você não gostar de alguma coisa.

- Fala isso como me conhecesse.

- Eu sei mais do que você pensa. - um silêncio se faz presente, acho que não deveria ter falado isso. Ela quebra o silêncio começando a falar.

- Tanto faz. Aliás…

- Oi?

- Você vai ficar comigo.

- Quê?

- Eu vou estar sozinha lá, e sempre tem essas coisas de duplas e tals. Quero ficar com ninguém mas vou ser obrigada. Não queria ir a fazer dupla, trio o que for. Com você é a menos pior opção.

- Nossa, tá bom, né?

- Não reclama.

- Aish! Por que você é assim?

- Por que você reclama demais?

- Olha quem fala.

- Me diz, o que você faz de útil?

- Eu sei dançar.

- Ah tá. Vou fingir que acredito.

- É sério!

- Me mostra, então.

- Mas eu preciso de uma música.

- Eu coloco uma.

KIM SOYEON

Fundo do jardim do internato.

3 de fevereiro de 2019, 4:03 p.m

Dito isso, eu coloco uma música chamada “Save your Goodbye” e ele começa a dançar. Fico encantada com seus passos, seus movimentos até que saio de meus devaneios e penso melhor na situação.

- Gostou?

- É… Não foi tão ruim assim. - digo e ele dá uma gargalhada.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e vocês já sabem! Sarangnhae! <3
~Tia Min Swag


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...