História Q.A: Questionário Adolescente. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Amor, Escola, Musica, Rio De Janeiro, São Paulo
Exibições 19
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


GENTEE! Essa é minha segunda fic ( eu acho q dá pra falar isso pq nem terminei a primeira kk), espero que gostem essa é uma história original, nada a ver com series então é tipo um teste. Me digam se acharem bom ou bosta aceito os dois!
kissuss de nutella

Capítulo 1 - Família


Fanfic / Fanfiction Q.A: Questionário Adolescente. - Capítulo 1 - Família

 

Minha familia é de São Paulo, onde moram meus tios, primos essas coisas, mas quando minha mãe era criança se mudou para o Rio de Janeiro, quando meus tios cresceram voltaram para SP e vivem lá com suas familias.
Minha mãe e meu tio Beto resolveram ficar no Rio com a minha avó. Minha mãe conheceu meu pai na faculdade, eles cursavam publicidade, mas minha mãe largou o curso e virou organizadora de eventos.
Meus pais sempre brigaram muito, mas nada muito serio, perto dos meus 7 anos tivemos problema com dinheiro, nunca faltou nada em casa , mas tivemos que cortar alguns gastos.
Meu pai então resolveu criar sua própia empresa de publicidade, assim nasceu a Mendez ( tem esse nome por causa do sobrenome da familia : Ricardo Mendez, mas eu tenho o nome da minha mãe também: Berg ), a empresa cresceu em pouquissímo tempo de mercado, no meu aniverssário de 9 anos eu já ganhei uma casa de bonecas, daquelas caras que fazem os seus olhinhos brilharem imaginando sua Barbie lá, bom, quero dizer que superamos a crise e até consegui um presente legal ( mentira ele era tudo que uma garota de 9 anos iria querer, não era legal era incrivel!!).
Apesar da situação ter melhorado meus pais ainda brigaram até que um dia minha mãe descobriu que meu pai tinha um caso com a secretária dele, a Vanessa. Foi o fim, eles já estavam separados em menos de 1 mês, meu pai saiu de casa e assumiu o namoro com a tal secretária.
- Bianca, eu e sua mãe vamos nos separar, mas eu nunca vou me separar de você. Vou te visitar, nós podemos passear, se quiser você pode morar comigo.
Foi tudo mentira, acho que ele assinou e automaticamente achou que também deveria se separar de mim. Claro que nos 6 primeiros meses foi normal, eu morava com a minha mãe e ficava com ele em finais de semana auternados, apesar de ele continuar o namoro com a Vanessa eu nunca cruzei com ela em quanto estava lá.
Logo ele tinha mais trabalho e menos tempo pra mim, 3 meses depois de eu completar 10 anos ele disse que ia se mudar, mas não era tipo da Tijuca pra Ipanema. Era do Rio para São Paulo!!! Fiquei tão arrazada, meu pai e minha mãe brigaram tão feio que eu achei que ser tipo Andersson Silva ali, mas ninguém bateu em ninguém ( por pouco, admito).
Minha mãe queria que meu pai ficasse por mim e  ele queria ir para São Paulo pelo trabalho, sei que no final a guarda ficou toda com a minha mãe.
Não o vi desde aquele dia, claro que ele telefona e manda presentes, mas no fundo ele sabe que eu não quero ele nem pintado de ouro.
Mesmo com a minha familia morando em São Paulo ( até a por parte de mãe) só fui pra lá poucas vezes e eu era pequena, não me lembro muito bem. Acho que deve ser mais legal passar datas festivas no Rio do que em SP, minha família ( Os Berg, por parte de mãe) vem nas datas festivas e feriados.
Tenho muuuitos primos pela parte dos Berg, são nove:
Pedro (17), Júlia (14), Marcela (13) são filhos da tia Sônia
Heloísa e Hugo ( gemêos, 16), Kamilla (13) são filhos da tia Martha
Duda (9) é filha do tio Paulo
Kim ( 10),  Elisabeth (7) filhos da tia Linda
Também tem a tia Thalita, ela tem 32 anos e acha que tem 16, não teve nem um filho e tenta se enturmar com os subrinhos, ela é a típica tia amiga.
Família toda? Não!
Temos meu tio Fernando e minha mãe, a Fernanda ( que também são gêmeos)
criatividade em pessoa a minha avó né, ela é a vó Olindrina, mas a gente chama ela de vó Dina.
Pronto? Sim!! Ufa..


Notas Finais


Essa é só uma apresentação, deixa comentarios.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...