História Quais Seus Nicknames? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eldarya, Originais
Personagens Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Visualizações 16
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


heey :3
demorei? sorry
é pra dar suspense

boa leitura 💜

Capítulo 2 - Capítulo II


Fanfic / Fanfiction Quais Seus Nicknames? - Capítulo 2 - Capítulo II

Lore abre os olhos, havia dormido, não sabia por quanto tempo. Judy estava acordada, segurava as grades parecendo sem esperança.

- Ninguém veio nos ajudar. - Judy disse percebendo a movimentação da amiga - Você estava certa.

Lore se sentiu culpada, ela obviamente não queria estar certa sobre isso.

Pode-se ouvir vozes no corredor, três vozes masculinas. Quando chegaram ao final da escadaria as meninas puderam reconhecer os três rapazes: Nevra, Ezarel e Valkyon.

- Quando me disseram eu não pude acreditar, mas é verdade. Temos novas escravas. - Ezarel disse em deboche.

- São bonitas, quem sabe não queiram ser minhas concubinas. - Nevra disse malicioso.

Valkyon virou os olhos e disse:

- Estamos aqui para fazer algumas perguntas.

- Um interrogatório? Ótimo. - Lore disse desinteressada.

- Olha ela é rebelde, talvez queira ficar por aqui mesmo. - Ezarel disse provocativo. Ele recebeu um olhar mortal de Lore.

- Ezarel, imagine você no lugar dela, não seria diferente. - Valkyon disse.

- Tá. Se respondermos suas perguntas poderemos sair daqui e voltar para casa? - Judy perguntou aflita.

- Não. - Ezarel disse sorrindo.

- Sim, vocês poderão. Mas apenas se provarem  ser inocentes. - Valkyon disse sério.

- Mas se quiserem ficar... Seria ótimo ter algo diferente no jantar. - Nevra disse sorrindo, com suas presas bem aparentes.

Valkyon parecia estar um pouco estressado com os dois.

- Primeiramente, quais seus nomes? - Valkyon perguntou.

- Lore.

- Judy.

- Muito bem Lore e Judy, vocês dizem ser humanas... - Valkyon começou a dizer.

- Nós somos humanas. - Lore afirmou um pouco áspera.

- Eu não terminei. - Valkyon respondeu no mesmo tom - Se são o que dizem ser, me conte como é o mundo de vocês.

- Essa pergunta é complicada! - Judy disse começando a se desesperar.

- Ela me lembra a Ykhar. - Nevra disse aleatoriamente e foi completamente ignorado.

- Apenas descrevam... O último lugar que estiveram. - Valkyon disse depois de pensar um pouco.

- Estávamos andando na calçada, tinha muitos carros na rua, do nosso lado tinha um lugar com algumas árvores, arbustos...  - Lore respondeu - Mas pra que isso afinal?

Os meninos se olharam.

- Pra onde estavam indo mesmo? - Valkyon continuou a perguntar.

- Pra escola. - foi a vez de Judy responder.

- E como é? - Valkyon perguntou mais uma vez.

- Comum, um prédio de 4 andares, vermelho... -  Judy disse.

- Está bem. Nevra, chame a Miiko por favor? - Valkyon pediu.

- Por que não pede ao Ezarel? - Nevra reclamou, mas parou quando recebeu um olhar seco de Valkyon.

Alguns minutos depois Nevra e Miiko descem as escadas.

- ...Como assim "humanas"? - Miiko continuou falando e só parou quando percebeu que as duas estavam ouvindo.

- Miiko, tudo indicam que estão falando a verdade. Elas são humanas. - Valkyon disse.

- Muito bem. Agora o que faremos com elas? - Miiko disse com desdém.

- Por favor, só queremos voltar pra casa. - Judy implorou.

- O problema, é que não sabemos como ainda. - Ezarel, pela primeira vez, falou sério.

As duas estavam agora totalmente sem esperança, com medo e com um sentimento de desespero no peito que ia tomando conta de todos seus pensamentos.

- Mas isso não quer dizer que devem passar o resto de suas vidas presas nesse buraco. - Um garoto com um chifre de unicórnio apareceu no final da escadaria era... Kero.

- Bom, eu concordo. - Nevra disse.

- Eu não sei não. - Ezarel disse cruzando os braços e olhando firmemente para Lore.

- Eu também concordo. É injusto que fiquem aqui, elas não tiveram culpa. - Valkyon opinou.

- Tudo bem, mas elas serão responsabilidade de vocês. - Miiko disse olhando com reprovação para os chefes das guardas.

- Sendo assim... - Kero disse tirando a chave da cela do bolso - Farei um questionário com vocês duas para saber a qual guarda vão pertencer. - ele continuou, abrindo a cela e deixando as garotas sairem.

As meninas e Kero subiram até a biblioteca e como no jogo, fizeram os questionários. Lore agora fazia parte da guarda Obsidiana e Judy da Absinto.

- Será que nos daremos bem? - Judy perguntou preocupada para Lore, que mexia nos livros da biblioteca.

- Eu não sei, sinceramente, não sei. - Lore respondeu, também preocupada.


Notas Finais


gostaram? Me contem nos comentários
sugestões são bem vindas
postarei o próximo capítulo em breve
bjs 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...