História Qual seria meu sonho? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, UNIQ
Personagens BamBam, Cho Seung Yeon, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Kim Sun Joo, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Amizade, Bts, Got7, Revelaçao, Romance, Traição
Exibições 21
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


JÁ É AMANHÃ

Capítulo 2 - Como tudo começa Pt. 2


UOW. Só UOW. 

Me impressionei com aquela música, pô mano que banda legal. Mas não chequei outras músicas, afinal só fui parar lá porque não queria passar mico com a Jaque por não saber o que era kpop, nem BTS (ela também havia me perguntando se eu gostava).

Acabei lendo que Gangnam Style era kpop. Pra mim era só mais outra música, não tinha uma categoria específica. 

Respondi pra Jaque que eu tinha ouvido uma música deles e ela me perguntou qual. AHH COMO EU IA SABER, ELES TÃO FALANDO COREANO MOZÃO (OBS: eu não lembrava que se chamava fire).

Acabei falando que no vídeo tinha um cara que pegava fogo e pronto.

Vamos parar de falar disso, em nome d Jesus?

Ouvi a música por uns dias e esqueci.

11/2016

Eu sigo a Jaque no Facebook e ultimamente ela vinha postando muito sobre o kpop, o que me deixou interessada em saber mais sobre isso...

Sabe o que mais eu sigo? Drama Fever, a maldição. Todo dia tinha pequenos vídeos de dramas coreanos na minha página. Tinha um em especial que eu achei fofo, "Cinderella and four knights" e fui procurar um lugar pra assistir. 

Gente que perfeito, chorei. Fofo, de um jeito diferente...

Outro vídeo de outro dorama apareceu lá. Tinha uma médica espancando uns caras, já gostei né. Deu uns dois dias e não resisti. Assisti tudo. Doctor Crush foi ainda melhor que o da Cinderella lá, meu. 

Será que eu estava sendo levada pela onda coreana já?

Minha conta no Instagram foi meio abandonada, porque não tenho tempo pra fazer vídeos (na verdade virou chato).

Não sei porque sou assim! num momento gosto muito de algo, e no outro já tô desinteressada, nem quero fazer mais. Deve ser a loucura. 

*ALGUNS DIAS DEPOIS*

Ah, eu sou assim mesmo: CURIOSA. Não tenta me parar porque não vai dar certo. Fui ver de novo o vídeo de "fire" daquela banda lá. Quando reparei de novo, eu vi mesmo é que aqueles meninos eram uns gatos, que abuso, devia ser censurado. Não sei como não infartei quando aquele garoto mandou um beijinho. Eu nem conhecia, mas queria conhecer. Tirei prints de cada um e perguntei pra Jaque quem eram. Deu nem dois dias e eu já reconhecia, vi um monte de mvs, aprendi palavras coreanas, vi outros grupos, vi o wtf bangtan (pelamordideus o que é esse canal?). 

O louco era que cada vez que eu achava que tinha visto todas as músicas aparecia mais uma. Virei EXPERT com a melhor tutora, cada vez que passava 21st century Girls eu começava a dançar, nem sei se posso chamar aquilo de dança, parecia mais uma minhoca tendo convulsões, e cantando que nem louca, o que mais parecia uma macumba das boas, mas eu só queria era ser feliz. 

Fui mostrar pra minha mãe, e ela não gostou. Disse que eles parecem bixinhas (não do jeito do fandom falar, de um jeito debochado). Mostrei pra ela a tradução de Lost, ela nem se abalou. Perguntei pra ela porque ela não gostava de coreanos, ela nem soube me responder. 

A maioria das pessoas são assim mesmo, mente fechada. Seria ela racista e homofóbica? Só sei que teria show do BTS em 2017 em São Paulo e eu precisava ir (sendo que morava no ES), mas ela não colabora. Dinheiro nóis até tem, mas o foda era convencer ela a ir. 

Será que eu deveria insistir? Eu gosto de todas as músicas que ela gosta, mas ela não gosta das mesmas coisas que eu. 

Tem gente que não explora, não sai daquele pequeno mundinho que vive. Não posso fazer nada, preciso deixar meus meninos virem ao meu país e não ser capaz de vê-los de perto.

Minha mãe tem 53 anos, diagnosticada com depressão crônica aos 25 anos. A uns anos atrás ela caiu, e acabou ferrando seu joelho. Ela operou, mas ainda sente dores. Eu a amo, mas será que ela não podia fazer esse pequeno sacrifício por mim? Eu tiro as melhores notas da sala, tudo pra agradá-la, mas parece que nada serve. O que eu faço? 



Notas Finais


Pois é. Decidi que vai ter mais um capítulo de introdução, e depois a história de verdade vem... Não se irrite pf 😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...