História Qual seu nome? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, D.O, Kai
Tags Baekhyun, Exo, Exo M, Exo-k, Kai, Kaisoo, Kyungsoo
Exibições 43
Palavras 275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Antes de qualque coisa eu gostaria de agradecer a TaiUnnie18 por ter feito essa capa maravilhosa. Obrigada. Era só isso mesmo

Capítulo 4 - Trabalho em grupo


Estou viajanto em pensamentos vazios enquanto BaekHyun e Kai conversam sobre o trabalho, quando derrepente ouço uma voz distante.

-Então vai ser na sua casa certo?... Certo? - BaekHyun me encara.

-Você estava falando comigo? - Coço os olhos, tentandi voltar a mim mesmo.

-Ah Soo, sempre dormindo! - Comenta Baekhyun, sarcastico. - Vamos fazer o trabalho na sua casa, certo?

-Por que na minha? Por que não na sua? 

-Por que você escreve muito bem Soo, mas eu si que você só consegue o fazer se estiver trancado naquele burraco negro e as vezes sujo que você chama de quarto! -Kai ri ao fundo. - Por isso tem que ser na sua casa Soo, você entende?

-Por acaso eu tenho como negar? - pergunto

-Aparentemente não. - Fala Kai. Essa era a primeira vez que eu realmente parava para ouvir sua voz.

Os dois me encarravam em silêncio, BaekHyun com um olhar já ameaçador, mas Kai sempre com o mesmo olhar calmo e singelo, como um gatinho indefeso.

O sinal de saída toca, mas antes que possa me levantar, Kai e Byun seguram cada um um dos meus pulsos, esperando uma resposta.

-Aishi! Okay então. Amanhã, as duas da tarde na minha casa. Eu realmente tenho que ir agora, então Baek, por favor, passe o endereço para ele. - Baek solta o meu pulso, concordando com a cabeça, mas kai continua a segurar o outro. - Meus pais irão viajar, então eu realmente preciso ir agora. Até amanhã! Não se atrasem. - Apenas quando termino de falar Kai solta meu pulso, descendo calmamente sua mão pela minha.

Fasso uma pequena reverencia e logo que os doia correspondem, me tiro rapdamente da sala de aula.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...