História Qual Uchiha vai conquistar a Haruno??? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Itasaku, Narusaku, Sasusaku
Exibições 106
Palavras 1.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem meu atraso, tive aula na faculdade no sábado e domingo a família veio visitar, ñ tive muito tempo para escrever mais todo tempo que tinha eu escrevia um pouco, ai agora no trabalho arrumei um tempinho para postar espero que gostem, hj tem um pequeno e rapido Hentai pra compensar. bjsss

Capítulo 3 - Itachi Uciha


Fanfic / Fanfiction Qual Uchiha vai conquistar a Haruno??? - Capítulo 3 - Itachi Uciha

Dias atrás ...

                O dia passava calmamente, não tinha nada importante hoje para fazer, a não ser ... acessei minha agenda e nada de reuniões chatas, nada de papeis importantes e urgentes para assinar hoje, então não teria desculpas para me interromperem, terei um dia um pouco mais folgado.

                Peguei o meu telefone fixo da mesa e chamei minha secretaria. Que logo apareceu na porta.

                - sim senhor Uchiha? – falou tranquilamente. Ela soube pela minha cara que eu estava entediado e pude vê-la ficar vermelha, ela sabia exatamente o porquê de tê-la chamado.

                - preciso de seus serviços particulares ... feche a porta principal, deixe o telefone fora do gancho e venha, não aguento mais essa chatice.

                - sim senhor – saio da sala e fez o que fora mandada fazer, depois de um tempo voltou e ficou da porta ainda vermelha, ela era secretaria nova a última tive que demitir pois havia ficado comprometida e não gosto de trabalhar com mulher comprometida, essa só sabe que quando estou sem nada interessante para fazer gosto de algo para me entreter geralmente sexo, ela por ser novata serei mais calmo mais vou fazer com que enquanto trabalhe pra mim não queira ter ninguém ...

                Cheguei junto dela calmamente e a puxei tranquilamente pelo pulso para dentro da sala, eu tenho um sofá cama no escritório, providenciei quando comecei a achar desconfortável transar com as secretarias na mesa, a levei até o sofá cama e mandei que ficasse tranquila, já havia instruído a mesma a tomar remédios por que qualquer filho que ela aparecesse que fosse meu ela estaria perdida, falei isso para que nem por um segundo pensasse que eu iria cuidar de irresponsabilidade dela, mais pra garantir tinha uns remédios para depois.

                Subi por cima dela distribuindo beijos por onde eu queria enquanto tirava sua blusa e calça ficando com a mesma somente de calcinha e sutiã, comecei a brincar com seus seios um de cada vez, dando muita atenção a cada um, depois enquanto ela tirava meu terno eu a estimulava com a mão em sua intimidade, ela já gemia baixo e começava a ficar molhada, quando a mesma me deixou só de cueca box eu tirei seu sutiã e calcinha e joguei em qualquer direção, comecei a colar um ... dois ... três dedos dentro dela, ela já gemia meu nome baixinho isso me deixava mais empolgado para acelerar e era o que eu fazia, cada vez mais rápido com os dedos num entra e sai rápido e pude sentir quando ela gozou, pronto ela estava no pondo para uma boa penetração do meu amigão.

                Enquanto a mesma se encontrava meio mole por ter atingido seu ápice eu tirei minha cueca e comecei a estimular meu pênis ela ficou olhando para ele e vi que a mesma estava com um misto de surpresa e medo, não liguei o que eu queria agora era me satisfazer, fiquei por cima e a penetrei de uma vez, ela gemeu num grito só, nem esperei que se acostumasse, comecei com um vai e vem frenético, não tinha cabeça para pensar no que era melhor pra ela só queria me satisfazer, ia cada vez mais rápido, forte e fundo, ela gemia, gritava e chorava, para deixa-la um pouco melhor beijei com vontade sua boca, depois sai distribuindo chupões por todo o pescoço dela, com isso, depois de um tempo ela parou com a seninha de menininha e começou a mostrar que estava adorando, não demorou muito ela já só gritava de prazer, depois de um tempo assim chegamos no nosso ápice e ficamos um pouco deitados ali, quando nossas respirações normalizaram mandei que fosse se vestir e que fosse para sua mesa.

                Feito isso, me vesti e o resto do dia foi tranquilo.

                Passaram-se uns dias, tudo do mesmo jeito, quando não tinha nada pra fazer transava com a secretaria ou chamava uma “amiga” pra uma reunião particular, que meu pai não saiba mais adoro não ter “nada” pra fazer, pois pode arrumar algo para fazer.

                Eu só acordava a hora que bem queria, mais uma vez eu tive um contratempo, insônia e me levantei mais cedo do que o planejado, fiz minha higiene matinal, foi ai que resolvi tomar um pouco de ar fresco e sai, lá fora, foi ai que vi, uma mulher muito linda correndo usava roupa de corrida toda gata, parei para admirar sua beleza, ela passou a mil, não pude nem reparar direito nela, mais já sabia o que fazer na manhã seguinte, não sabia se a veria novamente mais por que não arriscar?

                Não me concentrei em mais nada durante o resto do dia, nem o “nada” pra fazer foi bom o suficiente para me animar. Na manhã seguinte, fui ver se a avistaria novamente, e lá estava ela de passagem novamente, correndo lindamente como no dia anterior. E foi assim minhas manhãs, meu irmãozinho Naruto acabou me pegando no pulo e bolamos um plano, chamaríamos a atenção dela treinando em frente a nossa casa, assim teríamos uma desculpa para ela vim falar com a gente.

                No dia que iriamos começar nosso irmão Sasuke estava tomando café da manhã, ele parecia que iria sair para correr ou algo do tipo, ele não é de fazer isso, até parecia combinado.  Falamos com ele e fora de casa no nosso exercício matinal o repetimos em tudo que ele fazia, avistamos aquela musa e ficamos sem reação, agora havia até virado rotina exercícios matinais, com o intuito de ver aquela que podia me fazer vencer a aposta com meus irmãos, mais que no fundo não era só por isso ...

Dia atual

                Naquela manhã eu havia me atrasado, corri para me arrumar e ir treinar, topei com meu irmão Naruto que também havia se atrasado por causa da farra da nossa bebedeira na noite anterior, ainda estávamos com uma pequena ressaca mais  nada que nos impedisse de ver a deusa, fomos lá pra fora e fingimos que nada havia rolado, como se tivéssemos chegado na hora certa, e lá vai ela passando, demorou para voltar mais não diminuiu em nada a visão do paraíso que foi quando a mesma tirou a camiseta branca e ficou com uma pequena e preta, depois correu e saio do meu campo de visão.

                Depois de um tempo fomos nos arrumar para ir pra empresa e lá foi chato as reuniões.

                Então, em casa, quando chegamos, nos deparamos com a vizinha de saída, reparei que ela estava ainda mais gata que mais cedo, suas curvas mais a mostra e um decote que só Deus podia ter dado, sai do transe e adentrei em casa, lá tomei um banho demorado e jantei, depois fui pro meu quarto com a intenção de dormir, mais a única coisa que aconteceu foi ela na minha cabeça sem me deixar dormir ...


Notas Finais


Até semana que vem!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...