História Quando as luzes se apagam - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Justin Bieber
Exibições 34
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amoreeees, demorei mais voltei!

Bom a modelo da Isabella é a @claudiatihan , pesquisem ela no insta e vão saber quem é! ( ela é inspirada na minha amiga, te amo mih💕) Espero que gostem!!
Sempre que entrar um personagem novo deixo o modelo dele aqui ok?

Boa Leitura 💜

Capítulo 4 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Quando as luzes se apagam - Capítulo 4 - Capítulo 3

                   P.O.V SOPHIA


Eu estava suada e molhada, ele me prensou contra o elevador e me beijou ele apertava minha cintura como se dependesse disso, ouvimos o barulho do elevador mas não paramos em nenhum momento, ele me pegou no colo e foi até o seu apartamento, ele abriu e fechou a porta com o pé.
    Eu beijava o pescoço dele, dando leve sugadas, ele me levou para o quarto e me jogou na cama, eu fiquei observando ele tirar a camisa e o resto da roupa, ele tirou a cueca e eu sorri safada, ele se aproximou da cama e quando ia se deitar "trimmmm" a campainha tocou.
   Foi ai que eu me toquei do que estava fazendo e caí na realidade, ele era meu vizinho e eu não o conhecia, qual o meu problema? Levantei correndo e calcei o sapato, saí correndo do apartamento e esbarrei numa menina morena que me olhou com nojo, ignorei e entrei direto no meu apartamento.
   Eu estava bêbada e com sono, nem tirei a roupa e me joguei direto na cama adormecendo.


                    P.O.V ISABELLA  


   Mais uma vadia, o Jack não tomava jeito, sinceramente eu tenho nojo do meu irmão.
   Eu nem esperei ele atender e entrei direto, pela cara dele ele estava bêbado e puto comigo, sorri com cara de anjo e escuto a gargalhada dele .
 
Porra Isabella, vc sempre chega nos melhores momentos -ele fala parando emburrado.

 Eu não tenho culpa se sempre que eu venho aqui, vc está quase comendo alguém -falo rindo - Quem era a vadia da vez?

Não chama ela de vadia-ele fala sério- e era minha vizinha -sorri bobo

Oque? O senhor Jack Gilinsky está apaixonado? É sério isso produção? - falo sorrindo maldosa

Não fode Isabella, oque você quer essa hora? -fala olhando para minhas malas

Ue, eu vim morar com você querido, ou não se lembra? Você esqueceu de me buscar! -falo magoada

Ah meu, eu tinha esquecido que era hoje -ele vem me abraçar e beija minha testa- sorrio pra ele .


                            P.O.V JUSTIN


   A Jazzy não parava de me pertubar, ela tinha que entender que as aulas dela só começariam quando a professora chegasse .

Mais bizze, eu quero dançar ballet -ela falava pela décima vez quase chorando

Jazzy, entenda a dona Margot não tem nenhuma professora disponível para dar aula pra você -falei me abaixando da altura dele

   Ouvi a voz da Trisha e a Jazzy fez cara de choro, eu não entendo a implicância delas.

Porque essa piralha está com essa cara? -ouvi a voz da Trisha

Olhei para ela a fuzilando com o olhar - Olha bem como você fala com a minha irmã - falei

Ah Justin, sério mesmo que você vai deixar de me fuder para brincar com ela? -fez voz de puta

Sorri debochado - família é família -falei a olhando. - Coisa que você não tem -sorri

   Ela bufou e subiu as escadas rebolando, vadia .

                            P.O.V SOPHIA

   Eu acordei com a campainha berrando, a dor de cabeça já estava daquele jeito,  olhei para o relógio, caralho quem acorda uma pessoas as 9 horas da manhã de um domingo?
   Levantei chingando meio mundo e desci para abrir a porta, quando abri não acreditei no que estava vendo. Oque essa puta quer aqui?

 
     


Notas Finais


Eu espero que vocês tenham gostado, foi pequeno eu sei, se der amanhã posto outrooo!

LEIAM AS NOTAS DO AUTOR

Continuo?

Bjos e até o próximo!💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...