História Quando conheci Taehyung - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Tae, Taehyung
Exibições 108
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Cap 3


  
    Namjoon que estava acompanhando tudo de longe, resolveu chamar Jin e o Jungkook para irem com ele aonde nós estavamos.
Quando vi todos os garotos reunidos, a primeira coisa que pensei foi, talvez eles sejam amigos já faz um bom tempo.

- Bom ver vocês! Já faz um ano que a gente não se via - Namjoon sorria para os dois.

- Durante todo esse tempo o meu físico está melhor do que nunca - Jimin se achava ali o gostosão do pedaço todos olharam para ele, inclusive eu, logo em seguida começamos a rir do Jimin.

   Dirrepente ouvi-se uma música e os palhaços do grupo Hoseok e Taehyung começaram a dançar até o chão, todos começaram a rir, Jungkook e Jin tentaram imitar os dois palhaços, já o Jimin fez uma dança mais sensual mostrando seu físico invejável, então começou um festival de palhaces no meio do "Café". Minhas bochechas e minha barriga já estavam doendo de tanto eu rir, enfim percebo que o celular de quem estava tocando era o meu. Ai meu Deus! Era a minha mãe ligando para mim e quando eu não atendo ela fica com muita raiva de mim, mandei todos se calarem e atendi.

- Alô mãe? - já estava esperando a reação furiosa de minha mãe.

- Por que você demorou pra atender? - que milagre! Ela estava calma.

   Pra minha "sorte" o Taehyung começou a gritar que nem um doido, ele estava gritando por que o Hoseok comeu o seu bolo "sem querer", eu sabia que isso ia acabar acontecendo.

- HOSEOOOOK!? - ele estava quase chorando, meu Deus! Ele queria esse bolo tanto assim?

- Desculpa!? Foi "sem querer". - pode ter certeza Hoseok que essa desculpa não colou.

- Que gritaria é essa?! O que você está fazendo?! Com quem você tá?! Aonde você está (S/N)?! - pronto! A confusão estava feita, qualquer coisinha é motivo da minha mãe suspeitar e desconfiar de mim, ela sempre acha que eu estou fazendo alguma coisa de errado, fico meio p* da vida com essas suspeitas e desconfianças.

- Um cliente gritou, estou conversando com os meus colegas de trabalho, que por "incrível" que pareça eles são meus amigos, eu estou com eles e estou no trabalho. Satisfeita? Se quiser você pode até conversar com o garoto que acabou de gritar. - tentei manter a calma e respondi todas as perguntas atentamente, tá certo que em uma delas eu fui irônica .

- Tá, passa pra ele! - como é que é?! Essa última frase foi irônica mãe! Pronto to ferrada, o Taehyung vai acabar com a confiança da minha mãe em mim.

- T-Taehyung? Você pode falar com a minha mãe por favor? - estava passando pela ridícula.

- Claro! Mais, o que você quer que eu fale (S/N)? - ele falava como se fosse algo super normal.

- Qualquer coisa! - falei tranquila e paciente - Só não fale besteiras!  E ai de você se falar! - mudei completamente de humor, agora eu tinha fogo nos olhos, pobre dele até parecia um gatinho com fome e morrendo de medo de mim, quer dizer um et com fome e morrendo de medo mim. Enfim eu entrego meu celular a ele e digo para ele colocar no viva-voz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...