História Quando conheci Taehyung - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Tae, Taehyung
Exibições 109
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Cap 4



- Alô? Aqui é o Kim Taehyung, tudo bem com a senhora? - ele estava tão lindo falando com minha mãe, até achei que iria ser uma conversa normal.

- Alô! Sim está tudo bem comigo e com você? So pra confirmar você é rapaz bem gentil. - Nossa, minha mãe mudava de humor completamente quando falava com outra pessoa.

- Que bom que a senhora está bem, obrigado por perguntar eu estou bem sim e obrigado também pelo o elogio, minha namorada tem muita sorte de ter uma mãe como a senhora. - olha que amorzin foi isso o que eu pensei até certo ponto, quando ele começou a frase "minha namorada ......", fiquei que nem uma estátua cor de melancia daquelas bem vermelhas, quando ele terminou de falar isso todos olharam para mim exceto o Taehyung que falava com a minha mãe tranquilamente, eu estava com tanta vontade de pegar meu celular e jogar pra bem longe e logo depois me jogar pra cima de qualquer carro que eu visse, mas foi só vontade mesmo logo esqueci essa ideia. Eu estava lançando um olhar vingativo para o Taehyung, ele sabia que iria pagar caro por aquilo.

- Namorado? Oh, que bom! Você parece ser um ótimo partido, só acho uma pena ela não ter falado isso pra mim antes. - e essa foi a sua expressão, que calma, que compreensão, que aceitação, por que ela tinha logo que gostar dele!?! Por que logo o et conquistou a confiança da minha mãe?! Agora deu uma
vontade enorme de ir pro cantinho e chorar.

- A (S/N) é muito linda! Deve ter puxado sua beleza. - como ele pôde?! Ele estava enchendo minha mãe de elogios só pra ganhar a confiança dela!

- Ah, Obrigada, espero te conhecer um dia Taehyung. - enfim a conversa estava acabando, esqueci de falar que minha mãe fala um pouco de coreano o suficiente bem para ter uma conversa normal. - Mais, agora vou ter que desligar, porque minha outra filha está me chamando.

- Tudo bem, realmente foi um prazer conhecer a mãe da minha namorada mesmo que seja só por voz. - eu estava quais pegando um prato pra jogar na cabeça do Taehyung.

- O prazer foi todo meu, thau! - enfim aquela conversa acaba e eu tomo imediatamente o celular das mãos do "meu" suposto namorado.

- Como você teve coragem de fazer isso comigo?! - Taehyung começou a rir de mim - Do que você tá rindo? Essa situação que você me meteu não tem graça nenhuma! - eu estava quais surtando ali.

- Calma amor. Namjoon? Por que você ainda não me apresentou minha namorada? - que cínico!

- Eu apresento ela! - Hoseok se manifestava - (S/N) esse é o Taehyung e Taehyung essa é a (S/N), minha namorada - como assim?! Virei namorada dos dois agora?!

- Não sei como você aguenta senhorita (S/N), se eu fosse você já estaria namorando comigo. - três?! Tá "pingando" garotos na minha "horta"?

- A (S/N) é só minha! Ninguém chegue perto dela! - até o Jin?! Com ele são quatro! Agora ta "chovendo" garotos na minha "horta"?

- Ela não precisa de vocês! A (S/N) já mim tem. - como assim? até você Namjoon?!

- Nada disso, ela é minha! - JungKook também?

- Só nos sonhos de vocês, a (S/N) ama somente a mim! - Suga?! Agora são sete?! Ou está tendo uma "tempestade" na minha "horta" ou nós somos a nova geração da branca de neve e os sete anões. Olho pro meu relógio e vejo que já está ficando muito tarde, a gente ficou conversando tanto que o tempo passou muito rápido.

- Galera! Já tá muito tarde, acho melhor cada um ir para a sua casa - eu já estava ficando preocupada com o horário.

- É verdade, mas você não pode ir sozinha (S/N), alguém que ir acompanha-la até em casa? - que fofo! O Namjoon estava preocupado comigo.

- Eu vou! - o Taehyung nem deixou os outros se voluntariarem.

- Não precisa! - Fui rápida, não queria que ninguém me acompanhasse porquê não queria parecer fraca.

- Tanto faz! Eu vou te seguir do mesmo jeito. - ele é muito insistente.

- É melhor você deixar ele te acompanhar (S/N), se não ele vai ficar te perturbando até ele não querer mais - resolvi seguir o conselho do Hoseok, ele é um dos meus melhores amigos.

- Tá! Vocês venceram! - me dei por vencida, infelizmente assumi a derrota!

   Todos guardaram suas coisas e fecharam o "café". Namjoon entregou o salário para todos os funcionários e todos seguiram os seus rumos para suas casas, exceto o Taehyung que estava seguindo o meu rumo. Ficamos conversando enquanto íamos para a minha casa, admito ele é bem legal, divertido e engraçado, tirando o fato que ele é lindo. Alguns minutos depois o tempo fechou e ameaçou chover, ainda bem que já estávamos quase na minha casa por isso não iríamos nos molhar muito se chovesse. Enfim nós chegamos.

- Não vou agradecer por você ter vindo junto comigo. - ele veio por que quis.

- Tudo bem amor! - novamente brincando, mas eu resolvi entrar no seu joguinho.

- Mas você foi um fofo por ter mim trazido até aqui. - na verdade eu não estava mentindo, mas geralmente eu não costumo demonstrar meus sentimentos.

- Você é linda sabia? - agora eu não sabia se ele estava brincando ou se estava falando sério, pelos seus olhos eu acho que ele estava falando sério, só acho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...