História Quando é Amor - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Ana, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Simón, Tamara, Yam
Tags Gastina Lutteo Simbar
Exibições 38
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha eu aqui de novo. Estava inspirada hoje, comecei escrever e conclui o capítulo rapidinho 🙈. Um presente de mim para vocês de todo meu coração, boa leitura amores!😘

Capítulo 14 - Teu amor não falha


Nada vai me separar

Mesmo se eu me abalar

Teu amor não falha

Mesmo sem merecer

Tua graça se derrama sobre mim

Teu amor não falha

Tu és o mesmo pra sempre

Teu amor não muda

Se o choro dura uma noite

A alegria vem pela manhã

Se o mar se enfurecer

Eu não tenho o que temer

Porque eu sei que me amas

Teu amor não falha

Teu amor não falha- Nívea Soares


Acordei atordoado, olhei para todos os lados e vi fios ligados em meus braços, fechei e abri os olhos mais algumas vezes e então vi minha mãe dormindo de mal jeito em um sofá. Tentei chama-la mais minha voz não saia. Tentei novamente e ouvi um fio de voz saindo da minha boca, foi o suficiente para ela se mexer no sofá e levantar.

- Filho, graças a Deus você acordou. Vou chamar o médico. Ela disse eufórica e com voz chorosa.

- Mãe, o que houve? Por que eu tô em um hospital? Perguntei com dificuldade.

- Eu vou te explicar tudo, mais antes tenho que chamar um médico para ver seu estado.

Ela saiu me deixando confuso, só então percebi que meu braço estava engessado, tentei sentar na cama e minhas costelas doeram também, forcei a mente para lembrar o que houve e uma dor aguda fez com que fechasse meus olhos com força na tentativa inválida de amenizar a dor.

Ouvi o barulho de porta abrindo e abri os olhos devagar.

- Como você se sente rapaz? O médico perguntou me examinando.

- Dolorido. Respondi: - Parece que passou um carro por cima de mim.

Ele deu um sorriso fraco e continuou o que estava fazendo, direcionando uma luz aos meus olhos.

- Gastón, você lembra de alguma coisa que tenha acontecido antes de acordar aqui? Perguntou.

- Vagamente, são memórias curtas e minha cabeça dói. Respondi.

- Isso é normal devido a pancada. Você chegou aqui desacordado, foi atropelado e sofreu uma fatura no ante-braço e em duas costelas. A dor de cabeça vai passar com analgésicos e você vai lembrar sem dificuldade ou dor de tudo, mais precisa ficar em repouso por 2 semanas.

- Doutor faz quantas horas que estou dormindo? Ai! Reclamei da dor de cabeça.

Minha mãe e o médico trocaram um olhar cúmplice e ele respondeu: - Bem, fazem dois dias.

- Dois dias? Perguntei assustado.

- Calma filho, olha agora você precisa descansar para ficar bom logo e voltar para casa.

- Sua mãe tem razão rapaz. Vou pedir para a enfermeira trazer o remédio para dor.

- Certo. Respondi com os olhos fechados tentando amenizar a dor.

Ele saiu do quarto e logo em seguida a enfermeira entrou, tomei o remédio e voltei a dormir.

Gastón off

Nina on

Minha vó tá super bem, o médico suspendeu até a quimioterapia e ela está apenas tomando remédio. Quem me preocupava era o Gastón, fazem dois dias hoje que ele está no hospital e eu ainda não sei notícias dele. Só Deus para me acalmar nesse momento, tenho orado incessantemente deste aquele dia. Fui visitar ele ontem, ele dormia tranquilamente, meu coração se aperta só de pensar no estado dele.


Pov autora

Nina estava escrevendo em seu computador quando seu celular tocou, ela atendeu rapidamente quando reconheceu o número da mãe de Gastón.

- Alô, Nina?

- Sim, o que houve dona Rosa? Ela perguntou com aflita.

- O Gastón acordou filha, nesse momento ele dormiu por causa do remédio para dor.

- Glórias a Deus! Ela respondeu com a voz carregada de emoção devido a notícia. - Será que posso ir visitá-lo?

- Claro que sim, ele vai ficar feliz em ver você. O horário de visita é a partir de 15 hrs.

- Obrigada por avisar dona Rosa.

- Obrigada a você querida por ter me apoiado e ajudado nesse momento tão difícil.

- Estarei sempre que precisar. Dona Rosa riu do outro lado da linha e falou: - Olha Nina, se o Gastón não te pedir logo em namoro eu faço o pedido no lugar dele.

Nina corou e não soube como responder aquela questão, um alívio passou por ela por esta falando no telefone e não pessoalmente.

- Nina? Ainda está aí?

- Sim estou. Estarei ai no horário certo para vê-lo.

- Certo então, estaremos esperando. Mas uma vez obrigada por tudo.

- De nada, sempre que precisar estarei aqui. Tchau.

Ela desligou o celular e ajoelhou-se orando em agradecimento a Deus pela vida de Gastón.

Nina on

- Obrigada Deus, obrigada por esta conosco sempre, por nos amparar e consolar nos tempos de angústia. Eu sei que não sou merecedora de todo esse amor e mesmo assim o Senhor me ama e me guarda de todo mal. Obrigada pela vida do Gastón Senhor, sinto que tens um grande propósito na vida dele. Obrigada por tudo paizinho, obrigada por cada luta que tenho passado das quais tenho tirado grandes ensinamentos e tenho fortalecido minha fé em ti. Em nome de Jesus, amém!

Quando terminei de orar as lágrimas desciam sem parar pela minha face, em todo tempo Deus tem sido bom comigo e eu só tenho a agradecer.

Nina off

Gastón on

Estava despertando novamente quando ouvi minha mãe falando com alguém ao telefone. Quando ela falou o nome de Nina meu coração acelerou instantâneamente. Sorri do que minha mãe falou para ela, já até imagino seu rosto mudando de cor. Sorri imaginando isso. Fechei meus olhos fingindo que estava dormindo e senti minha mãe passa as mãos no meu cabelo e depois falar: - Tomara que você tenha a sorte de casar com uma moça como a Nina. Ela é linda por fora é por dentro, tem um coração enorme.

Dei um sorriso e abri os olhos devagar sentindo o carinho da minha mãe.

- Eu vou casar com ela mamãe, ela é a resposta das minhas orações.

- Então você escutou? Aposto que escutou nossa conversar também não é?

- Uma parte sim, não se preoculpe assim que sair daqui vou pedir ela em namoro.

- Fico feliz por você filho.

Ela beijou o topo da minha cabeça e deu um sorriso enorme. - Eu te amo muito garoto, nunca mais me dê um susto assim.

- Tudo bem mãe, eu prometo.

Ela me deu um beijo na testa e sentou-se novamente no sofá.

- Mãe, posso te perguntar uma coisa?

- Sim filho, o que é?

- O papai sabe do acidente? E como a Nina soube se vocês ainda não se conheciam?

- Sim eu o avisei, ele vem amanhã porque não conseguiu vim antes e quanto a Nina ela estava no hospital quando chegamos, ela ficou comigo até você vim para o quarto. Veio esses dois dias te ver e ela vem hoje.

- Eu gosto demais dela mãe. Fico feliz que o papai venha mais não queria que ele se preocupasse tanto.

- Se eu não avisasse ele ficaria furioso.

Rimos um pouco, lembro dele ter dito que queria saber exatamente tudo que acontecesse comigo depois que nos acertamos.

- Mãe e o Rodrigo? Voltou a ligar?

- Não, mais meu coração se aperta só de pensar na possibilidade dele fazer alguma coisa com você.

- Não se preocupe, ele não vai mais nos persegui.

Nos abraçamos afetuosamente.

Gastón off

Nina on

Estou feliz do Gastón ter acordado, a verdade é que estava bem preocupada, estou contando os minutos para vê-lo.


O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco. Existe o dom de falar em línguas estranhas , mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará. Pois os nossos dons de conhecimento e as nossas mensagens espirituais são imperfeitos. Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é imperfeito desaparecerá.

1Coríntios 13:8‭-‬10 NTLH


Notas Finais


Espero que gostem do presente, beijocas nos corações de todas vocês, Deus abençõe!😘
Meninas o Spirit apagou o capítulo e tive que fazer o repost.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...