História Quando estou com você - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Amizade, Naruhina, Sainoamor, Sasusaku
Exibições 163
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola leitores, espero que gostem do capitulo. <333
Tive que escrever no word online, acreditam, porque deu um problema no meu notebook, e o programa deu falha ; ( sniff.
Eu não consigo instalar de novo, e tentei Leitores-Chan.
S2 S2
O Sasuke já esta a anos fora da aldeia da folha, mas em breve ele retornará a sua familia linda <3
Tentei seguir o gaiden, desculpem se não ficar muito proximo da realidade do mangá. Bjoss :3

Capítulo 15 - Saudades


Fanfic / Fanfiction Quando estou com você - Capítulo 15 - Saudades

Sarada se arrumava enquanto Sakura lhe preparava o café da manhã. Hoje seria o seu primeiro dia de aula na academia ninja. Sakura estava na cozinha, enquanto aguardava a filha que terminava de se arrumar. Haviam se passado anos, Sarada já estava com seus 12 anos de idade.   

Sarada estava com um ar de maturidade, e sua seriedade e inteligência eram admirado por todos na aldeia da folha.  

-Sarada? Querida o café já está pronto. Gritou Sakura olhando para a escada. Sakura estava com o jaleco do hospital, era ainda bem cedo. 

-Estou descendo, Mãe. Disse Sarada que descia as escadas, enquanto ajeitava o óculos vermelhos, havia sido um presente de uma amiga distante de sua mãe. Era o que ela contava. 

-Como estou? Perguntou Sarada para a mãe que sorriu ao olha-la de baixo para cima. 

-Esta otima, espero que se divirta na academia querida. Disse Sakura se sentando a mesa. 

''Se aquele idiota deixar'' Pensou Sarada sobre o filho do Hokage. 

-Seu pai ficara orgulhoso. Disse Sakura com um sorriso de quanto.  

Seu marido estava fora por muito tempo, mais ainda assim o amava como uma adolescente, ele podia ser um pai ausente, mais sempre se mostrou preocupado com as duas, sempre ligando, enviando mensagens. Perguntando se estavam precisando de alguma coisa. Nunca as deixaram passar qualquer necessidade. Ela notava que na maiorias da vezes, ele parecia cansado e com saudades. 

-Se um dia ele voltar. Disse Sarada com um olhar melancólico para a mãe, antes de pegar uma maçã, beija-la no rosto e sair. 

'' Não consigo entender, o porquê!'' Pensava Sarada, as memorias que tinha com o pai, eram poucos, pois era muito criança ainda para se lembrar. 

Mais se lembrava dele como um Homem amoroso, se lembrava de quando ele a colocava em seu ombro, e do seu abraço. Como sentia falta de seu pai. As vezes achava estranho o fato de seu pai deixa-las sozinha por tanto tempo. Desconfiava que nem seriam seus pais realmente, pensava assim ao ver as outras famílias. Mais esquecia logo, ao lembrar do Hokage que a dizia que ela era a copia de seu pai. 

Sua mãe sempre a contava historias envolvendo seu pai. Algumas vezes notava que ela omitia alguns fatos, como da vez que ela perguntou como seu pai havia perdido o braço. O sobre o Clã Uchiha, já que sempre se referiam a ela como a ''Herdeira Uchiha''. Mais decidiu que perguntaria diretamente a seu pai algum dia. 

Olhava para as casas reformadas e vazias no distrito Uchiha, pensando em como eram as pessoas que viviam nelas, antes de morrerem misteriosamente. 

Estava tão absorta em seus pensamentes que nem notou que já se encontrava nas ruas da aldeia. 

-Sarada!! Aqui! Gritou uma menina que estava acompanhada de um pacote de salgadinho. 

-Chocho? Bom dia. Disse Sarada se aproximando da amiga que lhe oferecia as batatas. 

-Não obrigada, eu comi uma maçã. Respondeu Sarada acenando.  

-Acho melhor irmos, Shino-Sensei ficará bravo. Disse Chocho fazendo uma expressão de medo. 

-Ele é bem estranho. Disse ela por fim. 

''Realmente, mais é até interessante.'' 

Ambas as amigas seguiram o caminho até a academia ninja, podia-se ver os demais alunos que também seguiam para a direção. 

-ChoCho! Gritou um menino loiro e de cabelos amarrados era o filho de Ino com Sai, sua palidez excessiva era igualmente a de seu pai. 

-Minha okaasan, disse que depois da aula é para você ir na floricultura. Disse Inojin sério, lembrando de sua mãe que as vezes podia ser assustadora e amavel. 

Após algum tempo chegaram a academia ninja, Sarada olhou para lados procurando algum sinal do Garoto loiro, e marcas na bochecha.  

-Como sempre. Disse Sarada conseguindo a atenção da garota e do garoto ao seu lado. 

-Se ajeitem, Bom dia. Disse Shino que seria o responsável pelos ensinos aos alunos. 

A aula começou assim que o Uzumaki, filho do Nanadaime chegou, atrasado. Sim Naruto havia realizado seu sonho, e havia se tornado Hokage. Havia se tornado um excelente líder. Quando ele ganhou o titulo de Hokage, houve uma grande comemoração. Pessoas de outros Países vieram o prestigiar. 

Enquanto isso. 

-Bom dia Sakura-Sama. 

-Oh bom dia. Disse Sakura gentilmente a moça que era atendente no Hospital. 

-Senhorita, Sakura. Disse uma senhora que tocou a Uchiha no ombro. 

-Senhora Ai, Bom dia, está precisando de ajuda. Perguntou Sakura preocupada a olhando. 

-Oh não, obrigada, eu queria agradece-la. Disse a senhora. 

Sakura a olhou surpresa e sorriu. 

-Meu neto, sofreu muito com a perda dos pais na Guerra, e graças a seus cuidados e a Clinica, se recuperou desse trauma. Disse a senhora. 

-Fico feliz que ele esteja bem, não precise me agradecer senhora Ai, é um prazer telo ajudado ele é um bom menino. 

Sasuke corria por uma floresta, desvia de algumas shurikens com facilidade, estava correndo atrás de um grupo que poderia ter informações importantes. 

Sasuke com faciliade os encurralou, os colocando em um genjutsu. Arracando as informações em ter que mata-los. O amarrando no final. 

-Naruto precisa saber disso. Disse o Uchiha sério, amarrando na perna de um falcão uma mensagem, era mais seguro enviar as informaçãoes sobre as missões dessa forma, já havia acontecido casos de espionagens no aparelhos celulares. 

Sasuke sentou em uma pequena rocha que havia naquele lugar, pegando seu celular, e olhando uma foto que havia da esposa e sua filha. 

-Me perdoem. Disse Sasuke olhando com atençaõ para a filha ainda pequena.  

Ele pensava sobre em como a mesma, deveria estar grande uma moça, se ela estava namorando, isso meio que o irritava pensar, se a Sakura o amava assim como ela a amava, mesmo distante. Sonhava todas as noites com elas.  

-Isso tudo está perto de acabar. Disse se levantando, deveria partir o quanto antes para o País do Fogo. Teria que conversar pessoalmente com Naruto. Levaria algum tempo para chegar. 

Ainda não haviam chegado a aqueles homens que aparentavam ter alguma ligação com a Kaguya, e isso não era tudo haviam outros rumores sérios. 

Havia entardecido, Sakura havia chegado do trabalho e aguardava a filha que havia saido após chegar da academia. Queria saber como havia sido. 

-Filha? 

-Tadaima. Disse Sarada entrando na casa. 

-Aonde estava? Perguntou Sakura que já havia tomado banho e tirado a roupa do Hospital. 

-Estava passeando, não se preocupe Mãe. Disse Sarada, na verdade a menina havia passado o resto da tarde espionando o Hokage, e seus colegas de Classe. 

-Você foi na Clínica? Perguntou Sarada mudando de assunto. 

-Oh sim, estou tão cansada, mais estou feliz, acredita que uma das crianças que passaram na Clínica decidiu se especializar em medicina. Falou Sakura Orgulhosa. 

-Se bem que ele já não é tão criança. Falou Sakura notando o quanto o tempo já havia passado. 

Sarada conhecia a mãe, ela podia se mostrar uma mulher forte, alegre bem resolvida, mais ela percebia o quanto ela se sentia sólitaria, e as vezes sensível. 

-Que tal jantarmos? Perguntou Sarada para a Mãe, que a olhou surpresa. 

-Eu faço o jantar. Disse Sarada, pois via o quanto a mãe estava cansada. Era evidente, mesmo uma mulher bonita e jovial, era notável o quanto a mesma se esforçava e trabalhava. E ainda tinha tempo para cuidar da filha. Já havia acontecido de Sakura desmaiar. E isso a preocupava. Amava sua mãe. 

Isso tudo sozinha, as vezes com ajuda do pais, mais ambos já não eram tão fortes, estavam envelhecendo. Afinal. 

Havia anoitecido e ambas haviam decidido passarem a noite, na varando já que estava muito quente naquela noite. Sakura contou a filha que Sasuke lhe disse que uma vez dormiu na varando da casa com seu irmão assim como elas. 

-Meu tio deve ter sido um homem incrivel. Falou Sarada, que já fechava os olhos. 

-Sim querida. Sakura havia pedido para que Naruto pedisse para omitirem sobre o fato de Itachi ter massacrado o Clã. Sabia que uma hora ou outra ela saberia da verdade, assim como Naruto descobriu sobre todo o seu passado,mais Sasuke a havia contato como Itachi na verdade havia sido um Heroi, salvando a todos na aldeia. Realmente era um bom homem, e sabia o quanto o Marido sentia remorso de telo matado, sem saber de toda a verdade antes. 

Sakura ao notar que a filha havia dormido, pegou o óculos sem acorda-la. A cobrindo. Ficou a observando dormir. Sorriu ao lembrar da feição do Marido. Ela lembrava muito seu pai. 

Pensou Sakura se virando para o céu. 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, leitores. <33333
Me desculpem a demora ^--^
Bjos da Day.
Espero que o Sasuke-Kun volte logo, que maldade com elas, tadinho ele tambem sente saudades. *--*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...