História Quando o amor acontece - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Novos Titãs (Teen Titans)
Exibições 44
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal fiz maus um capitulo com muito carinho pra vocês. Espero que gostem.

Capítulo 8 - A bela e a fera


O sol brilhava intensamente, o tempo estava abafado e quente. Rachel e Garfield estavam no jardim da torre para continuarem com o treinamento. Os outros titas praticavam suas atividades rotineiras. Dick estava analisando as cameras de segurança da cidade para checar se estava tudo bem, Victor projetava uma nova pistola de laser para Dick e Kory brincava com Silkie.

Tudo bem Gar, lembra de tudo aquilo que falei ontem, sobre controlar suas emoções e pensamentos? Bom é agora que vamos ver se você consegue ou não fazer isso. Dizia a empata firmemente.

-Olha Rae eu não estou muito seguro com isso. Se eu me transformar na fera e não conseguir manter o controle e partir pra cima de vocÊ? Eu não quero te machucar!!! Dizia Garfield um pouco entristecido.

-Não se preocupe quanto a isso. Se você não se controlar eu irei te enviar para outra dimensão. Simples assim. A empata dizia divertidamente.

-Ah é??  Você vai me mandar para outra dimensão?? E você vai vir comigo? O metamorfo disse com um olhar malicioso.

-Talvez sim, talvez não. Disse a empata mordendo o lábio inferior.

-Talvez não é resposta mocinha!! Vem aqui!! O metamorfo agarra a empata em seu colo e a gira loucamente, até os dois cairem juntos na grama macia do jardim.

-Nossa você é louco? Estou zonza agora. Disse a empata dando pequenos socos no ombro do rapaz verde.

-Sim eu sou, louco por você. Disse o metamorfo acariciando o rosto da garota delicadamente que cora.

-É-éé vamos voltar para o treinamento tudo bem?? Disse a empata gaguejando e completamente corada.

-Já disse que é você quem manda gatinha. E ah antes que me esqueça, assim que terminarmos tenho algo importante pra te dizer!!

-Tudo bem vamos então.

Os dois retornam para o centro do jardim e reiniciam o treinamento. A empata dava orientações ao rapaz de como ele deveria agir, de como controlar seus pensamentos e ficar equilibrado emocionalmente.

-Bom Gar, como eu já expliquei. Se concentre bem. Concentre toda a sua energia e seus pensamentos na fera. Deixe fluir naturalmente todo o processo de transformação. Nunca se esqueça, você é que esta no comando. Falava a empata firmemente.

O rapaz verde cai ao chão com as mãos na cabeça. Começou a rosnar alto. Estava tremendo muito. Sua transformação havia começado.

-Isso Gar, continue. Você esta no comando. Você é mais poderoso que a fera. Lembre-se de concentrar todas as suas energias e pensamentos no quanto você quer assumir o controle. Isole a dor que esta sentindo.

O rapaz começa a crescer, os pelos começam a aparecer, e seu tamanho triplica. Sua transformação estava quase completa. E a empata não parava de falar, na tentativa de faze-lo manter a concentração.

-Isso Gar, muito bem, esta funcionando....

A transformação já estava completa. A fera permanecia imóvel, fixando seu olhar na empata.

-Gar? É você? Pode me ouvir? Dizia a empata um pouco aflita, tinha receio que o rapaz não conseguisse se controlar, porém havia suas medidas de contingências caso necessário. Havia aprendido no dia anterior um feitiço que causa sono profundo em qualquer criatura que fosse afetada por ele. 

A fera parte para sua direção, lentamente.  Fica cara a cara com a empata que já se preparava para recitar seu mantra mágico. Até que a fera estende sua pata para empata que fica totalmente surpresa.

-Eu sabia Gar que você conseguiria. Rachel toca a pata da fera que não possuia os olhos negros, e sim os olhos cor de esmeralda do metamorfo. Fico tão feliz em não precisar te mandar para outra dimensão!! 

A fera rosnava, tentava se comunicar com a empata, porém havia sido uma tentativa sem sucesso.

-Não se preocupe Gar, depois veremos uma forma da gente se comunicar, pois eu ainda não falo a lingua dos cães. Dizia a empata sorridente.

A fera permaneceu ali, parada, em frente a empata. Logo Rachel dá um sinal para que ee retorna-se a sua forma humana, pois o treinamento havia sido um sucesso. A fera começou a se contorcer, caiu ao chão. Tremia muito e rosnava alto. Foi retornando aos poucos para sua forma humana ate que o rapaz verde já estava totalmente de volta.

Rachel corre em direção do metamorfo e o abraça forte.

-Eu sabia que iria conseguir, estou tão orgulhosa de você Gar. Você consegue controlar a fera!! Dizia a empata completamente entusiasmada. O rapaz devolve o abraço, a apertando ainda mais contra seu corpo.

-Isso tudo foi graças a você Rae. Eu não conseguiria sozinho. Disse o metamorfo olhando em seus olhos.

Os dois ficam ali parados por um tempo, abraçados. O coração da garota dispara violentamente, e o do rapaz verde não era diferente. Então O metamorfo a beija delicadamente. Foi um beijo doce, porém cheio de paixão. Ele a puxava mais contra o seu corpo e ela acariciava seu peitoral. Suas linguas dançavam em um ritmo acelerado. Estavam sedentos um pelo outro. Tiveram que se separar por conta da falta de ar.

-Gar, não podemos fazer isso aqui, alguém pode nos ver! Dizia a empata ofegante e preocupada.

-Não se preocupe gatinha, ninguém nos viu. É que eu não aguento ficar assim tão perto de você e não te beijar. Essa sua boca carnuda me deixa louco. Disse o metamorfo acariciando os lábios da garota.

-Você também me deixa, sei lá, louca talvez. Disse a empata timidamente.

-Lá vem você outra vez com esse talvez. Disse o rapaz verde com sorriso largo.

-Esta bem, você também me deixa louca. Disse a empata já não demonstrando resistencia ao rapaz.

-Ei lembra que eu ia te falar uma coisa logo após nosso treinamento. Pergunta o metamorfo.

-Sim me lembro. O que precisa me dizer? Dizia Rachel curiosa.

-É que, você sabe, quer sair comigo. Tipo hoje mais tarde? Pra tomar alguma coisa, dar uma volta. Dizia o rapaz verde coçando a nuca em sinal de estar envergonhado.

-Você esta me chamando pra sair? Disse Rachel com os olhos brilhando. Ninguém nunca me chamou pra sair antes.

-Isso mesmo. Então você me daria a honra de ter seu primeiro encontro comigo? O rapaz falava todo galanteador.

-É-é claro. Pode ser, que horas? A moça respondia nervosa.

-Que tal as 22:00? 

-Tudo bem então esta marcado. As 22:00 passa na porta do meu quarto.

-Yesss, uhuuum. Valeu gatinha. Prometo que você não vai se arrepender. Disse o metamorfo dando um selinho na garota.

-Eu posso imaginar que não irei. Mas eu posso pedir um favor?

-O que você quiser gatinha.

-Não comenta com ninguém pode ser? Deixa isso só entre a gente por enquanto. 

-Tudo bem Rae, vamos devagar, do jeito que você preferir.

-Obrigada Gar!

-Agora vamos, temos que participar daquela aula chata de segurança pública que o Dick sempre insiste em dar pra gente. Disse o metamorfo beijando a testa da empata.

E assim os dois seguem para dentro da torre. Mas tarde aconteceria muitas coisas. O primeiro encontro dos dois. Ambos estavam ansiosos e animados.

 

 


Notas Finais


E ai, gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...