História Quando o amor acontece! - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Orange Is the New Black
Personagens Alex Vause, Personagens Originais, Piper Chapman
Tags Laura Prepon, Orange Is The New Black, Taylor Schilling, Vauseman
Visualizações 174
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Falei que iria voltar amanhã, mas não resisti. Aqui vai mais um capítulo fresquinho pra vocês! Espero que gostem e desculpem qualquer erro!

Capítulo 35 - Reconciliação


Fanfic / Fanfiction Quando o amor acontece! - Capítulo 35 - Reconciliação

...Alex segurava Piper contra seu corpo, enquanto sua língua explorava novamente a boca da loira, sua mão livre passeava pelo corpo de Piper, que puxava levemente os fios negros, enquanto deixava algumas lágrimas descerem por seu rosto, assim que Alex sentiu as lágrimas da loira molharem seu rosto, ela se afastou um pouco:

- O que aconteceu? – a morena perguntou, secando as lágrimas com os polegares.

- Você aconteceu Alex! – Piper sorriu.

A loira a puxou para dentro de seu apartamento, e logo os lábios estavam colados novamente, as mãos de Alex exploravam o corpo da loira novamente, como se estivesse relembrando todos os caminhos que poderia percorrer, logo a camiseta que Piper vestia foi lançada para longe, Alex pressionou Piper contra a parede, e então desceu seus beijos pelos pescoço e colo da loira, então foi descendo beijando o abdome de Piper parando na linha que a calça jeans dela cobria, rapidamente, Alex tirou a peça, e então suas mãos puderam passear pela pele exposta de Piper, a fazendo arrepiar a cada toque, a loira puxou Alex de volta, para poder sentir seus lábios quentes nos seus, a loira começou a despir Alex com rapidez, logo a morena estava completamente nua na sua frente, Piper entrelaçou suas pernas na cintura de Alex, que saiu andando pela sala, mas resolveu deita-la no tapete, não queria esperar mais, já havia perdido tempo demais. A morena tirou a lingerie que Piper vestia, e então abocanhou um seio da loira, Piper gemia contida, enquanto Alex dava leves chupava, mordiscava e lambia o seio, sem pressa, repetiu a mesma coisa no outro seio, Piper arqueava as costas, a língua de Alex começou a descer, por entre o seios da loira, até chegar em seu sexo, então Alex parou e começou a beijar a parte de dentro das coxas dela, parando em sua virilha, Piper gemia alto, muitas vezes em tom de reprovação, fazendo a morena sorrir, logo Alex abocanhou seu clitóris, fazendo Piper gritar, Alex lambia e chupava, alternava os movimentos no sexo da garota, a fazendo gemer ainda mais, não demorou muito para Piper chegar ao orgasmo, mas Alex ainda não queria parar, antes que Piper pudesse se recuperar, a morena penetrou dois de seus dedos em seu sexo, as estocadas eram firmes, a velocidade variava, fazendo Piper continuar gemendo ainda mais alto, e por fim gozando pela segunda vez. Foi então que a loira decidiu que era a vez da morena, inverteu as posições, e por fim abocanhou o seio da morena, provocava a área com a boca, enquanto a outra mão desceu para o sexo da morena, a estimulando, penetrando dois de seus dedos, enquanto estimulava o clitóris da mais velha, Alex gemia baixo com a voz rouca, não demorou muito para a morena atingir o orgasmo, Piper então sentiu os braços firmes de Alex a puxarem para si, a loira não se negou, apenas se aninhou no corpo da morena:

- Al? – Piper chamou.

- Oi! – a morena respondeu baixo.

- E a sua noiva? – a loira perguntou, com medo da resposta.

- Não tenho mais noiva, minha linda! – Alex respondeu, dando um beijo no topo da cabeça de Piper.

- Então quer dizer que vou ter você só pra mim? – Piper se animou.

- Só pra você? Ainda não sei. – a morena respondeu.

- Então, na hora que eu quiser? – Piper perguntou novamente.

- Desde que seja viável, sim! – a morena respondeu sorrindo.

- Por que não posso te ter só pra mim? – a loira perguntou.

- Você é muito afobada. – Alex riu. – Vamos com calma, pode ser?

- Tudo bem! – Piper a acompanhou. – Sabe, eu ia pedir uma pizza antes de você chegar, e agora, eu estou com ainda mais fome, o que você acha?

- Acho um ótima ideia! – a morena respondeu.

- Deixa eu ir pegar o telefone então. – Piper disse tentando se levantar.

- Só deixo, se você me deixar passar a noite aqui com você! – a morena disse, mordendo o lábio inferior de Piper.

- Você pode passar a noite aqui, sempre que quiser! – a loira respondeu, dando um selinho demorado na morena.

Piper se levantou, e se virou para ir pegar o telefone, quando sentiu os braços de Alex envolvendo suas coxas, e então a morena mordeu de leve uma das nadegas de Piper:

- Ai! – a loira reclamou.

- Eu não resisti! – Alex sorriu, soltando as pernas da loira. – E outra, nem doeu.

- É impressão minha e você ficou ainda mais safada? – Piper perguntou, sorrindo.

- Impressão, minha linda! – a morena respondeu. – Viu, posso ir tomar um banho?

- Claro que pode! As toalhas estão no closet! – a loira respondeu, discando para a pizzaria.

Alex, entrou no banho, e mal podia acreditar no que tinha acabado de acontecer, era como se estivesse em um sonho, não queria mais ficar sem sentir o toque da loira, aquilo parecia muito certo, e era tudo o que Alex queria, desde que Piper tinha voltado para a sua vida. A morena saiu do banheiro, enrolada na toalha e entrou no closet de Piper para procurar alguma roupa que pudesse vestir, foi então que avistou um conjunto de moletom preto, e uma camiseta regata branca, que eram dela no fundo de uma da prateleiras, sorriu sozinha, achava que havia perdido aquelas peças, mal sabia ela que Piper as guardaria, pegou o conjunto e se vestiu, e então voltou para a sala:

- Você achou é? – Piper perguntou sorrindo.

- Eu procurei isso por toda parte! – Alex disse, também sorrindo.

- Você deixou na casa do meu pai, eu achei quando me mudei pra cá. Aliás, achei várias roupas suas, elas estão dentro de alguma mala! – a loira respondeu.

- E por que essa aqui não estava? – a morena perguntou, puxando Piper pela cintura.

- Porque eu adoro dormir com ela! Mas, sem dúvida, ficam muito melhores em você! – a loira deu um beijo em Alex e depois se desvencilhou de seu abraço. – Eu vou tomar o meu banho agora, se a pizza chegar você pega?

- Pego! – a morena respondeu, se jogando no sofá.

Piper ainda estava sem acreditar no que havia acontecido, não sabia nem como reagir, Alex estava naquele momento, sentada no seu sofá, depois de uma visita um tanto quanto quente, e agora ela iria passar a noite com a loira, era muita coisa para se acreditar, ficou um pouco apreensiva quando Alex sugeriu que fossem com calma, afinal as coisas entre elas nunca foram calmas, tudo sempre aconteceu com muita pressa.

A loira saiu do banho usando apenas uma calcinha e uma camiseta larga, quando chegou na sala, viu que a morena já não estava mais ali, foi procura-la na cozinha e lá estava ela, procurando alguma coisa nas gavetas:

- O que você quer? – Piper perguntou, fazendo Alex dar um pulo.

- Que susto! – a morena respondeu colocando a mão sobre o coração. – A pizza chegou, ai eu vim aqui e achei um vinho, agora eu quero um abridor!

- Ele está na primeira gaveta! – Piper respondeu sorrindo.

- Desde quando você sabe comprar esses vinhos bons? – Alex perguntou abrindo a garrafa.

- Eu não sei! – a loira sorriu. – Essa garrafa eu ganhei no trabalho!

- Ganhou? De quem? – a morena perguntou, tentando disfarçar a pontinha de ciúmes que sentiu.

- Ganhei de um rapaz que trabalha no escritório! – Piper respondeu se notando que Alex estava incomodada.

- Entendi! Qual é o nome dele mesmo? – Alex já não conseguia mais disfarçar o desconforto.

- Você está com ciúmes? – a loira perguntou, com uma expressão divertida no rosto.

- Não! Só quero saber quem é o cara. – Alex respondeu segurando a risada.

- Bom, o nome dele é Jonathan, tem 34 anos, e eu sai com ele algumas vezes! – Piper disse, sincera.

- Entendi! – a morena fechou a cara, e se concentrou em servir o vinho.

- Ei, não fica com essa carinha de emburrada! Ele não é nada perto de você! – Piper disse, abraçando Alex.

- Não minta pra mim, Chapman. – a morena respondeu olhando nos olhos da loira.

- Nunca mais eu vou mentir pra você, não quero mais te perder! – Piper respondeu, retribuindo o olhar da morena com intensidade.

- Nem eu, quero deixar você me perder! – Alex respondeu.

- Eu te amo! – a loira disse beijando a morena.

- Eu também te amo! – Alex respondeu.

As duas comeram, tomaram a garrafa  de vinho inteira, e colocaram um filme para assistirem, Piper estava sentada entre as pernas de Alex, com a cabeça apoiada em seu ombro, podia sentir o peito de Alex subindo e descendo calmamente, enquanto as mãos dela descansavam em volta da cintura da loira, as duas ficaram por ali, assistindo a mias alguns filmes, sem perder o contato uma com a outra, caricias eram trocadas a todo momento, depois de o último filme acabar, Alex percebeu que a loira dormia tranquila, então a morena desligou a televisão, e resolveu chamar Piper:

- Minha linda, vamos dormir na cama?

- Hhhmm! – a loira resmungou e enfiou o rosto no pescoço da morena.

- Ei, eu sei que o soninho ta gostoso, mas vai ficar melhor de a gente for pra cama! – Alex disse, acariciando de leve os cabelos louros.

Piper não respondeu nada, apenas se levantou e seguiu pra o quarto, sendo seguida por Alex, a morena se deitou e logo a loira se aninhou em seu corpo, novamente enfiando o rosto em seu pescoço, Alex fazia cafuné na loira, até que o sono se apossou dela, e então Alex dormiu tranquila, coisa que não acontecia a muito tempo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...