História Quando o amor não se acaba - Oneshot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook
Tags Jikook Jihope
Exibições 27
Palavras 1.676
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ehh!! JIKOOK! BTS!!
AMO! DEEM AMOR A ESSA FIC, MINHA PRIMEIRA ONESHOT DO BTS... ^^
BOA LEITURA...
Por: ~Mary

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Quando o amor não se acaba - Oneshot - Capítulo 1 - Capítulo Único

Estávamos juntos a 3 anos, 3 anos de amor, cuidado um com o outro, intrigas, reconciliações, brigas e desentendimentos mas acima de tudo - amor - nosso amor nunca se pagou e era isso, eu podia o amar a cada dia mais. Jungkook e eu éramos um só, eu vivia por ele e ele... Bem, estava se esforçando pra viver.

E aqui estava eu indo pro hospital o visitar, depois que ele pegou uma doença terminal eu me dediquei a fazer de tudo para o ver e fazer o possível e impossível pra o manter vivo pra mim.

Eu não podia viver sem Jungkook...

Chego, a enfermeira que já me conhecia me cumprimenta com um sorriso, eu sei que ela tinha pena de mim sabendo da minha situação e não desistindo mesmo assim de ir todos os dias aquele lugar.

Vou até o quarto e entro sentando na cadeira ao seu lado.

Ele era meu tudo, minha razão de viver eu não podia o perder.

Por que a vida havia feito isso comigo?

- Pensando muito meu amor? - ele acorda e me lança seu sorriso mais meigo

oh! Deus! por que ele foi ser perfeito?

- Em você Jungkook - falo e seguro sua mão - você não sai da minha cabeça, oque eu faço Kookie-ah? 

- Jimin - aperta minha mão a sua - não se preocupe comigo meu anjo

- Como? eu não consigo Jungkook, eu te amo - sinto meus olhos se encherem, essas palavras agiam rápido em meu interior

- Não chore seu bobinho - fala e sorri

Como ele conseguia sorrir? enquanto meu coração se despedaçava mais e mais

- Jungkook, se você...

 - Jimin, não fale nada... - coloca sua mão em minha boca me impedindo de continuar, se ajeitando melhor na cama - você fala demais - ri de novo

- eu s...-

- Shii... - balança a cabeça calmamente.

O observo e tento sorrir, mas é impossível, meu mundo estava a cada dia perdendo sua cor, a vida, a alegria, qualquer resquício de esperança estava se esvaindo , caindo como num buraco negro sem fim e isso é por que ele estava partindo, Jungkook minha vida e fonte de esperança estava descolorindo meu mundo aos poucos.

- Lembra da nossa primeira vez? - fala me lançando seu mais puro e sincero sorriso que com o bater da luz do sol que entrava pela janela se tornou mais lindo, mas ao notar oque ele disse arregalo os olhos, tenho certeza que corei como ele conseguia falar sobre isso?

- Si-sim - falo sentindo as bochechas corarem

- Você parecia com medo, mas se entregou e aceitou, depois se sentiu feliz e não se arrependeu... Por que foi bom, muito bom - acaricia meu rosto com fios pendurado a seu pulso e faço questão de segurar sua mão macia e quente - eu amei aquele momento Jimin, amei você ali comigo , foi uma das maiores maravilha da minha vida e foi maior ainda por que era com você... 

- Jungkook...

- Você me deu tudo de melhor pra eu viver aqui, eu vou ir tão satisfeito...

- Jungkook! - a primeira lágrima não hesita cair

- Vou partir feliz, minha vida foi curta mas foi a melhor que eu pude ter por que se nela não tivesse você eu não teria objetivo pra estar aqui nesta terra...

- Não fale assim... - sinto que as ondas de tristeza se puseram a me prender e me deixo chorar ali mesmo

- Eu vou te amar  em qualquer lugar que eu estiver Park Jimin - sorri mostrando seus dentinhos fofos, limpando minhas lágrimas

- Como viverei sem você meu amor? -deito minha cabeça em seu colo pra chorar, mesmo que seja pela última vez

- Você encontrará alguém que te amará assim como eu - não acreditei que ouvi isso, ele não tem noção da dor que estou sentindo? Que meu amor é total dele?

- Não! Não existe ninguém que eu ame mais que você, eu quero você! só você! - descontrolo entre choros e sinto sua  mão sobre a minha cabeça

 - Eu te amo Jimin! - percebo seu sorriso de canto fazendo menção de me abraçar e levanto pra envolve-lo com meus braços - seja feliz por mim, viva pelo que já vivemos e não deixe nosso amor acabar, distribua ele as pessoas, dê o amor que te dei...

- Prometo te amar para sempre... - choro fungando, mesmo sendo difícil aceitar que ele estava se despedindo, prometi isso a ele.

Fiquei abraçado a ele por um longo tempo até o horário de visitas encerrar, meu desejo era permanecer ali pra sempre e nunca sair, mas deveria ir.

Me despeço dele o fazendo dormir, e sigo pra minha casa, ir àquele hospital era um rotina diária, saía cedo do serviço e ia  direto pra  passar a tarde com ele.

Fui tomar um banho para dormir e me preparava para dormir, sem janta mesmo pois comer era algo que já não fazia diferença, meu corpo rejeitava tudo que não fosse Jungkook.

Ao me deitar o celular alerta nova mensagem, era Jungkook e meu coração acelera ao ver seu nome, leio e as lágrimas rolam no meu rosto.

kookie : Jimin meu amor, nunca deixes de amar! O mundo precisa disso...

Eu te Amo

E continuarei amando... agora serei seu anjo da guarda :)

Se os céus me aceitarem... Viva por mim Park, você é minha vida...

Seu amor eterno~

Choro desesperadamente, essas palavras eram piores que socos no estomago - o qual eu preferia levar a ler esses versos - por que ele insistia em fazer isso? 

~celular tocando~

Ligação ON

 - Alo?!

Park Jimin?

- Sim, ele...

Sinto lhe informar, mas...infelizmente o Jungkook

- O QUE?!

Ele foi a óbito senhor Park, ele se foi...

Ligação OFF

Deixo o celular cair no chão e meu corpo também é levado ao solo, ajoelho e coloco as mãos no joelho.

- NÃO! - grito - Não! não! não! não! JUNGKOOK por que? Por que me deixou? Por que? - Sento-me ao chão e a única coisa que podia fazer é chorar, ele se foi, não há mais volta, não há mais o que esperar. Então esse é o sentimento de perder alguém, já perdi meu pai a muito tempo atrás mas isso nem se comparava com oque estou sentindo agora pois perder uma pessoa acontece e acontecerá com todos, mas perder uma pessoa que te fez ver sentido no que antes não tinha é perder o chão, perder a luz, perder o foco, perder o sentido. minha vontade agora? - ir pra junto dele - mas eu prometi... iria continuar tentando por ele.

- Jungkookie-ah - choro descontroladamente

Me vem então... uma nostalgia boa

Flashback ON

Estava andando rápido em direção ao prédio, estava atrasado pra aula na faculdade e esbarro fortemente em alguém.

- Perd... - um garoto de olhos negros , profundos e penetrantes, cabelos escondendo os mesmos me encara assustado mas logo suaviza seu olhar

 

- Desculpe eu não estava prestando atenção - falava tranquilamente e só consegui assentir, ele era lindo... - Você está bem? - inclina a cabeça confuso, talvez eu tenha me perdido em seu olhar

 

- A..Ah si-sim - gaguejo, seu olhar, seu rosto, sua voz me chamaram a atenção e quando sorriu... Meu consciente disse a mim mesmo que queria mais daquele sorriso...

 

Flashback OFF

Jeon Jungkook! - esmurro o parede, estava no hospital e o corpo dele já havia sido levado, o enterro seria no dia seguinte e tudo que eu iria fazer é chorar...

Ninguém podia me consolar, o que faria sem ele? Eu conseguiria viver ainda?

(~)

De manhã era o enterro, não havia dormido e estava horrível, mas fui assim mesmo, um terno preto e os cabelos bagunçados o qual não fiz questão de arrumar.

Depois que todos falaram suas palavras de consideração e afeto pelo querido Kookie, o padre abençoou e o caixão foi sendo enterrado - a pior parte - um pedaço de mim estava sendo enterrado, por que?

- Me perdoe Kookie-Ah , mas não sei se vivo sem você - sussurro frente ao túmulo e deixo algumas  lágrimas irem junto de meu amor.

 

(~) Semanas Depois

Já fazia algumas semanas que ele tinha partido, pra mim a saudade poderia se comparar ao infinito do universo, e o aperto no coração igualmente a um moedor de sentimentos.

Ah! Jungkook!

Estava sentado na grama do parque observando o pôr do sol, sem expressão, dentro de mim havia um poço fundo e vazio - o vácuo - Me levanto pensando em sair dali, o objetivo de tentar se animar não deu certo novamente, caminho devagar pra saída mas como em um passe de mágica sou atacado de surpresa por um cãozinho...

- Ai meu Deus! Desculpa - fala a pessoa e me viro pra encara-lo

- Tu-tudo bem - digo fitando seu rosto, estava bem perto oque me faz corar, solta um sorriso radiante e grande, contagiante. Cabelos laranjas e chamativos esbanjavam... Alegria, vida! Assim como seu cachorro que pulava descontrolado, aquela cena foi um tanto intrigante.

- Te sujou?! - pergunta preocupado enquanto analisa meu corpo e nego cautelosamente com a cabeça - Oh! Que bom! -sorri e seu sorriso contagiante faz meu corpo receber uma onda energética, seus olhos me chamavam a sorrir junto com ele,Ah! queria aquilo...

- Você é?! - pergunto receoso

- Hoseok! Mas pode me chamar de Hope também - fala alto e ri - Desculpe senhor, já estou indo - fala desajeitado e sai andando calmamente com seu cachorro espuleta acenando.

Será que minha cara de bosta o espantou? Aish

- Ei! - grito o chamando e vou atrás dele que para e me espera sorrindo...

~A vida é pra se viver e fazer valer a pena, mesmo achando que seus sonhos acabaram os novos virão pra te encorajar e a vida só acaba quando você vê que cumpriu seu dever...~

 

" Eu Te Amo Jimin - Jungkook" 

 

 

 


Notas Finais


:') OBRIGADO POR LER!
Espero que tenham gostado, por favor falem oque achou...
Eu queria muito expressar cada sentimentozinho aqui, eu gosto quando uma história envolve o leitor intensamente... Então espero seus comentários... :)
~Mary


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...