História Quando o sol e a lua se encontram... - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 48
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Primeiros passos para o início.


Naruto POV's

Assim que o plantão acabou nós nos reunimos no bar em frente ao hospital, estávamos de início só eu, Sakura e Sasuke, estava um clima tenso dava para perceber. Sakura pediu uma bebida e assim que pegou o copo, o mesmo quebrou nas suas mãos.

_Ai...-Sakura urrou de dor, enquanto o sangue escorria pelas suas mãos.

_Você está bem!?-Sasuke perguntou retoricamente, e o casaco de algodão que Sakura havia colocado na cadeira para poder parar o sangramento.

_Por favor garçom me traga panos limpos, algum tipo de fio, linha ou algo para suturas e uma agulha.

O garçom atendeu, por causa dos vários acidentes que aconteciam naquele bar, o hospital entregou um pacote de primeiros socorros. Naruto viu o estado de choque de Sasuke, ele não podia nem fazer uma massagem naquele estado, então eu mesmo fiz as suturas.

_Obrigado Naruto.

_Tanto faz...

Conversamos por alguns minutos até que vimos Hinata, Shion e Ino chegarem. Elas sentaram-se ao nosso redor, é decidimos que era melhor irmos para uma mesa. Lá ficamos conversando coisas aleatórias, Hinata frequentemente me encarava, aquele olhar de ódio e fúria. Shion evitava me olhar e era quem mais estava desconfortável.

Sasuke tentava me animar com assuntos, onde eu não falaria alguma bobagem, Sakura estava reclamando da dor nas mãos e Ino estava distraída olhando para um cara pálido na outra mesa. O olhar de Hinata sobre mim era pesado, mas nao era um olhar de culpa, e sim um olhar que procurava um modo de me ajudar, eu percebi muito bem isso.

_Atenção! Eu queria dizer uma coisa.... Eu sei que desde que cheguei no hospital, quer dizer para alguns desde muito antes eu mudei muito... mas nenhum de vocês sabe o que eu passei, mesmo que isso não signifique que eu possa trair minha esposa, tranzar como um animal rude e sem coração com a interna que eu acabei de conhecer, estragar o relacionamento de anos com meus amigos...

Hinata POV's

Naruto saiu do bar e depois eu sai correndo atrás dele a tempo de vê-lo levar um soco de um cara, que ela logo reconheceu como sendo o Kiba. Corri para dentro e chame...i Sasuke, o que eu faria para separar dois homens musculosos que estavam brigando?

Sasuke correu, eu e as garotas fomos atrás deles, vimos Sasuke puxar Naruto, que tudo o que fez foi se defender dos golpes. Sasuke ficou no meio dos dois e segurou Kiba que ainda queria partir para cima de Naruto. Shion foi para perto de Kiba e ajudou a acalma-lo, o cara com quem Ino havia trocado olhares também foi ajudar. Eu segurei Naruto e pedi para ele se acalmar. Sakura abraçou Sasuke.

_Com que direito chama a Shion de prostituta?! ME RESPONDE UZUMAKI!

_Kiba eu não...

_VOCÊ NÃO QUERIA DIZER, É CLARO DEPOIS DE TUDO O QUE VOCÊ FEZ...

_Naruto não fale mais nada vem eu te levo para casa.-Eu falei e puxei Naruto.-Tchau pessoal, eu vou levar o Naruto para casa.

Entramos no carro e eu levei ele até em casam fomos silenciosos. Assim que chegamos eu esperei ele sair, mas isso não aconteceu.

_Você já pode ir...

_Eu preciso conversar. Não aqui, minha família não iria deixar eu conversar sem me interromper.

_Podemos conversar aqui no carro mesmo, pode ser?

_Eu, na época da faculdade, perdi um professor, ele foi substituído. O professor substituto o nome dele é Orochimaru, ele me ensinou a ser rude, a ser frio, eu precisava eu corria o risco de ser expulso da universidade. Todos os dias eu tinha que ficar até mais tarde, ele estava fazendo uma lavagem cerebral, todos os dias ele fazia coisas diferentes, nos primeiros eu deveria matar porcos, depois outros animais...e chegou a época onde eu deveria maltratar prostitutas, eu comecei a "praticar" com minha mulher.

_Tá não me interessa o que fez, você tem que se desculpar com aqueles que você magoou, esse tal de Orochimaru deixa ele para trás, hoje você deixou que lhe batessem, eu não vi você reagir, eu vi você se desculpar na frente de todos...você não precisa ser este cirurgião frio. Você pode ser o Naruto Uzumaki Namikaze, dono e administrador de uma empresa multimilionária.

_Talvez você tenha razão... Eu quero começar me desculpando com você...

_Não precisa se desculpar, eu sim, te dei um tapa...

_Não eu queria te usar, te usar para impulsionar minha carreira profissional, se eu namorasse você sua mãe me aceitaria como um aprendiz, mas eu não quero mais isso, eu ja decidi eu não serei mais cirurgião vou começar a dedicar minha vida àquela empresa.

_Naruto... você...você queria me usar?

_Antes sim, mas agora eu quero corresponder as suas expectativas, eu quero tentar me aproximar de você, mas só quando eu não for mais cirurgião. O que me diz?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...