História Quando Tudo Der Errado. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Exibições 5
Palavras 405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey, o que será que o destino espera pra nossa Anna Bell? Só lendo para descobrir! Esse é o capítulo quatro, espero que gostem! Aproveite a leitura!

Capítulo 4 - Um Pequeno Incidente


Fanfic / Fanfiction Quando Tudo Der Errado. - Capítulo 4 - Um Pequeno Incidente


Cheguei em casa e pedi uma pizza com refrigerante. Quando chegou, paguei o motoboy e me joguei no sofá e liguei a TV no jornal local.Tantas coisas importantes e a manchete era a vinda do One Direction para a cidade e a reportagem eram várias garotas gritando feito loucas, por mais que eu já tivesse feito aquilo em alguma época me deu vergonha alheia e mudei para o canal de desenhos e fiquei ali por um tempo. Quando deu a hora de ir pro trabalho, saí de casa me arrastando, e fui para a sorveteria onde eu era balconista e não poderia estar tão desencorajada para fazer algo. Quando voltava pra casa, passei pelo estádio onde aconteceriam o show e já tinha meninas acampado lá e cantando músicas da banda. Com certeza eu estaria lá, antes.
              A semana se arrastou lentamente, até a véspera do show. Na escola as garota estavam eufóricas, inclusive a Tracy, que não conseguia parar de se mexer, de gritar, de ficar quieta. O professor até pediu pra ela se retirar da sala, e ela saiu pulando e cantando Best Song Ever. Na saída passei por um grupo de garotas com camisetas da One Direction, e tive que me espremer pra conseguir passar pelas aquelas garotas. Fui pro hospital e ele estava pior do que as outras vezes. Ele estava partindo.
              -Oi querida!-disse com a voz fraca-Animada para o show?
              -Sim claro!-menti.
              -Que bom!-depois disso ele começou a se contorcer e pediu desculpas
              -Não, tudo bem...Vou chamar a enfermeira.
              -Obrigado.-ele disse com a voz fraca.
              A enfermeira deu uma dose de morfina que o fez dormir rapidamente, deixei uma flor com ele e fui embora.
              Quando eu saí estava chovendo, vesti meu moletom, e saí na chuva, a rua estava vazia tudo estava muito quieto e eu comecei a sentir aquele sentimento de peso de novo, peso, muito peso. Tudo começou a ficar escuro, tive dificuldade pra respirar, tudo começou a girar, quando percebi já estava estirada no asfalto cheio de lama, era como se eu não tivesse forças pra me levantar e continuar, eu não tinha forças pra viver.
              Depois da minha queda eu não lembro de muito coisa, só flashs, um carro parando na minha frente, garotos agasalhados que eu não lembro os rostos saindo desse carro, checando minha respiração, gritavam um com os outros, depois me colocaram dentro de um carro e eu não lembro mais de nada.
 


Notas Finais


Obrigada por ler! (P.S.:Não perca o próximo capítulo!) beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...