História Quando você volta? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amigos, Amor, Namoro, Sexo, Traição
Exibições 28
Palavras 386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - De mudança.


Fanfic / Fanfiction Quando você volta? - Capítulo 1 - De mudança.

Eu tentava entender todas aquelas fórmulas de Cálculo II e o professor parecia não falar o mesmo idioma que o meu, eu estava realmente muito perdida e senti até um calafrio ao pensar se eu nunca iria me acostumar com tudo aquilo. Essa história de mudança nunca foi o meu forte; minha mãe sempre tem que ser transferida e eu devo sempre acompanhá-la. Odeio a parte de fazer novos amigos, estudar em um colégio novo, decifrar quando o pessoal fala comigo (já que não conheço as gírias), novos hábitos, nova rotina; mas amo a parte de escolher o quarto e arrumá-lo e de me surpreender com a vista da janela do mesmo.

Confesso que está bem difícil me acostumar com esse calor do Rio de Janeiro, em Porto Alegre era tudo muito frio, de quente só o chocolate. Um mês e nenhum progresso, nem amigos e muito menos visitar a cidade, que parece ser linda por sinal.

▬Cheguei, mãe! - falei, jogando a mochila no sofá.

Corri para o banheiro, afinal, precisava de um banho. Eu estava pingando de suor.

▬Oi, minha filha. Como foi a aula? -perguntou mamãe interessada.

▬Confusa como sempre. -sorri.

▬Precisa de aulas particulares, querida?

▬Claro que não, mãe. Sempre me virei pra passar!

▬Tudo bem. Adivinha o que fiz pro almoço? -ela diz, colocando a mesa.

▬Cachorro-quente? -perguntei animada.

▬Melhor! LASANHA! -mamãe falou animada.

Almoçamos e estava uma delícia.

▬Amigos?

▬Nenhum, mãe. Estou me sentindo mal já. -falei chateada.

▬Isso é com o tempo, querida. Quer ir num jantar da empresa hoje?

▬Querer não quero, mas é o que tem. -Ri.

▬Saíremos às 19h.

Olhei o relógio e ainda eram 14h. Subi para o quarto e fui tentar entender Cálculo II. Acabei dormindo.

Acordei com o grito da minha mãe.

▬FILHA, SE ARRUMA! JÁ SÃO 18H!

Fiz exatamente o que ela havia pedido e ao olhar-me no espelho, concluí que aquele vestido florido que Bruno havia me dado antes de virmos pro Rio, me deixara linda. E ao pensar nisso, me bateu uma saudade, principalmente dos concelhos e da proteção. 

"Quando estiver no carro, vou ligar pra ele" - pensei.

Desci e mamãe estava me esperando.

▬Está linda, querida! 

▬Obrigada, mãe. Vamos? -falei, abrindo a porta para que ela saísse.

Entramos no carro e já estávamos à caminho do tal jantar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...