História Quando você volta? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amigos, Amor, Namoro, Sexo, Traição
Exibições 21
Palavras 478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - O jantar.


Fanfic / Fanfiction Quando você volta? - Capítulo 2 - O jantar.

Chegamos em um restaurante bem sofisticado, com direito a tapete vermelho na entrada. O jardim era lindo e tinha lindas rosas, fiquei encantada. Mamãe falou que o local foi reservado somente para a empresa e que eu iria gostar de conhecer os amigos dela. Ao entrar, olhei ao redor e aquele lugar estava cheio de pessoas bonitas e elegantes.

▬Nossa! -falei 

▬Vem, vou te apresentar ao pessoal.  -ela disse, puxando-me pela mão.

Caminhamos até uma mesa redonda onde haviam umas 6 pessoas e mamãe apresentou-me a todos e ainda me fez dar beijinho em cada um. E o engraçado é que aqui no Rio eles dão UM BEIJINHO EM CADA BOCHECHA. 

▬Linda a sua filha, Iva. -falou uma amiga de mamãe, Leni.

▬Obrigada! -eu e mamãe falamos juntas.

▬Filha, divirta-se! -disse mamãe.

Ela deu a dica e sumiu no meio da enorme mesa de aperitivos. Sentei-me em uma cadeira e fiquei bebendo um drink delicioso que o garçom serviu-me.

▬Que menina linda! -disse um garoto, sentando ao meu lado.

▬Olá. -respondi.

▬Como se chama?

▬Isabella, mas pode me chamar de Isa.

▬Tudo bem, vou te chamar de Bella. -ele sorriu.

Confesso que o sorriso dele era lindo, assim como ele. Estatura média, branquinho, de cabelos castanho escuro, boca rosada e definida, olhos profundos e castanho claro, com um alargador que parecia ser de 6mm e para completar, aquele terno e a gravata azul marinho deixava-o ainda mais bonito.

▬E você? -perguntei, curiosa.

▬Pedro, mas pode me chamar como quiser. -ele falou e deu uma piscadinha.

▬Ok, Pedro. -sorri. 

▬Você é filha da dona Iva, né? Eu soube que vieram de Porto Alegre e que agora você está estudando no Nova Roma.

▬Sabe bastante você, em! 

▬Já conheceu a cidade?

▬Ainda não tive essa oportunidade.  -fiz uma cara de triste.

▬Sem problemas! Posso ser seu guia um dia. -ele disse animado.

▬Vou adorar! -sorri.

▬Vamos lá no jardim? Aqui está muito cheio e tem muita gente falando. -ele disse, levantando-se.

Levantei e o segui. Sentamos em um banco que havia no meio do jardim.

▬Bonito aqui, não acha? -comentei.

▬Sim. Você embeleza o lugar. -ele sorriu.

Eu devia ter ficado muito vermelha, eu sentia meu rosto queimar de tanta vergonha. 

▬Desculpe. Não era a intenção te deixar envergonhada.

▬Tudo bem. 

Ficamos por horas conversando, até mamãe chegar e me chamar para irmos embora.

▬Vamos, querida? -ela perguntou.

▬Vamos. Tchau, Pedro. Prazer conhecê-lo. -estiquei a mão para um aperto.

▬Boa noite, lindona. -ele levantou-se e me abraçou.

▬Vejo que se deram bem! -comentou Leni, mãe de Pedro.

▬Sim, seu filho é bem divertido. -sorri.

▬Me passa seu número, Isa. -ele falou, dando-me o celular para anotá-lo.

▬Vê se não me enche de mensagens. -falei, entregando o celular.

Eu e mamãe entramos no carro e chegando em casa, corri para o chuveiro e depois pulei na cama; eu, definitivamente, estava exausta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...