História Quando você volta? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amigos, Amor, Namoro, Sexo, Traição
Exibições 17
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A notícia.


Fanfic / Fanfiction Quando você volta? - Capítulo 3 - A notícia.

No dia seguinte, acordei às 10h e estava um sol lindo. Arrumei minha cama e desci para falar com a minha mãe.

▬Bom dia, dona Iva! -falei, sentando ao seu lado no sofá.

▬Bom dia. Dormiu bem?

▬Sim e a senhora?

▬Também. Gostou da festa?

▬Sim, mãe. Estava bem bonita. -sorri.

▬Gostou mais do Pedro, né? -ela sorriu.

▬MÃE! Ele é um garoto legal que me fez companhia enquanto a senhora dançava na pista de dança.

▬Sei.

Sorri para ela e fui em direção à cozinha para tomar meu café da manhã.

▬Seu irmão ligou! -comentou mamãe.

▬JURA? Eu ia ligar pra ele ontem, mas acabei esquecendo.

▬Sim. Ele vai vir na terça.

▬QUE MÁXIMO! -falei bastante animada.

Eu estava com saudade do Bruno, apesar de ele ser muito protetor e implicante. Peguei o celular e liguei para ele.

Ligação on.

▬BRUNOOOOOOOO!

▬Sem gritar, louca! -ele reclamou.

▬Que horas vem na terça? -perguntei animada.

▬Devo chegar 15h.

▬Ótimo! Vou te esperar. 

▬Ok. Beijos.

▬Beijos.

Ligação off.

Passei a tarde de domingo vendo filme e comendo pipoca com mamãe, fizemos bolo de chocolate e ela ainda deixou eu fazer trança no cabelo dela. Era diferente ficar o dia inteiro com ela sem o Bruninho, mas como a faculdade o prendeu lá...

▬Melhor você ir dormir. Amanhã tem aula! -comentou mamãe.

▬Tudo bem, dona Iva! -sorri.

Subi para o meu quarto, tomei banho, escovei os dentes, fui para a cama e dormi rapidamente. 

Na manhã seguinte, me arrumei e desci para o café. Mamãe já estava pronta para o trabalho.

▬Te levo hoje, querida. -ela disse.

▬Notícia boa logo de manhã?! Sinal de que o dia vai ser bom! -comentei e sorri.

Terminei de comer e fomos para o carro. Estava um sol lindo e os pássaros não paravam de cantar. 

▬Boa aula, Bellinha. -falou e em seguida, deu-me um beijo na testa.

▬Bom trabalho, mãe. Se cuida. -falei, saindo do carro. 

Caminhei até a sala de aula, primeiro era de artes e eu adorava. Sem gabar-me, mas eu desenho muito bem. 

Entrei na sala e dei de cara com Pedro. Fui em sua direção e sentei-me ao seu lado. 

▬Você por aqui? -perguntei curiosa.

▬Pois é, tive que trocar os horários. -ele sorriu.

Sorri de volta e prestei atenção na aula. No fim da mesma, Pedro seguiu-me.

▬Onde vai? -ele perguntou.

▬Tomar um ar. -falei enquanto caminhava.

Sentamos em uma das mesas do jardim do colégio.

▬Nem consegui te perturbar ontem. -ele comentou.

▬Nem havia percebido. -brinquei.

▬Engraçadinha. Confessa que estava querendo que eu chamasse! 

▬Super queria, Pedro. -falei, num tom irônico.

Um pessoal aproximou-se de nós dois e todos sentaram ao lado de Pedro.

▬E ai, galera! Essa é Isabella. Bella, estes são Felipe, Luíza, Manu e Lucas. -falou Pedro, apontando para cada um.

▬Olá! -falei e sorri.

▬Tudo bem, Isa? -perguntou Luíza, super amigável.

▬Tudo sim. -respondi, tímida.

▬Bonita você, em! -comentou Lucas.

Eu tinha ficado vermelha e todos riram. 

▬Ok, mas qual o próximo tempo de vocês? -perguntou Pedro.

▬História. Que por sinal, vai começar em 3 minutos. -respondeu Felipe.

▬Beleza, encontro vocês lá. -disse Pedro.

O pessoal foi embora, menos Manu, que ajudou Pedro a levantar e os dois abraçaram-se. Eu só os observei. 

▬Vamos, Pedrinho? -chamou, Manu.

▬Claro. Beijos, Bella.

Acenei e o vi partir abraçado com aquela Manu. 

As aulas acabaram e fui caminhando para casa. No caminho encontro Felipe, aquele amigo do Pedro.

▬Isa!

▬Oi. Felipe, né?

▬Isso! Está indo para casa? -ele perguntou.

▬Sim. Você também?

▬Sim. -respondeu ele.

Fomos caminhando e o caminho todo ele me fazia gargalhar. Nos demos super bem.

▬Bom, eu fico por aqui. -falei, parando em frente ao meu portão.

▬Tudo bem. Se cuida e foi um prazer conhecê-la.

▬Prazer foi meu. -respondi e sorri em seguida.

▬Me passa seu número. Podemos combinar de irmos juntos pro colégio amanhã. -sugeriu ele.

▬Claro. Mora aqui perto? -perguntei, enquanto escrevia meu número em uma folhinha de papel.

▬Sim, na segunda rua. Naquele prédio. -ele disse apontando.

▬Entendi. Bom, até mais. -acenei.

Felipe foi embora e eu entrei em casa, mamãe ainda estava no trabalho, então almocei e fui para o quarto descansar.

Acordei com o barulho de mamãe abrindo a porta do meu quarto.

▬Desculpe, filha!

▬Tudo bem, mãe. Como foi o dia? -perguntei enquanto levantava da cama.

▬Agitado.

Desci para que pudéssemos jantar. Eu estava tão cansada, que quando subi, não tive dificuldade nenhuma em pegar no sono novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...