História Quase Perfeita - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Cheryl Blossom
Visualizações 8
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Adultério, Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


:)

Capítulo 3 - Can't Pretend - Tom Odell


O primeiro dia de aula depois da prisão de Nick, sentirei saudade mas não posso me esquecer do galinha que ele foi. Rude , grosso, arrogantemente bonito ele era. Acordei com um ânimo indecifrável, me lembrei de tudo que ocorreu nas férias que serviu como um empurrão para eu seguir me frente nesse semestre. Tomei um banho relaxante e usei a roupa que escolhi ontem antes de dormir, fiz uma básica maquiagem e desci. Descia da grande escada de madeira que dava de cara com o hall de entrada e fui a sala de Jantar onde encontro a mesa preparada para o café da manhã como de costume, me sentei ao lado da mamãe onde falo:

– Bom dia mamãe!-falo dando um sorriso de lado.

– Não se atrase para a escola.-fala mamãe se levantando, olho para o lado onde encontro Jace com o olho roxo:

– o que aconteceu com você?-pergunto pegando no seu braço.

– O pai da Penny, foi ele que me bateu.-fala Jace encarando sua xícara pálida.

– Ele se descupou?-pergunto colocando o líquido marron na xícara.

– Ele nem se quer me olhou.-falo se levantando.

Olhei para papai onde toma seu café e fala:

– O que você está vendo?-fala terminando seu café. Bebo meu café e me levanto indo em direção ao meu quarto onde escovo meu dente e pego minha mochila e sigo em direção a garagem onde encontro Miles esperando eu e Jace para nos levar. Entro no carro e pego meu celular com o meu fone logo começa a tocar a musica Heal do Tom Odell . Jace entra no carro e seguimos o caminho , eu estava solitária já que todos que eu realmente me importava se "foram", penso nisso até ver no visor da frente um cavalo fazendo o carro derrapar ao conjunto das gotas que caíam do céu. A ultima coisa que vi foi um pinheiro atravessado no carro. A ultima sensação que senti foi eu sendo empurrada. A ultima coisa que eu ouvi foi "Vamos sobreviver Cherly".

 


Notas Finais


:(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...