História Quase sem querer- Sakura e Kakashi (kakasaku) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Sakura Haruno, Tsunade Senju, Yamato
Tags Amor, Hentai, Ino, Kakasaku, Kakashi, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke, Sonho, Tsunade, Yamato
Exibições 498
Palavras 1.267
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoas! Tudo certo?
Gente eu tenho que falar para vocês que estou com as unhas acabadas de tanto roer! Esse casal esta me deixando maluca. Essa parada de ama e não ama! AINNNN! Mas é assim mesmo! Não existem casais perfeitos!
O negocio é torcer para que dê tudo certo.
Então meus queridos.... Leiam, leiam como se não houvesse amanhã!
Aproveitar para agradecer aos comentários... Genteeee vocês são fogo! O povo esperto!
E é claro o povo que favoritou a história, galera... Vocês são 10! ;)

Aproveitem o novo capítulo!
Bjs!

Capítulo 13 - Um passo de cada vez?



    Kakashi acorda uma dor de cabeça terrível, olha para o lado e vê Mey estirada em sua cama. Aquela mulher estava sendo tão persistente o seguindo por todos os lados. Faziam quatro dias que ele não via Sakura e isso estava deixando ele sem esperanças de tê-la de volta. Foi ao banheiro tomar um banho gelado. E por mais que tentasse não conseguia parar de pensar na kunoichi. Mesmo tendo uma mulher bonita em sua cama, e todas outras que ele poderia ter, a única que realmente significava algo real para ele era Sakura. Não conseguia se conformar por ser tão fraco. Se lembrou de Mey lhe beijando por cima de sua máscara, e em como ele desejou que fosse a garota de cabelos rosas ali. Sentia que iria enlouquecer com tudo isso. Mas também não sabia o que deveria fazer a respeito.
    Sakura é do tipo teimosa, e ele sabia que a probabilidade de ela o perdoar era pequena. Queria simplesmente esquecer essa garota e seguir sua vida como se nada tivesse acontecido entre eles. Mas ao mesmo tempo queria sentir o cheiro dela de novo, a respiração, os lábios macios o tocando. Só em pensar nisso ele já se sentia excitado. E ele se lembrava de tudo, cada detalhe do corpo dela, cada curva, a sensação de suas mãos explorando sua intimidade. O gosto que ela tem... Estava ensandecido. E não tinha muito o que fazer. Ou desistia ou lutava por ela. Ele sabia que ambas as opções seriam difíceis para ele. E como nunca esteve nessa situação não sabia como agir, nem mesmo por onde começar.  A única coisa que ele sabia é que ela havia dominado ele por completo, e para todos os lugares que ele olhava, era dela que ele lembrava.
    Kakashi se arrumou e foi até o prédio em que Tsunade se instalava, deixando Mey dormindo em sua casa. Precisava desesperadamente de uma distração, e trabalhar com certeza seria uma boa. Ao chegar lá, não tinha muito para fazer. Ainda sim resolveu pegar uma missão pequena, para ajudar um fazendeiro. Isso deixou a hokage um pouco desconfiada, afinal, ela é mulher. E mulheres percebem um olhar triste, mas resolveu não se intrometer. A vila é pequena e logo ela ia saber o que estava acontecendo.
    Sakura acorda cedo, e apressada para cuidar do senhor feudal acaba não pensando muito no beijo que Neji tinha lhe dado. Ao chegar no quarto do senhor Daimyou ele estava acordado e já um pouco mais corado.
    - Bom dia! Como o senhor esta se sentindo hoje?
    - Bom dia! Então você é a médica que Tsunade falou que enviaria?
    - Sim, sou eu! Ontem mesmo estive aqui, mas o senhor estava dormindo. - Disse olhando a prancheta com o resultado dos exames que ela havia pedido.
    - Você é bem nova, mas a hokage falou muito bem de você. - O homem estava deitado e havia uma bandeja com frutas e uma xícara de chá que estava pela metade, Sakura olhou isso, pensando em como ele acordava cedo, mesmo estando doente. E enquanto fazia algumas anotações ficou a tentando imaginar qual tipo de trabalho e responsabilidade ele deveria ter.
   - Aparentemente está tudo certo com o senhor. Mas vou te examinar mais uma vez para ter certeza sobre o que estou pensando. - Sakura estava séria, com os cabelos amarrados. Ela olhou cada centímetro do corpo do senhor, que ria as vezes como se estivesse sentindo cócegas. - Bom, como eu já suspeitava, o senhor esta com uma virose. E o principal motivo de estar se sentindo tão fraco é devido à desidratação. O senhor costuma tomar bastante água?
    - Na verdade o senhor Daimyou não bebe muito, nem suco, nem chá nem mesmo água. - Disse um dos médicos do senhor feudal entrando e parando enfrente à cama do mesmo. Sakura passou alguns remédios para erradicar a virose, e fez serias recomendações sobre a dieta do senhor feudal, que era pobre em líquidos. Ao terminar as recomendações recebe os agradecimentos do senhor feudal e de seu médico. Com isso sua missão estava completa, nunca tinha imaginado que seria tão fácil. Ao se virar para sair é pega de surpresa por Neji parado na porta, a olhando terno e sereno.
    - Ei Sakura, bom dia!
    - Bom dia! - A garota sentiu suas bochechas queimarem pela vergonha que sentiu ao falar com ele. Estava um pouco inserta sobre o que estava acontecendo, e não queria ser grossa com o rapaz. - Neji, nós já podemos ir embora!
    - Hum, entendo. Então vou pegar as minhas coisas.
    - Tudo bem! A gente se encontra na rua. - Neji ficou um pouco desconcertado com o que ela falou, mas assentiu. Estavam dormindo no quarto ao lado e ainda assim ela sugeriu que ele a esperasse na rua.
     Sakura pegou suas coisas e foi até o lado de fora, viu Neji ali parado. Deu mais uma olhada para trás vendo aquela enorme casa em que tinham ficado. E foram embora. Ele estava tão calmo e normal, era como se nada houvesse acontecido. Enquanto ela se roía por dentro tentando se lembrar como que as coisas na vida dela foram ficar tão malucas. E o pior é que ela gostava tanto do Neji, e da forma que ele a tratava. Mas não conseguia tirar Kakashi da cabeça, ele é tão envolvente e sexy, mas assim como o Sasuke ele a magoou. Se sentia uma burra por sempre se apaixonar por caras que machucam ela.
  - Não seria mais fácil se eu me apaixonasse pelo Neji? Ele sempre esta por perto, é atencioso, um ótimo ninja e tem a mesma idade que eu. As vezes penso que meu coração gosta de ser pisoteado. - Sakura não conseguia se conformar em olhar pro garoto ao seu lado e não conseguir enxergar ele como nada além de um amigo. Se conformava menos ainda por pensar em Kakashi com suspiros de amor, mesmo depois de ter pego ele com a boca na de outra mulher.
   Estava se sentindo humilhada e confusa. Mas estava decidida a não sofrer mais. Estava determinada a conseguir ser feliz em sua vida amorosa. E irá lutar com todas as forças que tiver para conseguir isso. - Já sofri demais, agora está na hora de parar de me lamentar por tudo e começar a fazer as coisas acontecerem. Não posso mais ficar fingindo ser quem eu era antes, uma garota com sonhos idiotas e fúteis. Não sou mais assim. Sou uma mulher forte, e tenho que tomar postura de tal.
    Ao pararem para o almoço, Sakura se senta ao lado do garoto. Ficou visível para ela o quanto ele estava contente vendo ela se aproximar dele.
    - Neji. Sobre ontem... - Disse olhando para baixo, mas convicta em ter aquela conversa.
    - Eu sinto muito se passei dos limites. Não quero que ache que vou apenas brincar com você. - Essas palavras a pegaram de surpresa. Porque era assim que ela se sentia com relação a Kakashi, usada.
    - Bom. Eu quero ir para Konoha o mais rápido possível. E também não quero que pense que vou te descartar por causa de um beijo. Na verdade eu gostei de tudo na noite passada. E quero tentar... Mas você tem que entender que preciso de um pouco de tempo para me adaptar a esse pensamento. Então é melhor irmos dando um passo por vez.
    - Por mim tudo bem. - Disse o garoto segurando a mão de Sakura e sorrindo como um bobo pelo que tinha acabado de ouvir.
   


Continua...
 


Notas Finais


Genteeee! To pasma! rsrsrs

Tadinho do Neji né! Ninguém merece ser usado por alguém... Mas é isso ai, vamos ver o que acontece depois né!

Um bjs p vcs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...