História Quase sem querer- Sakura e Kakashi (kakasaku) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Sakura Haruno, Tsunade Senju, Yamato
Tags Amor, Hentai, Ino, Kakasaku, Kakashi, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke, Sonho, Tsunade, Yamato
Exibições 526
Palavras 1.892
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoas! Tudo certo???
Eu sei que tinha gente doido esperando por esse capitulo rsrsrs Então... Eu, como a ótima pessoa que sou, não vou deixar vocês na mão né!
Tenho que agradecer aos que favoritaram, vocês não sabem como é legal ver o progresso dessa história, e isso, com certeza é graças a vocês! Eeee não tem como deixar de fora dos agradecimentos as pessoas que comentaram né! UMA HORA VOCÊS ME MATAM GENNNTEEE! Adoro ver a maneira que vocês participam da vida desse casal. Vocês, são com certeza o meu incentivo pessoal!
Então... chega de lero lero e vamos ler né!
Bjs!

Capítulo 16 - Uma noite tensa.



    Kakashi entrou apressadamente, abaixando sua máscara. Olhou os olhos assustados da garota que agora estava em sua frente, e sem mais delongas segurou em sua nuca com a mão direita, e com a esquerda abraçou sua cintura apertando o corpo de Sakura contra o dele, e a beijou intensamente. Ele estava com tanta saudades da kunoichi, que por ele não se desgrudariam mais, nem por um segundo. E ela não poderia lutar contra aquilo, mesmo querendo afastá-lo, seu corpo não obedecia. Ele se separou dela apenas o suficiente para pegar ela no colo e sentá-la sobre a pia. Sakura segurou nos cabelos prateados de Kakashi, sentiu seu corpo estremecer com a ousadia dele, e se viu entregue novamente a seus beijos. A boca dele era tudo o que ela realmente queria.
   Ele estava ofegante e excitado, seus lábios macios apertados no dela. A língua dos dois se encontravam com fervor enquanto ele passava a mão esquerda em suas coxas. Ela já podia sentir sua calcinha toda molhada quando ele a puxou para a beirada da pia fazendo suas intimidades se encontrarem. A única coisa que ela conseguia pensar era em arrancar logo a calça dele e sentir aquele pau enorme dentro dela. Já estava enlouquecendo.
   Kakashi subiu as mãos e abaixou o vestido tomara que caia da kunoichi, fazendo ela soltar um gemido entre os beijos ardentes que trocavam. Ele sentia os seios dela contra o peito dele, aquilo o estava matando. Foi beijando sua orelha, seu pescoço, passou a língua de baixo para cima voltando a beijá-la. Agarrou o seio esquerdo dela com sua mão direita, e gemeu rouco no ouvido da kunoichi, que virava os olhos de tesão. De certa forma, ela já não sentia mais vergonha dele. Ela só queria ele pra ela e mais nada.
   - Você é tão gostosa. - Disse gemendo com sua voz baixa e rouca no ouvido da garota, que não tinha forças para falar.
   Ele continuou a beijá-la e acariciar seus seios, depois começou a descer novamente o pescoço da kunoichi, mas agora soltou a mão que segurava o seio dela e segurou a garota pelos cabelos, fazendo com que ela arqueasse totalmente a cabeça. A visão que ele tinha agora era perfeita. Aquela boca vermelhinha dos beijos, o pescoço que o convidava a uma mordida, e os seios durinhos de Sakura. Ele abocanhou o seio direito dela, chupando o biquinho, passando a língua. Depois abria a boca e o apanhava quase que por completo. Os dois gemiam de tesão. Já haviam se esquecido de tudo, até de onde estavam. Ele soltou o cabelo dela, passando as mão entre as pernas dela, agora chupando seu seio esquerdo.
   Sakura estava louca por ele, queria logo sentir ele metendo bem gostoso dentro dela, mas não fazia nada. A sensação de ter ele a beijando e sugando seus seios, deixou seu corpo mole de prazer. Kakashi parou de chupar os seios da garota e voltou a beijá-la. Desceu ela da pia do banheiro, e com uma das mãos tirou seu pau duro e pulsante para fora. Levou a mão da kunoichi sobre seu pênis, passando a mão dela mostrando para ela como ele queria que ela o masturbasse. Sakura estava em êxtase sentindo o pau dele latejar em sua mão, queria mais daquilo.
   - Olha como você me deixa louco. - Disse em seu ouvido, mordendo o lóbulo da orelha dela. Sakura gemeu ouvindo aquela voz rouca que a enlouquecia, abriu os olhos sentindo que ia gozar com tudo aquilo. Mas ao fazer isso, levou um choque de realidade ao perceber que ainda estavam ali, no banheiro. E que ela não estava mais com ele, e pior ambos estavam acompanhados.
    Ela rapidamente tirou sua mão do membro duro dele, e espalmou suas mãos contra o peito do ninja, o empurrando para trás. Levantou seu vestido, e ajeitou a parte de baixo do mesmo. Seu rosto vermelho, seus lábios levemente inchados pelos beijos. Kakashi a encarou decepcionado. Se ajeitou assim como ela.
   - O que aconteceu? - Era clara a decepção na voz dele, mas ele tentava manter a calma e parecer normal. Apesar de ainda ofegante.
   - Como assim o que aconteceu? Nós não estamos mais juntos. E você esta com a Mey, e eu vim com o Neji. - Ela estava alvoroçada e sentia seu corpo tremer ao ver que ele se aproximava mais uma vez dela.
   - Sakura, eu não posso suportar ver você com outra pessoa. - Kakashi já não estava conseguindo se conter, passou as mão em seus cabelos, olhando para os lados procurando algo para socar. Mas tentava se controlar a todo custo.
   - Ah... Mas eu sou obrigada a ver você com outra pessoa? - A garota cruzou os braços, estava com raiva, mas não queria parar a discursão. Queria resolver logo aquilo.
   - Será que você não percebe que é você que eu quero? - Falou com a voz firme, se curvando um pouco e apoiando as duas mãos na pia, colando seus narizes com a pouca distancia que havia entre os dois.
   - Como você tem coragem de falar isso? Você ficou com a Mey enquanto estávamos juntos, Você me traiu, se lembra. - Falou tentando ser firme, e até um pouco irônica. Mas a única coisa que realmente conseguiu foi sentir seus olhos lacrimejarem.
   - Eu sei que eu fiz besteira. Mas me da mais uma chance. - Falou sereno e calmo. - Só mais uma chance. - Kakashi fechou os olhos, e abraçou Sakura, que permaneceu imóvel. - Termina com ele. Eu prometo que nunca mais vou fazer você sofrer de novo. - Kakashi falou no ouvido da garota. Estava desesperado por perdão, sabia que  estava sendo um canalha até ali. Mas sabia, também que se ele não se corrigisse perderia a mulher que ele ama pra sempre.
   Ao ouvir as palavras dele, Sakura sentiu seu coração apertar. Queria tanto ouvir aquilo da boca dele, mas agora não sabia bem o que fazer. Tinha medo de serem apenas palavras vazias. Ela fechou os olhos e passou as mãos nos braços dele se afastando um pouco.
   - E quanto a Mey? - Perguntou quase que em um sussurro, encarando ele com os olhos tristes.
   - Eu nunca quis nada com ela. E não quero nada com mulher nenhuma que não seja você.- Falou segurando o rosto dela com uma das mãos, enquanto a outra permanecia na cintura dela.
   - Eu preciso de um tempo pra digerir tudo isso. - A verdade é que Sakura queria ter certeza de que ele não estaria mesmo com Mey, ou com qualquer outra!
   - Por mim tudo bem. Só me prometa que não vai se afastar de mim. - Falou olhando nos olhos dela, e sentindo seus olhos arderem em vontade de chorar. Ele ainda estava se acostumando em ter alguém que significasse tanto para ele. Todo esse sentimento era novo e confuso em sua mente.
   Sakura assentiu, abaixou seus olhos e já ia saindo, quando sentiu ele puxar ela de novo.
   - Só me fala uma coisa, seja sincera. - Disse sério a segurando pelo braço, e ela assustada pelo jeito ameaçador que ele assumiu. - Você dormiu com ele? - Sakura balançou a cabeça lentamente acenando que não, sentindo seu corpo inerte pela pergunta dele.
   - E você...? - Disse baixo e devagar, quase que com medo da resposta.
   - Não. Já disse que a única mulher que eu quero é você. - Ele falou soltando ela lentamente, sem desfazer o contato visual. Ela foi até a porta, a destrancou e foi até onde Neji e Mey estavam conversando e rindo um pouco. Sua cabeça parecia pesar um tonelada. E a música no salão parecia bem mais alta que o normal.
   - Ei tudo bem? - Disse Neji ao ver a kunoichi um pouco pálida.
   - Sim, sim! - Disse dando um sorriso para ele e Mey. Passou a mão no copo que estava no balcão e virou com tudo. Precisava daquilo.
   - Será que a gente pode conversar? - Sentiu seu corpo arrepiar ao ouvir a voz de Kakashi, mas era com Mey que ele estava falando.
      Ele sabia que tinha que fazer a coisa certa. Mas aquilo era tão difícil para ele. Estava acostumado a dormir com uma mulher diferente a cada noite, e logo pela manhã as dispensava. Mas mandar Mey embora seria como abrir mão de vez da sua solteirice. Mas não dava para ter um relacionamento se ele não fizesse isso. Ele levou Mey a um canto afastado do salão.
   - Eu preciso que você preste bastante atenção. - Disse pondo as duas mão em seus bolsos. - A partir de agora, eu quero que você siga seu caminho. Não temos nada em comum, e eu não tenho interesse nenhum em você. - Apesar das palavras, sua voz era suave. - Também não quero que me procure mais.- Mey sentiu-se desesperada ao ouvir aquilo, a noite estava sendo tão boa, ele até tinha abraçado ela, e a tratado bem. Não estava entendendo nada
   - Mas...
   - Não tem mais. Eu quero que você siga sua vida. Um dia você vai encontrar alguém que goste de você. - Colocou as mãos nos ombros dela. - Você tem que procurar alguém que te mereça. Você entendeu? - Perguntou arqueando a sobrancelha. Mas saiu em seguida, sem dar tempo para ela se quer responder.
   Sakura olhou por alguns instantes Kakashi levar Mey para um canto, mas logo sua atenção se voltou para Neji.
   - Podemos ir embora? - Disse sem graça.
   - Sim, é claro! Mas, tem alguma coisa te incomodando?
   - Não. Quero dizer, acho que estou um pouco bêbada. Então... - Disse forçando um sorriso.
   - Ok! Tudo bem! - Mas Neji percebia alguma coisa diferente na garota, tentou se convencer que era algo de sua cabeça.
Os dois saem do salão, e quando passaram por Kakashi e Mey, Neji acenou para ele com a cabeça se despedindo, mas a kunoichi, não teve coragem de encará-los. Caminharam em silêncio por um tempo, e quando Neji foi pegar na mão de Sakura, ela o afastou abruptamente, o assustando pelo ato.
   - O que esta acontecendo? De repente você se fechou de novo. - Perguntou com a voz um pouco alterada e decepção no olhar.
   - Isso é porque o que estamos fazendo não esta certo Neji... - Sentiu seus olhos marejarem. -  Não podemos ficar juntos. E-eu sinto muito. - Sakura despejou rapidamente ao garoto aquelas palavras, deixando lágrimas rolarem de seu rosto, tirando seus sapatos e correndo em direção à sua casa que ainda estava longe dali. Deixou Neji, ali parado, sem entender nada. O rapaz com certeza ficaria arrasado.
   A verdade é que ela disse aquelas coisas no calor da emoção, não queria ter falado aquilo daquela forma. Ainda mais com ele, que estava sendo tão bom e paciente com ela. - Como eu sou idiota! - Sakura estava cheia de dúvidas em seu coração. Não sabia se estava fazendo o certo. Porque pela lógica, Neji com certeza era sua melhor opção. Mas não podia ficar com ele e amar outro. Ao chegar em casa, ela entra, coloca o sapato ao lado da porta, fechando a mesma. Quando acende a luz e se vira para ir pro quarto.
   - O que faz aqui?


Continua...
 


Notas Finais


Carammmba!!! Olha, eu vou ser sincera! Se eu fosse ela não sei se teria tanto auto-controle! Se já esta queimando, que deixe pegar fogo de uma vez! É ou não é?!


É isso aí genteeee! Espero que tenham gostado! Vou aguardar a opinião de vocês!
E não se esqueçam que logo tem história nova! Isso mesmo! Fãs de Itasaku me aguardem!!!!

BJS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...