História (Quase) Todos Os Passos Para Ser Feliz - Imagine Jung Hoseok - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 49
Palavras 1.713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Estou aqui mais uma vez. Pretendia postar esse capítulo só amanhã, mas não consegui me segurar (olha que ele estava pronto desde antes da fanfic ir ao ar).
Eu esqueci de dizer nas notas iniciais do primeiro capítulo que a garota é coreana, diferente da maioria dos imagines, onde ela é brasileira. Mas mesmo assim a s/n tem muito contato com o ocidente e com o Brasil. Claro que isso que não impede vocês de colocarem seus nomes ou darem a ela o nome que quiserem ^^
Outra coisinha, todos os garotos do Bangtan tem a mesma aparência do MV de Save Me, mas o Yoongi está mais para Agust D :P
Lembrando que se acharem algum erro de ortografia, algum trecho sem concordância e/ou incoerente, vocês podem me avisar nos comentários, okay?
Enfim, chega de enrolação e vamos ao capítulo. Espero que gostem.

Capítulo 2 - (Quase) Uma Alma Vazia


Sogang Business School — Novembro, 2016 — Jung Hoseok

Quando Jungkook nos contou sua ideia todos deram risada. Afinal, quem iria querer seguir os dois esquisitões da turma? De acordo com Yoongi, era perda de tempo.

            Mas a verdade é que tanto eu quanto o maknae estávamos curiosos desde que ouvimos, às escondidas, a conversa suspeita entre Park Jimin e _______. Sempre tive certo interesse na dupla, e pelo que sei, Kookie também. Então parecia tentador demais ficar do lado de fora da sala de aula vazia enquanto esses dois conversavam.

            Esse interesse começou há mais ou menos um ano? Não consigo me lembrar com toda certeza. Eu só sei que quando eles atravessaram a porta e sentaram-se em algum canto do fundo da sala, pela primeira vez, me pareceram um pouco diferentes. Claro que ninguém consegue ficar animado numa segunda-feira de manhã com duas aulas seguidas de matemática, mas eles não pareciam entediados ou irritados. Na verdade, nem esboçavam reação.

Ao longo das semanas que passaram, pude constar que _______ parecia sentir-se extremamente incomodada com os uniformes femininos, não me lembro de nenhuma situação em que ela estivesse usando saia. Sempre me perguntei o motivo daquela garota preferir os modelos masculinos do uniforme.

            Yoongi diria que eles eram apenas dois esquisitões. E Namjoon concordaria.

            No ano que seguiu, eu os observei de longe, e aos poucos foi se tornando quase uma obsessão — mesmo com Taehyung dizendo que não existia quase obsessão.

            Certo dia, conseguimos convencer a zeladora a deixar a sala do grêmio e secretária aberta, para darmos uma olhada nas nossas fichas escolares e saber o que cada professor falava de nós. E claro que isso foi ideia do melhor aluno da escola. De quem mais poderia ser?

Lembro-me de revirar os olhos ao saber que a maioria dos professores escreveu algo como “Bom aluno, mas não fica quieto em sala de aula” ou “Deveria parar de conversar com Kim Taehyung e prestar mais atenção”. Decidi ignorar, isso seria problema dos meus pais, ou até da minha irmã, na reunião de fechamento de bimestre.

            E foi aí que avistamos as fichas de Jimin e _______. Pelo que parecia ambos eram de Busan, estudaram juntos desde pequenos e não se desgrudavam de jeito nenhum. _______ era considerada uma garota prodígio, seu QI era tão alto quanto o de Namjoon, e todas as suas fichas da escola anterior falavam que era comunicativa e muito agitada. Coisa que todos nós estranhamos, já que a garota não falava com ninguém e passava o dia com fones de ouvido. Park também tinha o QI acima da média, apresentava um quadro leve de TDAH, não parava quieto e sempre participava das aulas, de acordo com as fichas. Novamente, estranhamos.

            Havia muito mais coisas para serem lidas, mas fomos impedidos por Jin, que escutou passos no corredor. Depois descobrimos que não existiam passos, era apenas um truque do mais velho que sempre tinha que optar pelo seu senso inegável de responsabilidade.

E foi a partir daí que nosso interesse começou a crescer. Jungkook e eu sempre fomos muito curiosos, e Nam começou a ficar inquieto quando o título de “melhor aluno” foi dividido com outra pessoa. Afinal, como alguém que nem aparece na maioria das aulas pode ter notas tão altas?

            E toda aquela curiosidade foi crescendo até chegar a um ponto em que estávamos escutando suas conversas atrás da porta, na parte de fora de uma sala de aula, enquanto todas as pessoas normais estariam indo pra suas casas depois de um dia letivo cansativo.

            Tudo foi confirmado quando os dois faltaram às aulas no dia seguinte, ou seja, hoje. Convencer Yoongi, que já faltaria de qualquer jeito, foi a parte mais difícil do plano do nosso querido maknae. Min preferia passar a manhã toda dormindo a tentar seguir nossos colegas de classe. E isso, claro, não era nenhuma novidade.

            Ele mandou diversas mensagens afirmando que ambos estavam apenas sendo esquisitões juntos, e que a garota até levava uma escova de dente na mochila.

Quando eu pedi para ele ser observador, não esperava que levasse tão a sério.

No finalzinho do dia eles entraram na nossa escola. E como era semana de projetos as aulas acabariam mais cedo no horário da tarde. Os dois conseguiram até desativar o sistema de segurança e as câmeras da escola, e deram jeito de pegar o molho de chaves reserva que sempre ficava guardado na sala da direção. Mas se eles foram espertos ao conseguir as chaves, nós fomos espertos ao abrir o portão dos fundos com dois grampos de cabelo. Mas não me perguntem o motivo de Yoongi levar consigo grampos de cabelo, eu realmente não sei. 

Não acreditamos em tudo que ouvimos quando nos colocamos a escutar, mais uma vez, por trás da porta. Dessa vez era a do terraço.

Quem poderia imaginar que suas vidas eram tão sofridas assim? Eu nunca.

Mas o pior foi quando abrimos de leve a porta e vimos os dois com fones de ouvido, olhos fechados e mãos dadas, prestes a cair. Cair não, se jogar.

Foi tudo tão rápido, vimos um Namjoon e um Jungkook correndo, e logo depois imitamos a ação dos dois. Consegui, juntamente com Yoongi, segurar a garota pelos ombros, enquanto Jeon e Kim puxavam Jimin. Seokjin e Taehyung estavam boquiabertos, mas logo nos ajudaram a trazer os dois para longe da beirada.

Aproveitei para observar a garota que abria seus olhos amendoados em uma expressão furiosa. Seus cabelos eram curtos na altura dos ombros e levemente ondulados, eram negros e com uma mexa azul na frente. Seu rosto era bonito, e apesar de ter olhinhos puxados eles eram enormes, e sua boca era pequena e rosada.

E quando eu vi aqueles olhos, juro que algo dentro de mim se quebrou. Eram tristes, sem brilho. E foi neles que vi toda a angústia, todo o ódio acumulado, toda a falta de esperança de uma pessoa que teve seus sonhos destruídos. Alguém certa vez me disse que nossos olhos são as janelas pra alma, que por mais que tentássemos esconder algum sentimento, eles sempre o revelariam, nem que minimamente, para aqueles que soubessem lê-los. E naquele momento eu tinha entendido o que isso significava. Ao mesmo tempo em que aqueles olhos passavam a impressão de uma alma vazia, mostravam também todo o desespero e a alma lotada de sentimentos ruins por parte de _______.

Mas a garotinha com aparência de boneca de porcelana e olhos tristonhos não estava muito a fim de brincadeira.

            Lembro-me que toda vez que eu tentava uma aproximação, Yoongi atrapalhava e acabava por irritar _______. E pelo jeito ela também lembrava, já que fez questão de balançar os braços freneticamente com o intuito de nos afastar.

— Nós te salvamos da morte e é assim que você retribui? — tanta coisa pro Yoongi falar, ou melhor, nem falar, e o loiro vem com uma dessas...

— E quem, caralhos, pediu sua ajuda? — a garota fez questão de retrucar.

            Devemos sempre pensar antes de começar uma discussão com essa garota, porque eu nunca tinha visto alguém com tantas respostas na ponta da língua. E nem capaz de deixar Yoongi sem palavras, mas foi isso o que aconteceu depois de cinco minutos de briga entre os dois.

— Acho que ninguém quer carregar o fardo de ver alguém morrendo e não ter feito nada. — eu resolvi me pronunciar.

— Talvez se vocês não fossem tão curiosos não precisassem lidar com isso. — Park Jimin deu de ombros.

Ele estava certo, não poderíamos negar. Mas infelizmente a curiosidade é um aspecto de nossas personalidades.

— Ei, Jimin, vamos pra casa. — ______ calçou seu par de tênis caros, e Jimin fez o mesmo com seus All Stars velhos; ambos pegaram as cartas, dobraram e guardaram em seus casacos.

— Espera aí, vocês dois iam mesmo fazer isso? — Taehyung indagou. — Iam mesmo desistir de tudo?

— Nós? — o moreno lançou pra nós o olhar mais vazio que tinha, acompanhado por _______. E foi como se os dois pudessem ler nossas almas. — Nós já desistimos há tempos.

— Se vocês passassem por tudo que nós passamos já teriam se matado. — _______ lançou seu sorriso mais irônico.

— É, muito provavelmente. — concordei.

— Mas deixa a gente tentar. — foi a vez de Jungkook falar. E pudemos observar o grande ponto de interrogação pairando pelo rosto dos dois. — Deixa a gente tentar mostrar que vocês ainda podem alcançar a felicidade. — o maknae pediu com seus olhos pidões, juro que por um segundo Jimin estremeceu, mas voltou à sua expressão vazia muito rapidamente.

Os dois se encararam, e o ar ficou tão denso que quase era palpável. Eles conversavam sem transmitir nenhum som, e isso era muito interessante.

— Não acho que seja uma boa ideia. — a garota admitiu.

— Ah, vamos lá! — Tae interferiu. — Vocês não têm nada a perder mesmo. — afirmou com convicção o garoto de cabelos vermelhos.

— É... — Jimin ficou pensativo, olhou para _______ mais uma vez, e a mesma deu de ombros como se não se importasse. — Acho que podemos tentar.

E assim os dois desceram as escadas, acompanhados por nós. O clima estava pesado, e ninguém se atreveu a falar uma palavra. Seokjin achou que era uma boa ideia acompanharmos os dois até suas casas para que não fizessem nehuma besteira no caminho. O mais engraçado é que todos concordaram com esse plano de última hora do nosso querido dongsaeng. Eu acho que ninguém quer carregar nos ombros o peso de não ter conseguido ajudar alguém.

A casa de _______ é a mais perto da escola, se é que podemos chamar essa mansão de “casa”. Deixamos a garota ali e, por pedido de Jimin, esperamos alguns minutos. Logo um diálogo nada amigável começara, e Park parecia prestar muita atenção.

— Oi querida. Como foi o dia? — a voz parecia ser de uma mulher mais velha, e era ríspida.

Ah, eu quase morri, mais uma vez. — e a voz de _______ era debochada.

— Nossa, que pena que ficou no quase. — uma risada cínica pode ser ouvida.

— É, nisso nós temos que concordar.

Seokjin tinha os olhos arregalados. Na verdade, acho que todos nós estávamos surpresos. Taehyng virou-se para Park e perguntou se era sempre assim, e o mesmo respondeu que com o tempo nós nos acostumaríamos.

Mas ele estava errado. Acho que não nunca me acostumaria com isso. 


Notas Finais


Foi isso, espero realmente que tenham gostado.
___
Se alguém não souber o que é TDAH eu vou explicar: Transtorno de Deficit de Atenção e hiperatividade. Eu tenho, e é tipo quando eu tenho uma ideia e começo a andar pela casa enquanto desenvolvo essa ideia , ou quando eu estou parada sem estar, de fato, parada (mexendo as mãos, batucando com os lápis, batendo as unhas na mesa, etc)
Agora que eu consegui organizar direitinho as minhas redes sociais, vou passá-las pra vocês.
___
Skype: Nick Bultaoreune/Nick Error 404 (tenho duas contas)
Nyah!: NerdCrazzy
Kakao: NickBultaoreune
___
Eu até passaria o meu insta e o meu Twitter, mas eu quase não uso (na verdade, eu nem sei usar, me julguem XD).
Enfim, foi só isso mesmo.
Beijos, até o próximo. (Que não vai ser postado amanhã, porque eu me forcei a parar de escrever pra ele não ficar pronto hoje XD)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...