História Quatro amigas e um segredo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Romance, Suspense
Exibições 19
Palavras 526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Agora esta aí um cap de verdade os anteriores eram as apresentações.
espero que gostem.

Capítulo 8 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Quatro amigas e um segredo - Capítulo 8 - Capítulo 1

P.O.V Charlotte

Sabe aquele momento que você sabe que está atrasada mas não quer levantar da cama? Pois é, estou assim agora. Tenho que levantar agora se não vou me atrasar mais ainda e eu tenho certeza que minha mãe não vai ficar nada feliz.

Me levantei com a maior preguiça do mundo e comecei a me arrumar. Estou indo morar nos EUA e estou com medo enorme até porque nunca viajei para um lugar tão longe assim e muito menos de avião, mas graças a Deus as minhas melhores amigas estão indo comigo se não, não saberia o que fazer.

Coloco uma camisa grande, um short meio curto e um tênis bem ferrado. Faço minhas higienes pessoais e abro a porta do quarto esperando aquela bronca por ter demorado, porém isso não acontece.

- Estranho... Será que...

- Eu não acredito que você não está pronta. Charlotte quantas vezes eu tenho que repetir? Hein? Me fala.

- Mãe eu já estava indo... ( tento dar uma desculpa mesmo sabendo que não vai dar muito certo.)

- Eu não quero saber. Não quero nem imaginar como vai ser lá nessa escola. Se tiver reclamações sobre a senhorita, saiba que eu faço você voltar no primeiro avião. Entendeu?

Minha mãe sempre foi muito protetora  e agora que eu vou morar a Quilômetros de distância dela, nem imagino.

- Sim mãe, você já falou isso não sei quantas vezes (bufo e reviro os olhos).

 
##########################

Desço a escada e vou direto á cozinha, quando sou surpreendida por braços fortes que me cercam.

- Pai, você me assustou. (o abraço o mais forte possível me lembrando que não irei sentir esse cheiro todos os dias.)

- Oi princesa. Como você está? ( ele me da um beijo ) Acordou bem?

- Sim e estou morrendo de fome. (nesse momento minha barriga faz um barulho esquisito)

- Então vamos comer logo, se não pode sair um monstro daí. ( caminhamos para a cozinha rindo bastante da piada sem graça do meu pai.)

##########################

- Vamos Charlotte já estamos atrasadas. ( minha mãe me grita do carro).
- Papai. ( já estou com lágrimas nos olhos.) Eu te amo.

- Também te amo minha princesa. ( disse beijando minha testa.) Se divirta bastante e não se esqueça de mandar mensagens, ok?

- Tudo bem, mandarei mensagens todos os dias. ( digo o abraçando muito forte). Agora tenho que ir, se não a mamãe fica furiosa.(sorrio e o mesmo me acompanha) Te amo pai.

- Te amo minha filha. Se cuida e boa viagem.

- Obrigada. ( quando olho para trás me vem memórias tão boas que não consigo conter as lágrimas.)

Entro no carro chorando, porque vou ficar com muitas saudades do meu pai, da casa, dos vizinhos barulhentos, do cheiro da comida da mamãe, de tudo.

Minha mãe dá  partida no carro e seguimos em direção a casa da Alyssa. Sinto que vai acontecer uma coisa muito boa, só não sei o que é. Coloco meus fones de ouvido e dou play  na música Roots do Imagine Dragons e sigo pensando no que será que irá acontecer daqui pra frente.


Notas Finais


As roupas que elas usam vão esta sempre na foto do cap
xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...