História Quatro de Julho


Escrita por: ~


Sinopse:
"Taeyeon vivia o ano letivo com ansiedade, à espera das tão amadas férias de verão, quando poderia viajar para a casa da amiga. A vida na Coreia não era tão boa, divertida e proveitosa, porque não havia Mi-Young. As coleguinhas da escola não eram tão boas quanto Mi-Young. Ainda que gostasse bastante de Yuri, Hyoyeon e Sooyoung, as coisas não eram as mesmas. As experiências compartilhadas, as risadas, os sorvetes de casquinha. Nada era igual como quando estava com Mi-Young."
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Girls' Generation
Personagens Taeyeon, Tiffany
Tags Taeny
Exibições 108
Comentários 3
Palavras 1.742
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Quatro de Julho
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
A mão por baixo da minha
3
108
1.742

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~CarolAkiyama
Capítulo 1 - A mão por baixo da minha
Usuário: ~CarolAkiyama
Usuário
Eu só passei pra dizer que... NÃO SEI, TO CHOROSA AIN

Calma, vamos do começo :'D

Eu já tinha lido essa OS da última vez que você postou e agora eu tive que ler de novo (por motivos óbvios). Eu ia comentar da última vez, mas você excluiu antes que eu tivesse a chance, mas agora, vamos lá~

Achei a coisa toda verídica, porém bastante triste. Do meu ponto de vista é um tutorial de "como não fazer". Acredito que se Taeyeon tivesse conversado sobre isso, tudo se resolveria mais facilmente. Mesmo que Mi-Young não a entendesse, ou achasse seus sentimentos exagerados. Porque se eu fosse a Taeyeon, aos setenta e poucos anos, eu sentiria arrependimento por nunca ter falado sobre o que eu sentia, sobre as sensações que me levaram ao afastamento. Acho que a vida é muito curta para não sermos honestas e perdermos a chance de recuperar uma felicidade que, na juventude, parecia perdida. Talvez esse pensamento não seja a sua ideia quando começou a escrever isso, mas para mim, foi o que ficou.

Então, eu digo que não importa quantos anos passem, quantas pessoas entrem em nossas vidas, ou o quão diferentes a gente se torne no futuro (apesar de eu achar essa última parte praticamente impossível). Eu sempre vou estar lá com você, e você sempre vai poder contar com a minha honestidade. Talvez pareça egoísta, mas eu nunca deixaria você se afastar e nunca me afastaria de você. Desculpe, meu amor, mas uma vez comigo, sempre comigo heuheueheuehue

Enfim~
Muito obrigada pelo presente, e por igualmente me fazer sobreviver nesses últimos meses. De verdade, sou muito grata a você :3 I love you, twin <3

PS: Será que eu já disse que tu escreve muito bem? Mds, como pode? Eu não consigo deixar de ter orgulho sempre que leio o que você escreve. Dá vontade de sair batendo nas casas, mostrando suas fic pras pessoas e falar "Tá vendo? Essa menina que escreveu isso, é minha gêmea. Tenho sorte, né?"