Hist√≥ria Corpos Quentes ūüĒ• - Cap√≠tulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Sehun, Tao, Xiumin
Tags Colegial, Exo, Romance, Sexo
Exibi√ß√Ķes 32
Palavras 646
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooooooiiii... espero que gostem.😀
Mudei algumas coisas no primeiro cap... então quem não sabe volta la antes de ler aqui 👍😀😀😀😊

Capítulo 2 - Sinceramente


Fanfic / Fanfiction Corpos Quentes 🔥 - Cap√≠tulo 2 - Sinceramente

La está eu ___, com um vestido azul com um salto preto sentada, no casamento da minha mãe com o senhor Lee, que em meia meia hora olha pra mim e sorrir *Como se eu fosse sorrir de volta* pensei. Tinha uma grande quantidade de coreanos por todos os lados, eu ja estava sufocada de ver tantas pessoas sorrindo.

- Aff, como uma pessoa  pode trazer toda a Coreia pra um casamento? - a raiva estava no meu olhar e só crescia, até me dar por vencida.

Todos dançavam músicas agitadas, me aconcheguei na cadeira e suspirei.

- Ele deve ser bem rico ne? - perguntou Susy minha melhor amiga se sentando ao meu lado com um copo de vodka.

- Me dá isso aqui. - peguei o copo da mão dela é logo o virei de uma so vez. - Eu realmente preciso de mais. - falei olhando pra ela quase como um pedido, pegue pra mim por favor.

- Nem pense em dar piti aqui hein! - ela pegou o copo da minha mão me dando um tapinha.

- Aiiii. - gritei. - TA ENTÃO SAI DAQUI POR FAVOR. - falei fitando ela com os olhos.

- Cale a boca. - ela apontou com a cabeça para um menino que vinha em minha direção. - Parece que você chamou a atenção de um coreano. - disse ela levantando os ombros e rindo.

O homem coreano de terno preto vinha em minha direção com passos longos, quase que apressando o passo. Quando chegou em minha frente ele parou.

- Olá. - pudi ver seus longos braços  parados em minha frente - Me da a honra? - disse em inglês o jovem homem em minha frente levantando a mão.

Subir o olhar que antes estavam nos braços agora parando  no rosto do homem com olhos levemente puxados.

- O que ele falou? - pergou Susy com uma cara de cunfusa.

- Ele me chamou pra dançar tonta. - as vezes eu esqueço que Susy so entende love em ingles. 

Voltei a olhar pra ele, e ele ainda esperava a resposta me olhando calmamente como se podesse esperar o resto da noite.

- aan, por que não? - disse a ele o encarando e dando a mão a ele.

Olhei pra Susy que susurrou um "vai com tudo", ri soprado e levantei ainda segurando a mão  dele que me conduziu até o meio da festa, e mesmo sendo formal dançamos música eletrônica, até ele quebrar o silêncio.

- Desculpe por não ter me apresentado antes. - Ele falou pegando novamente na minha mão. - Me chamo Sehun, prazer. - Ele beijou minha mão e esperou eu me aprensentar.

- Você gosta mesmo de uma mão ne? - dei um riso soprado e ele por um instante me encarou ainda segurando minha mão. - Me chamo ___, o "prazer" é todo meu. - disse a ele ja ironizando.

Ele sorriu de lado e soltou minha mão gentilmente, olhou pra o meu pescoço e juro que vi o olho dele arregalar. Nem me dei o trabalho de pergunta o porque.

Derrepende a música mudou para Ed Sheeran - Thinking Out Loud, e os noivos foram para o centro e começaram a dançar , logo todos estavam dançando, o Sehun fez um sinal me chamando para dançar, dei um passo pra trás, mas ele segurou meu braço e minha mãe me olhou sorridente me chamando.

- Vamos.- disse Sehun me levando segurando em meu braço.

- Não gosto desse tipo de música. - falei rindo sem graça tentando convence - lo. - Não é  meu estilo. - completei me virando e ficando de costas pra ele quando ele passou uma mão em minha cintura e agora me puxava contra seu corpo andando pra trás as cegas.

- Não se preucupe, é fácil. - ele me virou segurou meus braços e os botou em volta de seu pescoço. - Siga  meus passos. - Ele me conduziu com as mãos em minha cintura.


Notas Finais


Gente quero botar uns personagem a mais( sim eles não aprecerem ainda, mas no 4 cap já vão está la) preciso que vocês me falem quais vocês querem ver na historia. 👐😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...