História Que Caminho Eu Devo Seguir?-Gastina - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Gastina
Visualizações 56
Palavras 632
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi!
Tudo bem??
#Voltei!!
BOA LEITURA!!!

Capítulo 33 - Capítulo 32-Me muero por dentro...


Fanfic / Fanfiction Que Caminho Eu Devo Seguir?-Gastina - Capítulo 33 - Capítulo 32-Me muero por dentro...

No Dia Seguinte, no colégio...

Com Nina...

Eu e Matteo já estávamos no colégio, era cedo, não tinha quase ninguém no colégio.

Matteo estava conversando com Nico e eu estava fazendo nada... Então lembrei! Porque será que o Gastón não me atendeu?

Pelo jeito que ele é, ele deve ter ficado com uma garota!

Fico olhando para a porta do colégio ainda sem fazer nada...

Até que vejo Gastón, ele me vê e começa a se dirigir até mim e eu também começo a andar até ele.

Seu rosto estava sério, bravo...

Será que eu fiz algo? O que? Não, eu que fiquei ligando para ele um monte de vezes e ele que vai querer fazer drama! Por Deus!

-Por que não me atendeu?! – Dissemos juntos, quando chegamos  perto um do outro – O  que?! – Continuamos falando juntos – Eu que te liguei! – Isso já está irritando!

-Deixa eu falar! – Exclama Gastón e eu cruzo os braços e não olho para ele

-Vai fala!

-Eu vi que você me ligou então eu tentei te ligar de volta! E você – diz aumentando o tom de voz no “você” – não me atendeu! Porque? – não respondo, que raiva Gastón! – Estava com outro garoto? – Sua pergunta pareceu mais uma afirmação do que uma pergunta

-Sim! E esse garoto é o meu irmão! – Digo meio que zombando com a cara dele

-Não me provoque Nina!

-Eu? – Solto um suspiro como se não sei de nada - Te provocando? Não, não!

-Nina... – Ele grunhe entre dentes

-E você! Não me atendeu porque? Estava com uma garota.

-Nina...!

-Nina nada Gastón!

-Eu não estava com nenhuma garota!

-Sério? – Digo sarcástica

-Acredite em mim!

-Porque?

-Por que eu estou dizendo a verdade!

-Eu também estou! E você também não acredita em mim!

-É diferente!

-Gastón, eu te conheço! Você não é nenhum santo!

-E você tão pouco!

-Ah!... – Abro a boca para falar mas ele me interrompe

-Deixa de ser marrenta pelo menos uma vez na vida!

-E se eu não quiser?!

-Vai acabar sem ninguém! Inclusive eu!

-Tudo bem! Melhor sozinha do que mal acompanhada!

-Você está terminando comigo?

-Sim.

-Mas...! – Ele engasga com as palavras – Tudo bem! – Diz firme

-Ótimo! – Digo séria, minha voz não vacila nenhuma vez

Mas na verdade, estou morrendo por dentro...

-Ótimo! – Ele responde da mesma forma

Viro as costas e começo a caminhar, para esconder uma lágrima silenciosa...

Mais tarde, no Roller

Com Matteo...

Eu estava no Roller, para ser mais exato eu estava na lanchonete, tomando um suco de maçã.

-Mauricinho! – Grita Luna vindo até mim

-Oi, menina delivery! – Digo quando ela se senta junto comigo

-Tudo bem?

-Sim, e você?

-Estou bem!

-Matteo, preciso da sua ajuda! Ou melhor! Sua opinião!

-Ok! Sobre o que?

-Sobre essa letra! – ela me entrega um papel, com uma letra que acredito que seja de uma música:

Ya sé que no hay reglas

Ni en el amor, ni en la amistad

Lo que es muy importante

Es hablarse con honestidad

Por esso hoy te traigo

Unas palavras que regalarte

No soy ningúm poeta

Ni busco impressionarte

Es que me gustas tú uh uh uh uh

Me haces feliz en un segundo

No sé si sea tú luz uh uh uh uh

Pero te veo y me quedo muda

Oh, baby I love you

Yo quiero que te quedes en mi mundo

Y quiero confessarte que aún te conozco poco

Ya te quiero mucho

Mucho, mucho, mucho

-Uau! – Digo e ela sorriu – Você que compôs?

-Sim! Ainda falta terminar!

-Ficou incrível!

-Obrigada!

-Mas, para quem você fez?

-É... Para vo... – Ela é interrompida pelo meu celular tocando

-Desculpe! – Pego o celular e atendo

~Ligação On~

-Oi?

-Filho?

-Oi pai!

-Você pode vir para casa, por favor?

-Sim estou indo! Mas, porque?

-Sua irmã...

-Entendi! Já vou!

~Ligação Off~

 


Notas Finais


Oi! #Voltei!
Obrigada por tudo!
Desculpe qualquer coisa e por ter demorado para postar!
Gostaram??
Continuo??
Coloquem ai nos comentários! #Gastina? #Nitteo #LutteoSim ou #LutteoNão?
Abraço a todos!
Nunca deixem de sorrir!!
~Mare


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...