História Que comece a aventura - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 20
Palavras 716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS


Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leituraaaaaaaa

Capítulo 2 - Preciso de um trabalho


Fanfic / Fanfiction Que comece a aventura - Capítulo 2 - Preciso de um trabalho

Chegando em casa, me deparei com meu pai caído no chão,estava tudo revirado praticamente de ponta cabeça( n eu n vou arrumar tudo isso... n enlouqueci ainda).Dei meia volta e sai novamente, fiquei sentada em frente a minha casa e chamei n/a no chat.

< chat on >

eu: o q vc ta fazendo ?

a: nada, só vendo filmes e vc ?

eu: estou na calçada de casa 

a: fazendo o q ai ?

eu: fugindo da bagunça do meu " pai '' e dele 

a: vc n gosta msm dele neh 

eu: nem um pouco 

a: quer ir na praça ?

eu: pode ser 

a: só vou prender meu cabelo e pegar minha bike, ja passo ai ta 

eu: ta bom até 

a: até 

17:22

Vi ela chegando (olha até q foi rápido, ta eficiente gostei)Subi na bike e fomos em direção a praça.Chegando lá, vi muitos meninos em uma mesa fazendo sabe-se lá o q ( fumando, é fumando ) chamei ela  para ir para outro lugar. Lá perto havia um parque q era um pouquinho mais longe mas era mais seguro.

eu: sério mesmo eu n aguento mais ficar naquela casa com aquele velho louco to pensando seriamente em me mudar 

a: mudar de casa neh?, qualquer coisa fica na minha 

eu: n, mudar de país msm, n quero ele envolvido em brigas com a sua familia 

a: pode para de brincadeira, n precisa mudar de país por causa do seu pai- falou preocupada 

eu: precisa s, do jeio q aquele velho é ele me procura até no inferno, lugar pra onde eu quero q ele vá e n saia mais de lá 

a: credo n fala uma coisa dessas   

eu: fazer o q, ninguém mandou ser idiota, n ligo mais pra ele. Se vc puder falar com sua mãe pra ver se ela me ajuda com um trabalho eu agradeço.

a: vou ver o q eu posso fazer,mais saiba q eu n to nada de acordo com essa sua decisão 

eu: tudo bem, obg 

a: vamos já está tarde

eu: ta bom, posso ficar na sua casa 

a: n

eu: nossa sua r... - n deixou eu terminar minha frase 

a: claro q pode sua besta-falou rindo 

eu: besta é você 

Apostamos corrida até chegar na casa dela (cansei) pra varear só um pouquinho eu ganhei de novo (lerda pra crlh ) chegamos e guardamos as bikes, bebemos um copão de água (deu muita cede ) .Tomamos banho, jatamos e eu subi para arrumar meu colchão enquanto n/a falava com a mãe dela sobre o trabalho.A conversa demorou tanto q deu tempo de escrever no meu caderno sobre o que iria acontecer 

< caderno aberto>

" Eu não sei para onde vou e não sei como vou, só sei o motivo, meu pai, nem sei se eu posso mais chama-lo assim. Minha amiga? vai ficar, n quero q ela sofra ou deixe sua família por minha culpa, nem sei pq estou escrevendo isto, n sei se ela teria coragem de ir comigo, enfim n quero mais sofrer por causa dele, por q ela se foi minha mãe n podia ter ido tão cedo, foi um choque e tanto. Dps disso nunca mais eu tive uma família feliz se n fosse pela n/a eu n sei o q eu estaria fazendo hj , talvez o mesmo caminho do meu '"pai"n quero pensar mais nisto, está é a ultima vez que escrevo dele"

<caderno fechado >

Ouvi ela subindo as escadas, guardei meu caderno e deitei no meu colchão. Novamente assistimos séries até o outro dia mais desta vez fomos dormir um poco mais cedo, tipo umas 2:00 por ai.

segunda-feira 10:53

a: ACORDAAAAAAAAA- falou gritando 

~ vo mete um tapa na cara dessa menina, ela vai para na china 

eu: JÁ ACORDEI-gritei mais q ela - que foi ?

a: minha mãe consegui um emprego pra  vc no café dela 

eu: mintira 

a: sério 

gritamos ao msm tempo

a: ela falou que vc começa amanhã as oito e seu salario ela vai falar com vc dps 

eu: ta bom obg 

~que bom que ela conseguiu, q alivio, to muito feliiiiz, mais e agora? pra qual pais eu vou ? só sei falar pt, melhor eu arranjar um curso de inglês e rápido.....

 


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...