História Que Hay Detrás (Camren) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Alexa Ferrer, Keana Marie, Lucy Vives, Vero Iglesias
Exibições 92
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey... Chegay.. Fim de ano o tempo diminui graças aos problemas na escola mas eu voltei

Capítulo 10 - Planejando o Futuro


Fanfic / Fanfiction Que Hay Detrás (Camren) - Capítulo 10 - Planejando o Futuro

Pov' Lauren Jauregui

—Após sair da Clínica eu fui pra minha antiga casa, com a Ally. Eu precisava conversar com os pais da Camila mas decidi deixar pra noite, afinal eu estava cansada ainda, então depois de comer e tomar bando eu dormi a tarde toda acordando só pela noite graças ao Louis. —

[…]

Já na casa dos Cabello's um certo nervosismo me atingia mas eu tentei manter a calma e em seguida Alejandro estava sentado a minha frente. —

Alejandro: Lauren...

Lauren: Senhor Alejandro..

Alejandro: Só Alejandro, por favor

Lauren: Tudo bem. Já deve saber porque estou aqui!

Alejandro: Camila.

Lauren: É. Quero começar me desculpando pelo que causei a sua familia. Estou completamente arrependida.

Alejandro: Ela acordou várias noites chorando e gritando seu nome, Lauren. Isso é extremamente triste e preocupante pra um pai.

Lauren: Eu posso imaginar. Eu fui completamente tola. Ela não teve culpa em nada.

Alejandro: Drogas foram opção dela

Lauren: São consequências. As vezes de momentos difíceis

Alejandro: Já usou drogas, por seus momentos difíceis?

Lauren: Nunca

Alejandro: E então?

–Ele cruzou os braços me olhando—

Lauren: Mais tentei me matar. Oque é pior, uma filha que use drogas ou a segunda filha morta?

Alejandro: Eu não quero perdê-la também.. Por isso ela está lá

Lauren: Você não vai. Estou aqui pra mudar isso

Alejandro: Oque garante que não vai sumir e abandoná-la de novo?

Lauren: Estou dando minha palavra. Já aceitei que a amo.

Alejandro: Eu vou confiar em sua palavra.

Lauren: Muito obrigado.

Alejandro: Porém! Ela necessita passar mais um tempo lá, até que seu sangue esteja ao menos com uma parte limpa.

Lauren: isso demora?

Alejandro: Mais um mês ao menos.

Lauren: Tudo bem. Depois disso vai tirá-la de lá?

Alejandro: Se estiver mesmo disposta a ajudar ela, sim.

Lauren: Eu estou!

Alejandro: Tudo bem então

–Eu sorri fraco e ele apertou minha mão selando nosso acordo.—

[…]

—Era por volta de 14:10 quando cheguei a clínica, eu passaria a tarde lá com a Camila. Já na porta do seu quarto avistei ela sentada na cama encarando as próprias mãos, parecia um pouco triste oque fez meu coração doer. Então eu bati na porta voltando a atenção dela a mim. —

Camila: Loloo

—Ela sorriu de forma larga pra mim e foi impossível eu não fazer o mesmo—

Lauren: Oi! —Sorri— Posso entrar??

Camila: Claro... Eu achei que não viria mais

Lauren: Ah desculpa a demora, eu precisei acertar algumas coisas aqui em Miami. Não queria dar trabalho a Ally

—Eu disse enquanto guiava a cadeira de rodas até a cama dela–

Camila: Tudo bem eu entendo... Senti saudades!

—Logo ela estava em meu colo abraçada ao meu corpo como uma criança indefesa e eu aproveitei pra acariciar os cabelos dela. —

Lauren: Eu também senti, muita. Mas isso vai acabar em um mês.

Camila: Um mês? —Olhei ela— Jura?

Lauren: Se seu pai cumprir com a parte dele do combinado sim, pequena. Vamos ficar o tempo todo juntas

Camila: Eu quero muito isso

Lauren: Bom.. Enquanto esse um mês não passa eu trouxe coisas pra te distrair... Só não sei se vai gostar —Ri—

Camila: Oque??

Lauren: Livros do Harry Potter, Um violão porque descobri que você toca —Sorri— muitas folhas pra desenharmos já que vou passar talvez todas as tardes aqui. Uh é claro um celular pra você conversar comigo pela noite..

Camila: Sério? —Sorri— trouxe fone né? –Ri—

Lauren: Hurum, e um cartão de memória com algumas músicas que eu gosto já que eu não sei ao certo seu gosto —Ri—

Camila: Com Rock's que você gosta né? Kkk

Lauren: Ou eu não curto só Rock não —Ri— Tem Lana Del Rey, Christina Aguilera, Justin Timberlake, Bruno Mars

Camila: Aah, tem muito bom gosto —Ri abraçando o pescoço dela— Lolo?

—Ela me chamou de forma baixa—

Lauren: Oi Camz..

Camila: O tratamento dura 180 dias, pra receber alta é necessário cumprir todo esse estágio

Lauren: Você vai quebrar o contrato por desistência, e então vai escrever uma carta relatando tudo. O psicólogo e um conselheiro vão conversar com você e saber se deseja mesmo sair. Se você dizer sim eles não tem mais oque fazer e estará livre. Mas eu tenho medo da suas crises de abstinência. Mas Eu também tenho crises, e vamos enfrentar juntas

Camila: Eu prometo ser o mais forte o possível, por você

Lauren: Obrigado —Sorri— vai ficar longe do Gustavo não é!?

Camila: Hã.. É.. Você quer que eu faça isso?

Lauren: Sim. É importante

Camila: Tudo bem então, tudo por você!

–Eu sorri aliviada ouvindo aquilo—

Lauren: Quer dar uma volta no jardim que tem lá fora?

Camila: Claro —Sorri—

—Ela fez questão de empurrar minha cadeira enquanto passávamos pelos corredores daquele imenso lugar. —

Camila: E a fisioterapia?

Lauren: Eu vou precisar de outro fisioterapeuta. Liam viria pra Miami me acompanhar mais descobriu que vai ser pai então ele ficará por lá mesmo

Camila: Falta muito pra você andar?

Lauren: Acredito que não, é só questão de alguns exercícios pra fortalecer a musculatura do joelho e hidroginástica

Camila: Quando for contratar... Pode ser um homem?

–Ela me olhou com medo da minha resposta. Seria ciúmes de saber que estaria em uma piscina com uma mulher? Bem, na verdade eu sentiria também em imaginar ela com um homem em meu lugar então...—

Lauren: Claro que posso –Sorri—

Camila: Obrigado –Sorri— Aquele banco está bom pra você? —Apontei um mais distante onde o sol parecia mais fraco–

Lauren: Não precisa agradecer amor. Claro que sim!

–Ela sorriu e logo estávamos lá. Eu sai da cadeira me sentando no banco e ela sentou ao meu lado me olhando.. —

Camila: Quais seus planos?

Lauren: Não sei bem, mas quando tiver você vai estar em cada um

Camila: Te amo!

—Eu sorri e aproximei minha mão que estava sobre o banco tocando a dela que sorriu me olhando. —

Lauren:  Eu também te amo! Quero construir meu futuro com você ao lado, oque acha da faculdade?

Camila: Acho algo Maravilhoso —Sorri— Poderíamos estudar a mesma coisa

Lauren: Siim. Quer fazer qual?

Camila: Design Gráfico?

Lauren: A Senhorita quer desenhar é? —Sorri—

Camila: Eu quero oque você quer. Eu sei quanto gosta e leva jeito, eu sei desenhar, não tão bem quanto você mas vamos trabalhar nisso

—Ela sorriu daquela forma linda de sempre me mostrando que tudo que eu precisava na vida era ela. Somente ela Camila Cabello. —

Lauren: Sabe que não necessita de tanto esforço por mim —Sorri— bom, quer fazer em Miami mesmo?

Camila: Uh, não sei. Acha que as meninas vão pra qual faculdade?

Lauren: Não sei. Podemos conversar com elas mais particularmente acho a Royal College of Art em London na Inglaterra maravilhosa, claro que amo outras também —Ri—

Camila: Quais?

Lauren: Uh Camberwell College of Arts, no sul de Londres e The Slade School of Fine Art no Centro de Londres.. Que oferece vários outros cursos onde as meninas podem estudar também

Camila: Eu não sei se tenho dinheiro pra morar fora —Ri—

Lauren: Oque é meu é seu, não se preocupe. Eu gosto de gastar dinheiro então está na hora de ser com coisa importante —Sorri—

Camila: Lauren!

Lauren: Por favor —Fiz carinha fofa—

Camila: Tudo bem —Sorri— você sempre ganha

Lauren: Eu gosto disso

—Segurei o rosto dela rindo e então nos beijamos de forma calma. As mãos delicadas dela acariciavam o meu rosto o tempo todo enquanto eu sentia um imenso frio na barriga. Sinal de que o amor só crescia e meu futuro começava a ser planejado com ela. –

Camila: Eu te amo

Lauren: Eu te amo mais

–Sorrimos uma para outra e ela levantou me olhando—

Camila: Não, eu que amo mais. Quem chegar por último é mulher do Padre

Lauren: Eu chegar por último não é tão ruim. Ao menos você não vai ser mulher dele e eu posso trair o Padre com você.

— Ela sorriu começando a correr e eu sentei na cadeira ligando e indo atrás dela enquanto ela gargalhava do que eu falei... —


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...