História Queen Complex. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Personagens Originais, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Visualizações 37
Palavras 1.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Problem?




Jessica



Já estavamos na Carruagem a caminho do Palácio novamente. Dessa vez, Yuri guiava com JongIn lhe fazendo companhia e eu estava atrás com a pequena que já estava quase dormindo.


Confesso que não queria estar voltando agora, os últimos dois dias foram muito bons. Conheci mais de Yuri e ela de mim. Não sei como ficará nossa "relação" no Palácio.


Distraída com meus pensamentos, não notei que SooYoung havia pego no sono e dormia tranquilamente no meu colo. Apesar de ser uma criança bem agitada, ela é muito dócil e gosta de ter atenção, é uma criança Incrível.


Avisei a eles que SooYoung havia dormido, e eles pararam a carruagem para eu poder arruma-la na sua "cama".


- Vossa Majestade, posso fazer companhia a SooYoung? - JongIn disse assim que eu arrumei a menor na cama.


- Pode sim, mas porquê JongIn? - ela respondeu curiosa.


- Estou um pouco cansado.. o treino foi pesado, Majestade. - disse esticando o corpo devagar. 


- Tudo bem, Jessica vem pra frente então? - perguntou por fim assim que ele entrou atrás. Ele assentiu e eu entrei, me sentando ao seu lado.


Olhei pra trás, JongIn tinha um sorriso travesso no rosto. Ele é demais. Ele se ajeitou na Carruagem, fazendo sinal pra que eu fechasse a cortina que nos dividia. Sorri e fez o que ele havia mandado.


Depois de alguns minutos, eu fiquei a observando demais e a mesma notou isso passando a me observar também.


Pus minha cabeça em seu ombro, fazendo a mesma sorri. Não precisava dizer nada, se ela estivesse ali.




Depois de um bom tempo, ela avisou que tínhamos chego. Fazendo JongIn e SooYoung acordarem. A menor saiu correndo entrando no Palácio sendo abraçada pela Princesa. Quando ia seguir a menor, suas mãos me seguraram e ela me pediu sussurrando pra que eu fosse pra parte de trás da Carruagem, eu apenas obedeci. Ela disse algumas palavras com JongIn e o mesmo saiu. Nos deixando a sós. Ela fechou a porta e entrou.


- Hum.. Jessica. Quero que me ouça por favor. Não quero que finja que somos apenas "Majestade" e "serviçal" pode me chamar de Yuri. Me trate como me tratou nessa viagem. Menos, quando tiver muitas serviçais. Eu não vou mudar com você. Eu quero mesmo mais pra frente te chamar de minha. Eu quero me aproximar de sua família, conhece-los melhor, quando você quiser, quero que possamos almoçar, jantar, não sei, todos juntos. Não quero mandar em você, quero que faça as coisas porque você quer. Não quero uma serviçal, quero uma mulher tudo bem? E pensei muito.. vamos ficar com a criança de HyoYeon, assim que eu puder irei procurar a criança. Tudo bem? - ela disse tudo calmamente olhando em meus olhos e eu concordei sorrindo. Ela me beijou com carinho e abriu a porta pra eu sair. 



Yuri



Assim que vi que Jessica havia entrado, eu saí da Carruagem, e fui recebido pelos serviçais me cumprimentando, na porta do Palácio, estava Yoona, Seohyun, Victória e Tiffany.


- Minha irmã, você voltou! Estranhei seu atraso pra voltar. - disse Yoona me abraçando. - depois vamos conversar. - sussurou para que só eu ouvisse. Eu apenas assenti.


- Seohyun, Yoona deu muito trabalho? Deixou o Palácio de cabeça para baixo? - disse sendo divertida para Seohyun perder um pouco da vergonha. Seohyun acabou rindo quando Yoona indignada bateu em meu braço.


- BABY, aproveitou sua viagem? Yoona quase queimou o Palácio. - Victória me abraçou forte e seguiu minha brincadeira. Yoona olhou de cara feia pra mesma fazendo todas rirem. 


Assim que me soltei do abraço de Yoona, Tiffany me olhava de uma maneira curiosa. Apenas ignorei e a abracei.


- Senti sua falta, Kwon. - disse sugestiva.


- Eu também, ruiva. - sorri animada e tratei de entrar logo, sei onde ela quer chegar.



- Vamos a sala Real, Yoona. Por favor. - disse e ela me seguiu enquanto as outras meninas foram fazer outras coisas.


- O que foi, Yuri? - disse assim que nos sentamos.


- Quero saber onde está o filho, ou filha de HyoYeon.


- É o que? - perguntou incrédula.


- Isso mesmo que você ouviu. Sabe onde está?


- Pelo o que disseram, estava com uma das serviçais do jardim. Mas por que disse Yuri? Vai ficar com a criança? 


- Sim. Exatamente isso. 


- Você é incrível, Yuri. Quero ser como você quando for Rainha. - Yoona disse encantada. - Mas, me conta, como foi a viagem? JongIn e Jessica te ajudaram?


- Muito. JongIn é um ótimo rapaz e SooYoung adora Jessica. - Ela sorriu satisfeita. - e Yoona, quero te contar algo. Eu gosto de Jessica. - ela cuspiu sua bebida e me olhou incrédula. - É sério. E eu disse isso a ela. - quanto mais eu falava, mais ela me olhava incrédula. - E concordamos que vamos nos conhecer, pois ela sente o mesmo. 


- ... Oh. - Ela disse depois de alguns minutos em silêncio. - isso.. é... Tudo verdade? - eu assenti. - Me perdoe pela surpresa, é que você passou esses anos fechada para as pessoas, não achava que era possível você se apaixonar de novo. Eu sabia que a Jessica te olhava diferente mas não sabia que era recíproco. fico feliz por você, irmã. Sua felicidade é a minha. - Ela sorriu largamente, demostrando felicidade.


- Obrigada, irmã. Ela é uma jovem incrível.


- Por Isso demorou para voltar? - assenti. - está perdoada. Jessica é uma pessoa legal.


- Falando na mesma tenho algo para resolver com ela, licença. - disse e sai da sala em busca da Jung.



Quando estava a caminho do quarto de SooYoung, que era onde Jessica estava esbarrei com Tiffany.


- Darling, você nem falou direito comigo na entrada. Você ficou dias fora. Estou com saudades... - Disse sugestiva beijando meu rosto. Não queria ter essa conversa agora mas...


- Fany, precisamos conversar. - falei em tom sério, fazendo a mesma me olhar imediatamente. - Então, não podemos mais nos relacionar... sexualmente falando.


- E por que? Não vai me dizer que..


- Sim, eu me apaixonei por alguém. E eu e ela decidimos nos conhecer e sabe que sou Muito respeitadora quando decido isso. Você prometeu que pararíamos de nós relacionar quando uma das duas encontrasse alguém. 


- Wow! Mas não pensei que isso iria acontecer, Yuri... - disse meio perdida. - Mas, tudo bem, sua felicidade é a minha. - repetiu as mesmas frases de Yoona. - Mas se não der certo, sei que você vai voltar pra mim mesmo. - sorriu divertida e eu abracei. E ela seguiu seu caminho.



Abri a porta do quarto de SooYoung, e vi que ela e Jessica estavam brincando. Elas estavam completamente distraída, elas pareciam se dar muito bem. Era fofo demais. Parei para obseva-las até que SooYoung me notou.


- MAMÃE! está aí há muito tempo? - Disse fazendo Jessica e assustar e olhar para mim. Quase ri do seu susto.


- Estou há pouco tempo, Sol. Posso falar com você? - perguntei a Jessica que se levantou e se aproximou de mim.


- Si-- interrompi sua fala dando um selinho demorado. - Está louco, Kwon? Na frente da SooYoung? 


- Ela nem viu.. - disse divertida. - Mas então, descobri onde a criança de HyoYeon está, vamos comigo busca-lo? - disse e ela concordou.


- Só vou entregar SooYoung a Krystal e vamos. - Krystal também se tornou cuidadora de SooYoung.


- Tudo bem te espero lá fora. Até o almoço, Sol. - falei com minha filha que sorriu pra mim. 



Jessica


- Tia Krystal é legal como você, Sica unnie? - SooYoung perguntou assim que saímos de seu quarto.


- É sim, Soo. - respondi divertida. 


- Soo? - uma voz que não me agradava nem um pouco chamou a mais nova que estava no meu colo. Era Tiffany.


- TIPPANY UNNIE! - SooYoung correu pros braços de Tiffany sendo abraçada.


- Oh, querida, quer pegar um doce nas coisas da Unnie aqui? - a menor assentiu com a cabeça. - Vai lá no meu quarto, sua serviçal estará te esperando. - ela queria me provocar. Assim que SooYoung saiu correndo, ela se aproximou em passos largos de mim.


- Se afaste de Yuri, sua bastarda! Você não passa de uma serviçal! - Disse completamente alterada, seus olhos transmitiam ódio e aquilo não me afetava em nada.


- Você não manda em mim, Tiffany. E quem é bastarda aqui não sou eu... - disse debochada pra ela. 


- Oras.. sua filha da puta! Se afaste de Yuri, ela é demais pra você. Ela vai voltar lgo, logo pra mim.


- Vamos ver então, Hwang. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...