História Queens - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Talvez seja a última vez


 Queens

 

 

-Talvez seja a última vez-

 

 

Meu nome é Helena. Eu sou uma Blade. Blades são participantes de uma guilda onde recolhemos coisas proibidas pelos governadores, como livros e varinhas mágicas poderosas. Cada pessoa neste “País” tem uma varinha mágica. Todos podem usar feitiços, mas não tão poderosos.

Eu estava correndo e pulando sobre janelas e torres do grande castelo da governadora Rue Dickens. Os pais dela foram mortos na Grande Guerra de Brown. Estava escalando quando me deparo com a janela da cozinha aberta. “Vou ter que fazer de novo!” pensei. Pulo dentro da cozinha e me escondo atrás de um forno gigante.

Não havia cozinheiros, talvez estivessem no horário de jantar. Me levanto e vou até uma mesa cheia de doces:

-Hum, parecem estar deliciosos!- digo. Abro minha bolsa e coloco vários doces dentro: -Dan vai adorar.- no mesmo momento ouço alguns tilintares de conversa. “Preciso sair daqui o mais rápido possível! “penso.

Pulo pela janela e vou descendo até a ponte do castelo. Saio correndo e pulo em um prédio luxuoso com detalhes em ouro. Subo até chegar em seu topo e vou correndo até chegar no vilarejo de Elite. Vou até uma casinha de madeira de três andares, retiro uma faca curva que parece um bumerangue e jogo-a na porta. A porta se abre e a faca volta para mim. Entro na casinha e vejo uma mesa com uma mulher de praticamente 50 anos, um garotinho de 9 anos e uma moça de 14 anos. Uma cadeira estava vazia. Me sento:

-Boa noite mãe, boa noite Paty, boa noite Dan! – Dan faz uma cara de animado, deixando claro que queria os doces: -Só depois de comer Dan. – Ele faz uma cara de desanimo.

Minha mãe se levanta e pega uma panela cheia de sopa. Ela retira uma concha com sopa e coloca no meu prato vazio:

-O que pegou hoje Helena? – Ela pergunta.

-Nada. Hoje não deu para pegar os livros do ministério. Eles estavam de plantão, eu acho. Pois ele não saíram nem para almoçar!

Paty se vira para mim e pergunta:

-E foi fácil entrar no castelo e pegar os doces?

-Sim, os cozinheiros estavam em horário de Jantar.

 

***

Todos terminaram de comer. Dan se encontrava sentado no sofá lendo um livro proibido por Rue. Vou até ele e abro minha bolsa. Ele me olha com uma cara de felicidade:

-Doces?- ele pergunta

-Doces!- Respondo. Abro minha bolsa e retiro os doces que estavam guardados em um saquinho e entrego para ele.

-Eba!- Ele sai correndo pela casa comendo os doces.

Minha mãe desce as escadas e me encontra com uma cara neutra. Ela tinha uma carta na mão. O envelope era vermelho e continha o selo do governo. Engoli em seco:

-Filha, há uma coisa que quero lhe contar.

-O que houve? Vamos ser despejados?

-Não! Você recebeu uma carta. Uma carta do governo. – Ela me entrega a carta e eu a abro:

“Cara Srta. Helena

É com mero prazer que lhe enviamos esta carta para informarmos você sobre o que nossa amada governadora Rue Dickens decidiu. Ela decidiu que 10 garotas foram sorteadas para participar de um torneio onde só uma poderá vencer. Esperamos que compareça no dia 12 de julho nos portões do castelo com suas malas e pertences.

Com prazer

    O Governo.”

-Você terá que ir.

-Eu sei, eu sei. Pensarei nisso. –Eu me retiro do sofá e subo as escadas para o terceiro andar e entro em meu quarto:

-Que bobagem. Sorteio? –Rio- Mas terei que ir.

Deito e minha cama e adormeço.

***

12:00, 11 de julho. Me levanto e almoço. No meio da mesa mando Dan ir falar comigo após o almoço, como um garoto obediente ele o faz:

-Dan, eu terei que ir embora amanhã.

-Que pena! Por que?

Eu explico a historia a ele:

-Ah. Você traz doces para mim hoje?

-Claro. Mas talvez seja a ultima vez.

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...