História Quem diria? - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys
Exibições 46
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi yoonmin shippers, mas uma cap, por favor não me matem

Capítulo 14 - Eu deveria estar lá


Fanfic / Fanfiction Quem diria? - Capítulo 14 - Eu deveria estar lá

                                    P.V.O:Yoongi

Assim que entrei eu vi meu pai com uma arma e nesse momento eu gelei. Ele se aproximou de mim e a cada passo que ele dava pra frente eu dava pra trás ate que eu senti a parede nesse momento meu pai me prensou na parede.

-Como você cresceu. Ele falou no tom irônico.

-Cadê meus filhos?. Perguntei ofegante meu coração estava a mil parecia que eu tinha corrido uma maratona.

-Pra que a pressa, vamos conversar, vamos começar falando como você formou um corpo lindo. Ele falou apertando minha cintura. – Como sua bunda cresceu. Nesse momento ele apertou minha bunda. Vamos nos diverte vamos?. Ele falou começando a beijar meu pescoço.

-Me deixa pegar meus filhos e ir embora por favor, o dinheiro ta aqui. Falei com voz de choro.

-NÃO, eu quero me diverte com você, eu sempre quis saber como e transar com um homem, como e transa com o filho. Ele sorriu malicioso.

-NÃO, eu não vou fazer isso, me deixa ir embora com meus filhos por favor.

-Você não aprende não é?, eu vou fazer isso você querendo ou não, você quer ver seus filhos de novo?.

Nesse momento eu fiquei calado e ele começou a beijar meu pescoço, e apertar tanto a minha cintura quanto a minha bunda eu não podia acreditar que isso estava acontecendo de novo mas desta vez com o meu pai, o homem que minha infância toda eu admirei. Ele começou a apertar meu membro com força e eu gritei um Ai e chorar quando eu percebi ele me empurrou pro chão e começou a tirar minha roupa, e depois  de beijar minha virilha ele tirou a box e sem aviso nenhum penetrou com força.

-AIIII. Ele gritei e ele me deu um tapa, e eu continuei chorando.

-CALA A BOCA. Ele falou enquanto entocava com força, depois de um tempo ele gozou dentro de mim, eu queria levantar mas a dor era muita, e quando percebi eu estava sangrando, eu achei que ele ia me matar depois disso mas pelo contrario, ele foi em algum lugar e voltou com os meus filhos, eu achei forças para me levantar e pegar meus filhos mas ele colocou eles no carrinho.

-O que você quer?.

-O meu dinheiro.

-Ta na mala.

-Pega pra mim amor. Eu não acredito que ele me chamou de amor, e eu mal conseguia andar mas fui na outra sala e peguei a mala, mas antes que eu pudesse voltar eu escutei um choro de Sook, e corri mesmo com dor mas corri, e quando cheguei la vi meu pai enforcando Sook, nesse momento eu não sei como mas eu achei a arma dele e disparei no peito dele quando vi ele estava caído no chão, e eu corri para os meus filhos peguei Sook no colo e a abraçei, segundos depois eu ouvi a porta ser aberta e me virei e vi que era Jimin.

                       P.V.O:Jimin

Assim que entrei vi Yoongi com Sook no colo, e depois percebi que ele estava nu, e quando olhei para o chão vi quem acredito que seja o pai do Yoongi no chão, eu corri até ele e o abracei, assim que ele viu que era eu ele caiu no chão e chorou, chorou muito.

-Amor o que aconteceu?.

-Ele... me e-e-s-t-u-prou. Ele falou voltando a chorar desesperadamente de novo.

-Eu não estava aqui.

-Jimin não se culpa , eu to aqui e os nossos filhos também, não falei nada, pois ouvi um barulho e vi que era o pai de Namjoon. Ele chamou os outros agentes e eu imediatamente peguei meu casaco e cobri Yoongi.

-Yoongi vocês tem que ir pra casa já acabou. Falou o pai do Namjoon.

-Tudo bem, Jimin pega o Kwan. Eu peguei Kwan e fui indo pra porta, mas vi que Yoongi tinha dificuldade pra andar, mas antes que pudéssemos sair o pai de Yoongi se pronunciou.

-Eu... sei que você gostou, porque eu gostei se você quiser fazemos de novo, eu sei que esse merda na te dar prazer como eu te dei, se você quiser te faço sangrar de novo. Nesse momento meu sangue ferveu, eu dei Kwan pro pai do Namjoon, e fui ate ele.

-SEU FILHA DA PUTA. Eu falei dando um chute nele. COMO VOCE PODE FAZER ISSO COM SEU FILHO. Chutei ele de novo e me abaixei pra bater mas nele mas antes de eu terminar yoongi me chama.

-JIMIN, PARA. Eu não dei importância e continuei batendo ate que sinto duas pessoas me segurando e me tirando de cima dele.

-Jimin, passou eu to aqui nossos filhos estão aqui, vamos pra casa por favor.

-Tudo bem. Ele falei me soltando dos agentes e peguei Kwan e ajudei Yoongi, mas como eu vi que estava difícil pra ele continuar dei Sook pra ele e o peguei no colo com todo cuidado mas mesmo assim ele gemeu de dor, eu botei as crianças na cadeirinha de cada um e pós Yoongi na frente e diregi ate em casa o caminho todo foi silencioso eu não queria pergunta como tinha sido o que exatamente tinha acontecido eu não quero, já basta o do Jackson, mas eu estava aqui dessa vez e não o defendi, essa e uma culpa que eu vou levar pra toda a minha vida. Assim que chegamos eu notei que Yoongi ainda estava apenas de casaco.

-Yoongi eu vou te levar pra casa e depois volto pra pegar as crianças ta bom?.

-Não precisa eu vou andando eu consigo.

-Não yoongi você esta apenas de casaco.

-Jimin, são quase três da manha ninguém esta na rua agora.

-Tudo bem deixa eu pegar as crianças e eu te ajudo. Ele apenas assentiu, e eu desci do carro e fui pegar as crianças pós elas no carrinho e abri a porta do carro para Yoongi e nós fomos devagar ate em casa, quando chegamos eu pedi pro Yoongi espera no andar de baixo, como as crianças estavam dormindo pós elas em seus devidos quartos e desci e peguei Yoongi no colo e pós ele na cama.

-Me ajuda, a tomar banho. Ele pediu e eu assenti e peguei ele no colo e o levei para o banheiro e o botei ele sentado no box, tirei o casaco dele e leguei o chuveiro, entrei no box com roupa mesmo e peguei o sabonete e passei pelo seu corpo, mas quando eu cheguei perto da sua entrada ele arfou de dor.

-Tá doendo muito?. Perguntei olhando nos olhos dele caso ele quisesse menti eu saberia.

-Não, ta tudo bem. Ele mentiu.

-Não menti pra mim você não e bom nisso.

-Jimin, eu não quero falar sobre isso agora eu só quero dormir e esqueci que isso aconteceu. Ele falou abaixando a cabeça e começou a chorar.

-Tudo bem, vamos. Eu terminei o banho dele, peguei ele no colo levei ele ate a cama e coloquei uma roupa nele e fui tomar meu banho quando eu voltei vi que ele ainda estava chorando, eu pós uma roupa e o abracei por trás e beijei seu pescoço.- Eu to aqui, e eu sempre vou estar.

-Eu te amo. Ele falou se virando e me deu um selar demorado e eu senti uma lagrima.

-Eu também te amo. Eu vi que hoje ele não ia dormir então nós ficamos abraçados.

 


Notas Finais


Não me matem, e me desculpem qualquer erro eu não revisei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...