História Quem diria! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 18
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem <333

Capítulo 2 - One-shot 2: ItaHina


Itachi & Hinata

 

Hinata o via apenas como o irmão mais velho de Sasuke. Um garoto bonito, inteligente e simpático. Uma ótima pessoa.

Mas já fazia algum tempo que o que ela sentia por ele era muito além de uma simples admiração. Era um sentimento forte, ardente, verdadeiro. Um aperto no coração surgia quando ela o avistava. O que era aquilo?

Depois da aula, Hinata saiu da escola rapidamente, mas foi surpreendida.

- Hinata! – Sasuke a chamou, com uma expressão fria no rosto.

- Sasuke-kun, o que foi?

- Eu percebi tá? Você anda olhando estranho pro Itachi.

Imediatamente ela ficou corada e olhou para o chão.

- O que está acontecendo? Você sempre foi a fim do Naruto!

- Ah Sasuke-kun, sei lá. A verdade é que eu me sinto atraída pelo Itachi-senpai. Não posso negar.

- Hum, eu acho melhor você não se envolver com ele, pro seu próprio bem.

- Eu não quero me envolver! É... É... Quer dizer... Eu não sei! Por que está dizendo isso?

- Ele é mais velho, não gosta de garotas bobinhas como você. Além disso, ele já partiu o coração de muitas garotas. Tome cuidado.

- Não precisa me dizer isso! O máximo que vou fazer é me declarar pra ele! Mas tenho certeza que vou ser rejeitada!

- Bom, tanto faz. Só estou avisando porque sou seu amigo!

- Ah, de qualquer forma obrigada Sasuke-kun! – Ela o abraçou.

*

Por acaso Sasuke era vizinho de Hinata. O que significa que Itachi também era.

- Itachi-senpai... – Hinata escrevia seu nome no diário e desejava coraçõezinhos em volta, como uma típica adolescente apaixonada.

Pela janela, ela podia avistar a casa do seu amado.

Para sua surpresa, a janela foi aberta e quem apareceu foi... Itachi!

- Hinata-chan!

- I-I-Itachi-senpai! – Ela gaguejava nervosa.

- Por que está tão afobada? Sou só eu...

- Aaah, nada... Hihi... – Ela ria sem graça.

- O que deseja? – Ela finalmente perguntou.

- Hum, nada particularmente. Eu só queria falar com você, ouvir sua voz.

- Ouvir minha voz?

- É. Algum problema?

- Não...

- Sabe, eu acho que você daria uma ótima cantora. Já ouvi você cantar nos musicais da escola. Você é boa, de verdade.

 “Itachi-senpai me elogiando? O que ele quer? Me seduzir? Bom, ele está conseguindo...”

Só um detalhe: Itachi tinha acabado de sair do banho, por que estava com o cabelo molhado e uma toalha envolta nos ombros, e estava sem camisa.

- Que sexy... – Hinata disse baixinho.

- O que você disse? – ele perguntou.

- Aaan, nada...

- Ah, desculpe. Eu estou sem camisa...

“Não precisa se incomodar... Hihi.”

- Hinata, por que você não canta pra mim?

- V-você quer que eu c-cante?

- Sim!

“Talvez se eu cantar uma música de amor ele entenda a minha declaração”

- T-tudo bem...

“Vou cantar Endless Love, do Lionel Richie, a música mais romântica que conheço”

- My love,

There's only you in my life

The only thing that's right

My first love,

You're every breath that I take

You're every step I make

And I

I-I-I-I-I

I want to share

All my love with you

No one else will do...

And your eyes

Your eyes, your eyes

They tell me how much you care

Ooh yes, you will always be

My endless love*

 

- G-gostou?

- Huum, você canta muito bem!

- O-obrigada.

- Mas essa música... Significa alguma coisa?

- Huum, é o que eu gostaria de dizer... Pra você... – Ela sorria sem graça.

- Você...

- Sim, Itachi-senpai, eu gosto de você.

- Nossa, eu nunca imaginei!

- Sei que você não gosta de mim desse jeito, então, não tenha medo de me rejeitar.

Ele ficou calado por um tempo e aquilo a assustou completamente. Então, ele finalmente fez alguma coisa.

- Eu... Posso entrar no seu quarto?

- Pode.

Ele apenas pulou a janela e ficou de frente pra ela.

Então, ele a abraçou forte e sussurrou em seu ouvido:

- Eu também gosto de você, Hinata-chan.

- Você gosta de mim? – ela ficou sem reação.

- Sim. Pra mim não importa se você é mais nova.

- E se você partir meu coração?

- Eu prometo que não o farei.

- Não sei se acredito...

- Você pode duvidar, por enquanto.

Ele então se inclinou para ela e lhe deu um beijo. Ela não pode recuar. Apenas fechou os olhos e retribuiu.

 

“Mesmo que você parta meu coração, Itachi-senpai, eu te amo e tudo o que mais quero é ser feliz ao seu lado!”

 

FIM

 


Notas Finais


Endless love, *---* <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...