História Quem sou eu? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Self Inserction, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A grande Luta


Fanfic / Fanfiction Quem sou eu? - Capítulo 3 - A grande Luta

 

Ele nos encarou por alguns instantes e entao comecou:

Saki- Por que estao aqui? Vieram morrer assim como seu pai?  Inuteis! Seu pai ficaria envergonhado se os visse assim!! nessa situacao ridicula, irao morrer um por um, nao sabem pensar direito e nao foram preparados para isso!

- Voce vai ficar tagarelando ou vai lutar? quero ir logo pra casa com sua cabeca de trofeu! ja ate pedi uma pizza para comemorar!

Saki- Eu nunca perco crianca, ataquem!! 

Seus ''guarda-costas'' vieram com tudo, mas como haviamos combinado meus irmaos atacaram os caras enquanto eu desviava e ia cada vez mais rapido na direcao do assassino de meu pai, comecamos a lutar. eu comecei dando um golpe na cabeca seguido de tres golpes no abdomen e na mesma hora ele me deu um baita golpe na cabeca, eu cai mas me levantei rapido para nao deixar que ele tivesse vantagem sobre mim. Eu nao podia bobear, tudo tinha que sair do jeito planejado ou o sangue de meus irmaos estaria em minhas maos, depois de me levantar voltei a atacar mas desta vez ataquei duas vezes no abdomen e uma na perna fazendo-o ajoelhar e com toda forca que tive soquei a cara dele mas ele revidou e segurou o soco me jogou no chao e me chutou ate que eu bati na parede, ele veio tao rapido que eu nao percebi, me pegou pelos cabelos e disse bem baixinho no meu ouvido:

Saki- Seus queridos irmaos vao morrer hoje e voce sera a culpada... 

Ao ouvir isso nao aguentei e uma lagrima traira escorreu pelo meu rosto,  mas ao mesmo tempo meu coracao se encheu de odio e com toda forca que tinha perfurei a pele dele com minhas unhas ate chegar em sua costela o que o fez gritar de dor logo que me coloquei em pe denovo ele veio correndo ate mim com furia nos olhos mas eu consegui pular para o lado e ele acabou batendo a cabeca na parede o que o deixou meio tonto e esse era o momento que eu tanto esperava. 

Corri ate onde ele estav e pulei sobre suas costas,  minhas maos agora mostravam minhas unhas afiadas fincando no seu pescoço,  ele gritou de dor e isso foi musica para meus ouvidos, mas eu sabia que a hora havia chegado e tinha que tirar esse peso de minha vida pra sempre. 

Entao ainda com minhas unhas cravadas em seu pescoço  eu puxei  com toda minha forca e pude ouvir  sua carne rasgando os ossos se desgrudando,  e por fim eu tinha realmente sua cabeca em minhas maos!  Um troféu  totalmente diferente  mas muito valioso para mim.  

Todosos capangas na sala estavam parados analizando o que acabava de acontecer ao seu chefe,  meus irmaos estavam horrorizados mas eu...  Eu estava me sentindo maravilhosamente bem!  Era uma vitoria que me deu satisfacao e paz. Finalmente nosso pesadelo teria acabado e poderiamos voltar para casa triunfantes!  

Cgegando em casa eu estava toda suja de sangue nao só  meu sangue mas de Saki tambem,  eu havia colocado sua cabeca em uma bolsa e a levei para casa assim eu poderia jogar dardos com ela.  Meus irmaos ainda se viam em choque mas eu estava finalmente feliz,  sem peso na conciencia,  algo que eu nao sentia ha muito tempo! 


Notas Finais


desculpem a demora o horario ficou apertado hoje...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...