História Quem Tem o Poder? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Maryse Lightwood, Rainha Seelie, Sebastian Morgstren, Valentim Morgenstern
Tags Clace, Shadowhunters
Visualizações 98
Palavras 2.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, olha quem voltou? kkk bom primeiro eu quero agradecer MUITO pelos comentários, sério eles são de extrema importancia para mim então espero que comentem esse aq tbm viu? E finalmente minhas provas acabaram e não vou deixar vcs na mão ok? e nos próximos capítulos Clary e Jace começarão a se aproximar.... Vejo vcs nos comentários amores ;)
PS: Sopilers nas notas finais
PS2: Créditos da imagem pra linda Wanessa ;)

Capítulo 7 - Consequências


Fanfic / Fanfiction Quem Tem o Poder? - Capítulo 7 - Consequências

Capítulo 7- Consequências

Clary POV

Eu não estava acreditando nisso, por que raios eu decidir sair com a Isa mesmo? Ah lembrei, é porque ela é minha amiga e se eu não fosse ela iria me encher o resto da vida. Jace e Alec não disseram nada durando o caminho, fomos de carro, tinha muitas pessoas por perto e os mundanos poderiam desconfiar de algo. Jace foi dirigindo com Alec ao seu lado e eu ea Isa atrás. Isa fez a menção de falar, mas eu a cortei com o olhar, aqui não era hora de dizer alguma coisa.

[...]

Mal estacionamos e já saímos do carro, dessa vez o Alec fez a menção de pegar no meu braço, mas eu desviei

-Pode deixar que eu sei o caminho, não preciso de ninguém levando- disse o encarando e fui para o escritório do Jace. Chegamos lá Jace fez um aceno para sentarmos eu bufei junto com a Isa e fomos sentar, eles ficaram em pé na nossa frente

-Eu nem sei o que dizer- Alec disse

-Então não diz nada- Isa rebateu e eu segurei a risada, mas acho não disfarcei bem, Jace me deu um olhar severo e eu só dei de ombros

- Meninas vocês tem noção que quebraram várias regras só hoje?, no terceiro dia de vocês aqui eo primeiro com responsabilidade?- Jace estava tentando ser cordial eu percebi isso.

-Sim temos a noção- eu disse sem nenhum sarcasmo, eu já tinha estado nessa situação várias vezes

-Porque decidiram sair? E porque não nos avisaram? - Eu fiz menção de responder, mas a Isa foi primeiro

-Queríamos comemorar o primeiro dia no emprego, e não queríamos que algum de vocês fossem, queríamos uma noite de garotas- Isa disse dando de ombros- E Alec você está disputando o mesmo que eu ea Clary eo mercado não anda lá essas coisas, então preferi deixar você aqui- Isa foi tão sínica que eu não consegui segurar a risada, Jace tentou não rir mas saiu uns barulhos e a cara do Alec estava impagável, ele abriu a boca pra falar mas nem conseguiu e foi ai que eu ri mesmo

-Tá entendemos o seu ponto Isa-Jace disse ainda vermelho, ele mal conseguiu segurar a risada- Mas não ficará em pune saiba disso- nós assentimos

-Jace será que pode não punir a Clary, eu a convenci de ir- Assim que ela disse isso eu virei pra ela surpresa e logo respondi

-Não Jace pode me punir, eu saí porque eu quis ninguém me obrigou- eu tomei a frente ea Isa pegou em braço me virando pra ela

-Você não estava nem lembrando disso, eu sei que queria ficar só no seu quarto em paz- Isa disse

-Mas eu saí, e estava junto com você, então mereço receber uma punição também- Expliquei o óbvio, eu entendia porque a Isa não queria que me punissem, ela achava que podia aliviar as coisas pro meu lado, porque eu tinha mais adversões que ela. Jace chamou a nossa atenção e nós viramos olhando-o

- Olha eu realmente gosto do que estou vendo na minha frente- ele diz e eu o olho com interrogação- Lealdade Clary, isso é crucial para ser Parabatai e estou vendo que isso vocês têm- eu dei um sorriso de lado, nunca abandonaria a Isa

-Pelo menos isso- Alec finalmente conseguiu falar e eu o olhei com uma careta

-Bom eu pegarei bem leve na punição-Jace disse- Isa já que foi você que insinuou a saída, ficará três dias na limpeza geral do instituto e limpando os instrumentos da sala de treinamento por uma semana e Clary você ficará responsável pela limpeza da sala de treinamento por dois dias- Eu o olhei sem acreditar, isso tinha sido muito brando, dá última vez eu ea Isa ficamos limpando o jardim por um mês

-Isso é sério? Ou você está brincando comigo?- perguntei sem acreditar

-Isso é sério, não quero que vocês percam tempo com punições a mais, aliás quem nunca saiu a noite só pra se divertir?- eu o olhei e sorri, sim Jace Herondale me surpreendia

-Obrigado Branquelo loiro- disse sorrindo e piscando, ele fez uma careta

-Sério obrigado mesmo Jace-Isa agradeceu- Mas você sabe como regras são tentadoras para serem quebradas- ela piscou e ele só riu balançando a cabeça

-Ates que eu libere vocês preciso comunicar sobre o treinamento- todos já estávamos em pé- Vocês não podem ficar mais dias paradas, Alec treinará você Isabelle, será bom um treinamento de irmãos. Clary eu treinarei você- Eu sorri de lado e pisquei para ele

-Finalmente eu poderei te quebrar branquelo- disse rindo e ele revirou os olhos

-Olha quem fala ruivinha louca- eu dei a língua pra ele- Super adulto isso- eu mostrei a língua de novo e dessa vez todos riram

-Apesar de eu não querer olhar na sua cara agora Alec, eu tenho certeza que irei gostar de treinar com você-Isa disse e eu sorri, esses dois eram irmãos de verdade- Agora vem me acompanhar até o quarto para me falar o horário de treinamento e garantir que eu não fuja- Eu gargalhei com a audácia dela, Alec só a olhou e bufou, Isa saiu na frente e Alec foi correndo atrás dela, olhei para Jace que tinha rido também

-Então que horário treinaremos? -Perguntei

- Eu posso pela manhã bem cedo ou fim de noite- me respondeu

-Manhã bem cedo você quer dizer de madrugada? - eu pergunto e ele assente-Então nem pensar, não sou uma pessoa matutina- respondi

-Então tem que ser no final da noite quase entrando na madrugada, pode ser?- Dei de ombros sem ter o que fazer mesmo

-Pode sim- eu disse e ia saindo mas voltei e olhei-o- Sério acho que será bom treinar com você Jace Herondale- disse provocando-o

-Digo o mesmo Clarissa Morgernstern- piscou e eu sai da sala, estava quebrada e tudo que queria era descansar

[...]

Acordei disposta hoje, acho que será bom eu finamente voltar a treinar, eu era uma das melhores em Idris, ganhava as competições quase sempre, e quando não ganhava papai me olhava dizendo que precisava melhorar, era exaustivo e irritativo treinar com ele, já desmaiei em alguns treinamentos com ele, que sempre exigia a máxima perfeição. Fico imaginando se ele pegou leve comigo, com o Sebastian então não quero nem pensar. Saí dos meus pensamentos e voltei a limpar a sala de Treinamento, ela era enorme, com janelas de vitrais desenhados para iluminar o ambiente.

Havia algumas pessoas treinando mas elas nem ousaram dizer algo, sorri pensando que a minha fama já tinha se espalhado e isso era bom, assim ninguém se metia a brincadeiras sem graças ou insultos comigo. Como não tinha tanto coisa pra fazer eu resolvi limpar os objetos que usávamos nas lutas, passei o dia todo na sala. No jantar eu vi a Isa que não estava quebrada nem nada, ela estava com a cabeça erguida e enfrentando sorri pra ela que retribuiu. Depois do jantar eu fui pro meu quarto, decidi passar o tempo desenhando antes de ir para o treinamento. Sebastian sempre dizia que eu desenhava muito bem, já mamãe dizia que era uma perda de tempo.

 Ai ai Clary porquê está lembrando tanto assim da sua família?, só pode ser Alec e Isa me influenciando, apesar de não sermos tão próximos Sebastian e eu tínhamos uma ligação legal....Me arrumei e segui rumo a sala de treinamento.

-Boa noite- eu falei quando encontrei Jace na sala

-Ei boa noite Clary- ele me cumprimentou e eu fui a sua frente- Não te vi hoje o dia todo, muito ocupada?- eu vi que ele estava sendo sarcástico Jace já voltou a ser o branquelo de sempre

-Sim, estava dando um jeito na sala de treinamento, sabe como é quando os institutos não têm líder que possam contratar alguém para limpar eles mandam as caçadoras- Eu pisque pra ele

-Oh eu não sei, o meu instituto pode contratar muitas pessoas para limpeza- ele disse entrando sorrindo

-Ah eu acho que não em! isso estava uma bagunça, eu salvei a sua sala de treinamento hoje- eu psique e sorri pra ele que riu

-Anda vamos deixar o papo de lado e ir direto ao treinamento- eu assenti e peguei um bastão que ele indicou.

-Hã mas antes eu vou precisar do kit de primeiros socorros?- eu perguntei séria, meu pai sempre deixava um a vista, pois sempre precisava dele no final do treinamento

-Isso é sério?- eu concordei-Eu não vou machuca-la Clary, vamos apenas treinar e ver em que passo está- ele disse eu eu assenti meia desconfiada

-Foi mal- eu disse- São poucas as vezes que eu não saio quebrada ou sangrando de um treinamento- eu disse e ele levantou a sobrancelha com uma careta- É sério, só com a Isa, meu pai dizia que enquanto não quebrasse ou sagrasse o treinamento era inútil- eu disse e vi que ele ficou surpreso com a sua expressão, ele a abriu a boca algumas vezes pra falar mas nada saiu- Relaxa Jace já sou acostumada com violência desde de pequena- pisquei pra ele

-Olha eu posso te garantir que se eu te machucar não será de propósito, isso é um treinamento Clary e não um massacre- eu assenti tentando acreditar-Sério mesmo, vamos só treinar tranquilo e deixar as coisas ir- eu assenti- Então você me ataca primeiro- ele disse eu fui pra cima dele, tinha feito muitas runas antes do treinamento e pelo visto ele também. Jace me bloqueou e revidou e eu o bloqueei-o, ficamos nisso um tempo até que ele conseguiu tirar o bastão da minha mão, nem pensei em recupera-lo, só fui desviando dos golpes dele, quando ele jogou o bastão em cima de mim eu segurei e dei um chute nas suas constelas, Jace mal se mexeu mas relaxou a mão então eu peguei o bastão e joguei de lado e fui  pra cima dele, que ficou me bloqueando até pegar minhas duas mãos e prende-las em frente ao meu corpo, eu chutei-o novamente e virei um mortal, escutei meu braço torcer e rangi os dentes com a dor, ele pareceu hesitar por um momento, foi quando eu fui pra cima dele dando outro mortal parando na sua frente, mal parei e ele me jogou no chão contudo, consegui pegar uma mão dele, mas meu braço ainda estava doendo, não tinha tanta força nele, e foi ai que ele me bloqueou de uma maneira que não tinha como eu sair. Sorri de lado quando ele se levantou me liberando e estendeu a mão para me ajudar a levantar

-UOU-ele disse ofegante e eu sorri-Você é boa Clary, só não diga a ninguém isso- ele piscou e eu concordei com um aceno

-Você pegou leve mesmo, só torci o braço- disse movendo meu braço, que já estava quase normal devido as runas

- Tá tudo bem?- ele me pareceu preocupado

-Está sim, se fosse com o meu pai teria quebrado ele- disse a verdade, e ele me deu um olhar estranho mas disfarçou

-Bom eu te acompanho até o quarto- eu assenti e fomos andando- Então era normal mesmo você quebrar algo durante o treino?- ele perguntou com uma careta

-Era sim, meu pai dizia que Morgernstern tinham que saber lutar e lidar com a dor, que ele pegava leve comigo por ser uma menina- eu disse revirando os olhos- Sebastian meu irmãosque deve ter sofrido, acho que por isso ele se mandou pra Tailândia

-Bom o meu pai pegava pesado comigo nos treinos também, eu só quebrei alguns ossos poucas vezes e seu irmão deve estar bem lá

-Eu sei que ele está bem- eu sorri pra ele que retribuiu e surgiu um friozinho na barriga, eu balancei a cabeça, devo estar muito cansada ou com fome pra sentir isso- Bom eu quebrei meus ossos mais que algumas vezes- disse e vi que já tínhamos chegado em meu quarto- Boa noite e obrigado por não ter quebrado nenhum osso meu- eu disse brincando e ele piscou

-Boa noite Clary, e pode deixar que tentarei não quebrar nenhum osso- Piscou e saiu, eu suspirei, o que estava contendo? Em Anjo?, deve ser cansaço mesmo só pode


Notas Finais


Eai? Posso adinatar que o Valentin trará alguns problemas viu kkkk
Spoiler --------------------------------------------------------------------------------------
-Seu pai não reclamou então quando foi pra Idris?- ele me questionou e eu ri com deboche
-Ah não, ele ficou muito feliz por ter um posto na Clave e finalmente poder mandar em muitas pessoas- disse a verdade, era só com isso que meu pai se importava, Jace pareceu entender o que eu tinha dito
-Eu me lembro até hoje do jantar que seus pais deram pra comemorar a mudança pra Idris- Jace disse e eu ri com a lembrança


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...