História Quer Que Eu Faça Um Café?


Escrita por: ~


Sinopse:
"Ela é tão linda, aquele avental esbranquiçado, meio amassado e a imagem do logo da cafeteria, desgastado por conta do tempo, amarrado na cintura em um nó delicado, seus cabelos morenos presos em um rabo de cavalo desajeitado e o sorriso radiante, seus olhos exalavam inocência..."

Ele, um empresário no topo da carreira, tem tudo que sempre quis: Dinheiro, fama, luxo e ostentação. Mas ele ainda tem um vazio no peito, mesmo com várias e várias mulheres caindo aos seus pés, ele só quer uma, só se apaixonou intensamente por uma. A moça da cafeteria. Luan Rafael Domingos Santana, mais conhecido como Luan Santana, tem um casamento conturbado, então numa noite escura e fria, decide esfriar a cabeça, encontrando a moça da cafeteria em um ponto de prostituição, ela não é só a moça da cafeteria, como a sensual e perigosa prostituta, que virou a vida do rapaz de cabeça pra baixo.
Sophia Bittencourt, mas conhecida como "Dalilah", não só como a menina que trabalha no café, como uma das melhores prostitutas da região, que em meio a tantos problemas financeiros, encontrou a fuga pra ter uma vida instável, conseguir comprar tudo do bom e do melhor para seu irmão: a prostituição. Ela, se apaixona por um cliente, o moço que frequenta a cafeteria onde trabalha todos os dias.

"O amor ás vezes pode ser perigoso..."
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Bruna Santana, Drama, Luan, Luan Santana, Luanete
Exibições 8.666
Comentários 248
Palavras 31.904
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Quer Que Eu Faça Um Café?
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
O de sempre.
2
424
464
 
2.
Sou Dalilah
2
390
595
 
3.
Você é incrível (+18)
2
481
554
 
4.
Fala seu nome, morena.
2
376
829
 
5.
Quem é Samantha?
3
343
592
 
6.
Eu vou fazer isso mesmo.
4
345
263
 
7.
Como amigos.
3
324
424
 
8.
Você não convive comigo!
3
317
597
 
9.
Sinta se a vontade.
3
319
754
 
10.
O Luan é meu.
2
312
266
 
11.
Sim, você deve!
3
327
907
 
12.
Fala pra ela então.
6
331
1.519
 
13.
Insegurança repentina.
5
271
931
 
14.
Vamos ao Shopping!
6
248
1.158
 
15.
Eu acho que eu vou embora.
7
246
1.240
 
16.
Qual é a sua?
5
250
958
 
17.
Tá esperando o que, guria?
9
202
951
 
18.
Meu namorado. (Maratona 1 de 5)
9
196
886
 
19.
Eu sou o Batman. (Maratona 2 de 5)
13
194
516
 
20.
Isso não pode estar acontecendo. (Maratona 3 de 5)
4
186
497
 
21.
Não tenho uma vidinha idealizada. (Maratona 4 de 5)
7
195
502
 
22.
Posso te fazer gritar, só que de outra forma. (Maratona-Fim)
7
217
627
 
23.
Quer que eu prove? (HOT)
6
215
1.135
 
24.
É sério isso?
18
187
825
 
25.
Confessa que você adora o meu joguinho.
9
159
992
 
26.
Um bom lugar no inferno.
16
142
903
 
27.
Não cabe a você saber.
5
138
1.082
 
28.
Eu preciso de um tempo pra arrumar minha vida.
3
125
1.053
 
29.
Estou com a alma suja.
10
130
957
 
30.
Ah, o Natal...
8
115
689
 
31.
Surto psicótico.
8
105
769
 
32.
Meu cliente favorito
10
147
858
 
33.
Vou esquecer seu nome.
11
118
1.086
 
34.
Tenha dó.
4
121
957
 
35.
Não vou dar esse gostinho a ele.
9
119
738
 
36.
Temos aqui presente uma mente brilhante.
4
106
891
 
37.
Eu declaro...
7
93
848
 
38.
É, ela mudou.
5
90
1.103
 
39.
Criança não fala palavrão.
8
62
988

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.