História Querida Anônima! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Exibições 3
Palavras 1.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Está é uma história um pouco diferente, mais garanto que com o tempo você vai aprender a ama-la. Sei que isso não tem nada a ver mais só para deixar claro, essas imagens não me pertencem. Boa leitura <3

Capítulo 1 - Sobre Ela!


Fanfic / Fanfiction Querida Anônima! - Capítulo 1 - Sobre Ela!

Essa história será longa, talvez você se surpreenda com as minhas palavras tão má ditas, mais com vários sentimentos ocultos. Tudo começou quando minha mãe me pariu, o que é meio óbvio, me disseram que eu era a bebê mais linda, mais você já devem imaginar quem disse essas palavras tão amáveis. Eu queria poder dizer que essa é uma história de romance maravilhosa onde tudo da certo, mais eu estaria mentindo...

Mentiras são fáceis de se contar, mais você nunca poderá prova-las , com o meu tempo de criança fui aprendendo que as pessoas podem ser bem cruéis em relação á isso, agradeço ao meu pai pelo maravilhoso exemplo, não o culpo, pois ele é humano. Digamos que tive uma infância maravilhosa, mais como toda criança, eu não sabia o que era a palavra “difícil” acredite, você só aprende o verdadeiro significado dessa palavra depois de criança. Hoje tenho 16 anos e claro que bem mais madura, moro com minha mãe em Londres, minha mãe nunca foi daquelas que dizem “te amo” o tempo todo, não fui uma criança recebendo muitos carinhos, e talvez isso tenha me atrapalhado um pouco, mais não acho que tenho algo a reclamar de minha vida, por mais difícil que ela possa parecer.

Estudo em uma escola normal, tenho uma incrível facilidade em fazer amigos, e claro que inimigos é o que não faltam, sou uma menina legalzinha, não sei como reagir a elogios então apenas sorrio, talvez eu seja um pouco persistente e isso irrita minha mãe, e por falar nela, o nome dela é Miranda, até que acho um nome bonitinho. Tenho cabelos longos, tipo muito longos, meus olhos são castanhos, assim como meus cabelos, não sou muito grande, mais considero meu tamanho normal. Então agora podemos começar...

~12:45 PM

Mãe: Ariaaaa... (Gritou)

_ O que foi?

Mãe: Vem comer...

_ Já voooou...

Eu sempre falo isso mais sempre fico no celular, ás vezes concordo com essas pessoas que falam que a rede social ocupa muito o tempo dos jovens e essas coisas fazem mal e blá blá... Minha vida social ainda existe então acho que eles estão 50% errados.

_ Mãe a Michele vai vim em casa tá?

Mãe: Huhun...

Mãe: Coloca o prato na pia Aria.

_ Sim senhora...

Quem é Michele? Bom ela é minha melhor amiga, um amor de pessoa, sempre me ajuda com meus dramas, e eu sou meio que sua psicóloga . A Michele era amiga faz muito tempo de um garoto com quem eu conversei e bateu uma vibe de paixão, não me pergunte como, pois também não sei dizer, mais ás vezes ele era muito fofo comigo, e isso me fazia pensar que talvez existisse a possibilidade dele gostar de mim, a gente conversou por horas, e nunca faltava assunto, ele tinha o rostinho tão meigo, o sorriso dele era maravilhoso, eu estava perdida pois nunca havia namorado antes, é eu sei, sem comentários...  Enquanto minha mãe fala da vida social dela pra mim, eu mando uma mensagem pra Paula descer até em casa.

Mãe: Você acha que daria certo eu fazer isso?

_ Acho que sim...

Mãe: Você iria comigo?

_ Onde?

Mãe: No salão...

Mãe: Nem prestou atenção não é?

_ Desculpa... mais eu vou sim com você. (Sorri)

~14:50 PM

Michele: E aquele menino que você estava gostando?

_ O que tem ele? (Sorri)

Michele: Já viu ele?

_ Não, ele nem sabe que gosto dele... (Revirei os olhos)

Michele: Fala com ele...

Michele: Ele parece ser legal.

_ Eu vou dizer o que? Conheço ele só algum tempo e só conversamos umas 2 vezes.

_ Vou assustar ele...

Michele: Se você quiser eu posso falar com ele...

_ Não, deixa quieto, obrigada.

Michele: Aria é sério...

Bom eu sei no que você está pensando, “nossa só conversaram duas vezes e já tá apaixonada” bom ás vezes basta apenas 2 segundos para se apaixonar, e talvez isso não dure mais e se essa paixão nunca acabasse? E se eu te dissesse que mesmo depois de 2 anos eu ainda não o esqueci? Se você está me chamando de idiota pare, você irá entender o porque... Talvez depois você me chame de idiota mais ai sim por um motivo válido.

_ E também parece que ele gosta de outra...

Mostrei á ela um pequeno post de Yan... e nele dizia: “Ah gente ama e só quebra a cara”

Michele: Aria...

_ Tudo bem, acontece... (Sorri)

Michele fez de tudo para me animar, ás vezes acho que ela é um anjo, pois ela sabia que eu gostava mesmo dele...

 

~20:20 PM

Eu estava em meu quarto quando recebi essa mensagem maravilhosa, de quem era? Sim o menino que eu gostava...

Yan: “Oi Aria, aquele seu post, você estava muito triste e...”

Gente, mulher tem uma coisa chamada “sexto sentido” que funciona 100% comigo e uma voz na minha cabeça dizia que “Michele falou com ele”. Não sabia onde enfiar a minha cara, porque eu estava morrendo de medo, eu realmente gostava dele, e não iria suportar ser rejeitada assim por mensagem. Sei que você vai pensar “E faz diferença?” acredite, faz.

_ “A Michele falou com você né?”

Yan: É...

Yan: Aria quer namorar comigo?

COMO??? Você tá falando sério? Eu sei que vocês devem tá pensando, é eu sei... também pensei nisso, ele me pediu em namoro mesmo gostando de outra? Mais eu estava tão feliz que isso não importava, mais calma que ainda tem mais...

_ Yan você tá brincando comigo?

Yan: Claro que não, eu gostei de você e a Michele disse que você gosta de mim...

_ Olha sei que você gosta de outra menina, você sabe que não tem como passar por cima disso...

Yan: Você goste de mim que eu sei, quero construir uma história com você.

Ah isso me derreteu cara, tem como não gostar? Depois dessa declaração linda, a gente decidiu se ver no dia seguinte, eu estava super nervosa, eu nunca que imaginaria saindo com ele, é aquela famosa história de conto de fadas. As vezes passa pela minha cabeça que se isso aconteceu, é porque era pra ser, a gente só não sabia. Como eu sempre digo, a vida é um vai e volta...


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3 até o próximo capitulo, beijinhos ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...