História Querido Carl ! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Querido John
Exibições 7
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá Jujubas... como estão?
Espero que bem... Então esse é o meu primeiro livro aqui e espero que vocês gostem... bjuuux♡♡

Capítulo 1 - Meu nome é Carl...



Querido Carl,

Faz alguns dias que eu decidi escrever para você e falar os momentos em que eu te amei.

Me lembro que eu estava em um pub bem movimentado e você estava cantando uma música que eu não me lembro o nome mas sei que era dos The Beatles,ela dizia:

Então você tinha ido embora, como um sonho na noite
Com você foi meu coração, meu amor e minha vida
Eu não sei o seu nome, o que eu podia fazer?
Eu só tinha uma foto de você

Quando a música acabou você desceu até o bar aonde eu estava e pediu uma bebida,ficou um tempo me encarando e depois pulou um banco sentando do meu lado.

- Como vai?Gostou das músicas?

- Cheguei no final da última música..mas sua voz é perfeita.

- Qual seu nome ?O meu nome é Carl ao seu dispor.

Você fez uma reverência exagerada e eu sorri,era a primeira vez que eu sorria em dias.

- Lia..

- Então Lia eu tenho que subir novamente pro palco..me passa seu número?

Passei meu número pra você e você voltou para o palco,fiquei menos de 15 minutos ali e fui embora pra minha casa.

Quando cheguei em casa Lívia minha melhor amiga estava vendo um filme na televisão mas se virou pra mim no momento em que eu pisei dentro de casa.

- Quem você conheceu lá que te fez ficar com essa cara?

-Ninguém Liv..eu so gosto de ver a felicidade das pessoas..

Eu esperei pela sua ligação,esperei por duas longas semanas mas você não ligou e eu me senti a pessoa mais idiota do mundo.Nesse dia eu voltei das minhas férias e o hospital estava uma loucura.

- Doutora..ainda bem que a senhora voltou a Seline teve que sair de férias mais cedo e estávamos sem as melhores médicas para fazer cirugias aqui._Disse Matthew _

- Quero ver os pacientes mais graves,depois os que estão em observação e por último os que não correm risco de vida.

- Temos dois pacientes em coma Doutora,a Senhora Garcia que faz um mês que entrou em coma e o Senhor Albuquerque que entrou em coma a duas semanas depois de um acidente de moto.

- Deixe eles por último,so mandem me avisar se algo alterar.

Já eram 15:00 e eu ainda não tinha ido almoçar,por algum motivo eu não queria almoçar antes de ver os que estavam em coma.Primeiro fui ao quarto da senhora Garcia que estava em com induzido.

- Quero que diminuam a dosagem da morfina e deixem ela acordar naturalmente.

- Doutora você pode me acompanhar até o Sr.Albuquerque? A mãe dele está fazendo um belo barraco.

- No meu primeiro dia de volta tenho que aguentar barracos.._fomos rindo e a mãe do paciente estava do lado de fora com um homem que eu suponho ser o seu marido_

- Você é a medica do meu filho?Porque ninguém importante veio vê-lo quando teve a convulsão? Mandaram um simples enfermeiro.

- Eu voltei hoje de férias senhora Albuquerque..Então não sei qual o estado do seu filho..claro que eu não sabia dessa convulsão porque se eu soubesse eu mesmo viria.

Saí de perto dela e entrei no quarto,quando coloquei meus olhos naquela cama de hospital eu levei um choque.Era você,você estava lá deitado com um corte acima da sobrancelha e um dos olhos inchados.Sua mãe entrou e seu pai veio logo atrás.

- Oque aconteceu com Carl?

-Você conhece meu filho de onde?_seu pai so ficava calado e me olhando_

- Bom isso não vem ao caso..apartir de hoje estarei cuidando de Carl tempo integral se isso a deixa mais aliviada.

- Obrigada Doutora. ..ele estava voltando pra casa depois de sair de um pub que ele gosta de tocar,eu vivia falando para ele que ele não precisava tocar em pubs pois ele trabalha na nossa empresa mas ele nunca me escutou.Enfim..a moto dele acertou um cavalo em cheio por pouco ele não morre.

Eu fiquei me sentindo uma tremenda idiota por ter pensado que você não me ligou porque quis.

Mais tarde naquele dia você estava com febre e deu outra convulsão,uma terceira poderia ser o fim.

  Fiquei até as 02:46 com os olhos encima de você quase não piscava,sua mãe apareceu com um café pra mim.

- Você gosta muito do meu menino Ne?

-Eu so vi ele uma vez na Minha vida Senhora Albuquerque..mas ele é tão jovem e tão talentoso..Não posso deixar que ele morra.

- Me chame se Marta.Ele é um ótimo garoto,sempre foi um exemplo de filho mesmo sendo o caçula de três irmãos.Falando nisso amanhã eles iram vir,eles poderão entrar?

- So pode ficar duas pessoas no quarto então..eu fico acompanhando de perto.

Passei o resto daquela madrugada ouvindo suas histórias de quando era pequeno.De como sua mãe era feliz por ter um filho tão bom e de um coração enorme.

Mas você tinha que ter um problema né Carl, você era perfeito demais..Na verdade você era perfeito demais pra mim..você tinha uma namorada e ela só se preocupou com você no dia depois ela não voltou la.Sua mãe disse que era normal porque seus últimos relacionamentos você quase não via suas namoradas.

  Sua mãe dormiu no sofá de couro confortável e eu me sentei na cama ao seu lado passando a mão nos seus cabelos negros como a escuridão.

  Seu corpo másculo  deitado naquela cama parecia tão frágil que eu tinha medo de quebra-lo com meu toque,mas você simplesmente me conquistou mesmo estando em coma sem poder falar.

  Sua respiração que estava fraquinha fazia parecer que você estáva tendo um belo sonho,mas quando seus batimentos cardíacos deram uma acelerada que eu me assustei.

- Calma Carl...eu vou cuidar de você..

Seus batimentos foram normalizando poderia dizer que você conseguiu me escutar mas seria loucura da minha parte,eu não consegui pregar o olho até ter alguém para ficar de olho em você.

E esse foi o dia que eu descobri que estava apaixonada por você Carl,isso é insano eu sei.Eu tinha te visto duas únicas vezes e eu já estava apaixonada.

Mas como não se apaixonar por Carl Albuquerque?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...