História Querido Chefe (Imagine Jimin BTS) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Chimchim, Escrava Sexual, Jimin, Sexo
Visualizações 1.366
Palavras 1.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoal desculpem por demorar, disse que ia postar ainda hj e estou aqui como prometido <3
Espero que gostem <3

Leiam as notas finais <3

Capítulo 15 - Não Quis Te Acordar


Fanfic / Fanfiction Querido Chefe (Imagine Jimin BTS) - Capítulo 15 - Não Quis Te Acordar

S/N

Conversamos sobre coisas aleatórias até chegarmos no tal restaurante. Ele estacionou o carro e depois entramos lá, sentamos numa mesa mais ao canto.

-Então você gosto muito do Brasil, certo?

-Sim, mas sabe sempre tive vontade de morar aqui na Coreia.

-Entendo. E sua família?

-No começo não concordou muito mas depois de um tempo acabaram aceitando essa ideia. E até começamos a guardar o dinheiro pra eu poder vir pra cá.

-E você morava só no começo?

-Sim, num apartamento pequeno, mas bem útil.

Ele riu - Ah tá.

-Eu gostava de morar com minha família, mas morar só também é ótimo.

-Nunca morei sozinho mas passei boa parte da minha vida só, meu pai saia pro trabalho, minha mãe acabando com o dinheiro dele e eu ficava em casa.

-Lá em casa sempre tinha alguém no meu pé e acho que por isso sai, queria ter mais liberdade.

-Mas você não tinha amigos lá?

-Poucos.

Ficamos conversando e aquilo já estava ficando chato. Ele nem se quer falou do assunto de mais cedo, apenas tentou me impressionar como o Jimin falou.

-Na escola eu era o melhor em física.

-É mesmo? - sorri falsamente

-Era sim - sorriu convencido

Revirei os olhos sem que ele percebesse.

Depois de um tempo fui ver as horas no meu celular.

-Está ficando tarde. - disse

-É mesmo eu nem percebi - ele disse

-E o que achou do local?

-Gostei daqui. - sorri

-A comida também é ótima.

-Pois é.

-Bem, eu tenho que resolver umas coisas ainda hoje, sabe trabalho que não deu pra fazer.

-Entendo.

-Então acho melhor irmos para casa.

-Ok, vamos. - disse e levantei

Logo depois ele fez o mesmo, depois disso ele pagou tudo lá e fomos embora. Quando chegou ele parou e desceu também

-Obrigada pela companhia. - ele disse

-Obrigada também - sorri - Precisava sair um pouco, esquecer os problemas.

Ele sorriu - Eu também...

-Eu vou entrar, boa noite. - disse

-Boa noite. - falou e me abraçou

Depois que nos separamos do abraço eu entrei em casa.

Fechei a porta e me encostei na mesma - não iria aguentar por mais muito tempo... - suspirei - Ótimo, só desmentir essa teoria maluca do Jimin agora. - procurei pelo mesmo mas não o encontrei - Deve estar no quarto.

Fui até lá e bati na porta

-Pode entrar - disse

Abri porta e o vi meio que deitado na cama encostado na cabeceira assistindo qualquer coisa na televisão

-Não me viu chegar? - perguntei me aproximando

-Sim, eu vi. - respondeu sem me olhar

-Ok, cumpri minha parte do prometido.  - tirei os sapatos e joguei por ali

-Uhum - continuo sem olhar e mudando os canais da televisão

-O que foi? - perguntei ao percebê-lo diferente

-Nada.

-Te conheço. - persisti

-Não deveria ter deixado você ir com ele.

-O que? - tá isso engraçado, foi ele que mandou eu ir - Por que não?

-Teve que aguentar ele falando um monte de besteira né?

-É, mais ou menos.

-É por isso que não gosto de encontros.

-Verdade, nunca vi você ir para algum ou convidar alguém.

-É, eu não gosto.

-E por que não gosta?

-São muito chatos. Ainda mais por que as mulheres ficam falando o tempo todo.

-Isso não é verdade - falei indignada

-Todas as que eu sai são assim.

-Então você já foi de encontros? - sorri

-Alguns, mas raramente.

-Todos os encontros que tive foram um desastre. Esse foi o melhor até agora...

-Jura? - ele olhou para mim

-Acho que sim...

-Então foram bem ruins mesmo. - riu

-Para - bati de leve no seu ombro

Ele me olhou pro alguns segundos e depois desviou o olhar.

Sentei ao lado na cama bem próxima.

-Tá assistindo o que? - perguntei

-Nada, só passando aqui os canais. - falou tranquilamente sem se importar com minha presença perto dele

-Eu estou com sono - bocejei e depois deitei minha cabeça no ombro do Jimin

No começo ele ficou meio surpreso, sabia disso apesar de não ver sue rosto mas depois se acostumei com isso e sem perceber, eu acabei pegando no sono.

Jimin

Olhei para S/N dormindo encostada em mim, tão tranquila mesmo depois de tudo o que fiz a ela. Ela tinha um meio sorriso no rosto enquanto dormia. Sentia o cheiro ótimo que vinha dos seus cabelos. Ela confiou em mim, mesmo sabendo quem eu sou e isso é estranho pra mim mas acho que bom ao mesmo tempo.

Eu não queria acordá-la então apenas peguei no sono ali também.

No dia seguinte acordei e ela ainda estava dormindo, cutuquei a mesma no braço até acordar.

-O que foi? - perguntou sonolenta

-S/N preciso me arrumar pra ir trabalhar. - disse meio sem jeito ao ter que acordá-la

-J-Jimin? - ficou surpresa ao me ver

Olhou para os lados

-Por que estou no seu quarto?

-Você acabou dormindo e não quis te acordar. - disse com um sorriso de canto

Ela lembrou - Ah sim - sorriu - Me desculpe

-Não precisa se desculpar, está tudo bem.

-Bom acho melhor eu ir, nem tomei banho ontem depois que cheguei. - disse pegando os sapatos a bolsa dela que estavam no chão - Vou fazer o café da manhã.

S/N

Ele confirmou com a cabeça e sai do quarto. Cheguei ao lado de fora e senti minha pele arder, estava vermelha. Sorri, sabe aquele sorriso bobo e meio apaixonado. O que aconteceu? O Jimin que conheci o pouco tempo atrás nunca me deixaria fazer isso sem se aproveitar. Ele nem quis me acordar, isso é tão fofo.

Fui até o meu quarto e tomei um banho. Coloquei um short e uma blusa de listras brancas e pretas e depois desci pra fazer o café. Depois coloquei tudo na mesa.

Minutos depois Jimin veio já pronto para sair e sentou-se à mesa.

-O que você comeu ontem já que eu não fiz o jantar? - perguntei

-Qualquer coisa que achei na geladeira. - sorriu

-Ah tá - sem perceber estava corando de novo e ele percebeu

-Senta aí - fala para que eu tome café da manhã junto com ele

-O-Ok - digo e me sento no mesmo lugar da última vez

Não falamos nada durante aquele tempo e depois que terminamos ele levantou

-Eu estou indo S/N. - disse pegando as chaves do carro

-Tá ok - sorri e ele retribuiu  com um sorriso também

-Até - disse e saiu

Depois daquilo fiquei me lembrando do que ele disse. É talvez poderia mesmo ser o Jungkook, mas ao mesmo tempo eu acho que não... Com relação a isso estou muito confusa.

Fiquei contando as horas pra esperar o Jimin chegar, não sei se é porque queria ver se seu palpite estava certo ou porque queria vê-lo mesmo. E enfim ele chegou.

-Jimin - sorri ao vê-lo fechar  aporta atrás de si - E então?

-Te falo depois. - disse sem me olhar e subiu as escadas

Achei estranho. Será que ele estava errado? Também resolvi não perguntar nada...

Ele não falou nada nem durante o jantar. Foi para seu quarto depois.

Tirei a louça da mesa e lavei. Ao terminar fui para meu quarto, fiquei escutando música e arrumando minhas coisas que estavam uma bagunça.

Suspirei ao terminar, meu quarto estava como novo. Sorri ao ver tudo arrumado, o que é estranho já que eu sou meio bagunçada. Tomei um banho e coloquei meu pijama, fui ver a hora no celular. 11:00.  Resolvi me deitar na cama, desliguei as lâmpadas e deitei, mas não conseguia dormir.

-Melhor eu ir saber disso logo. - levantei indo até o quarto do Jimin

Bati na porta

-Entra. - escutei e abri a porta

-O que foi S/N? - perguntou enxugando o rosto com uma toalhinha.

Ele estava apenas com uma calça de moletom, sem camisa e o cabelo molhado. Corei mas respondi sua pergunta

-Me fala o que aconteceu... Estou com essa dúvida e ela não vai sair da minha cabeça

Fui até sua cama e sentei na mesma

Ele suspirou antes de responder - Bom... - começou cabisbaixo - Nenhuma foto. - sorriu vitorioso

-E se mesmo assim você estiver errado? - ele veio e sentou no outro lado

-Não estou.

-Como sabe?

-Fiz ele contar tudo...

-Sério? - perguntei sem acreditar

-Sim.

-Eu achei que isso não seria verdade. Mas já que você diz eu vou acreditar. - sorri

O silêncio tomou conta por alguns segundos mas ele o quebrou

-Ei... - chamo uminha atenção -Obrigada por confiar em mim e ir lá no encontro - percebi que já estávamos mais próximos

-Tudo bem...

-Sabe o que eu fiquei pensando enquanto você estava lá com ele?

-O que?

-Que eu deveria estar no lugar dele. - sorriu

-Até que não seria má ideia.

Quase não pude terminar pois fui interrompida por um beijo dele . No começo achei estranho mas fui cedendo e acabei correspondendo. Nossos corpos estavam juntos, levei minhas mãos até sua nuca e o trouxe mais perto de mim enquanto as mãos dele deslizavam sobre minhas costas.

Nós separamos, eu o olhei e não pude esconder um sorriso e ele também não. Logo nossas bocas estavam juntas de novo dessa vez num beijo bem quente e rápido...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Gente o Jimin ainda vai explicar tudo o que aconteceu entre ele e o Jungkook, ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...