História Querido Chefe (Imagine Jimin BTS) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Chimchim, Escrava Sexual, Jimin, Sexo
Visualizações 1.280
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal, desculpem não ter postado mais cedo <3
Leiam as notas finais

Capítulo 18 - Era Bom Demais Pra Ser Verdade


Fanfic / Fanfiction Querido Chefe (Imagine Jimin BTS) - Capítulo 18 - Era Bom Demais Pra Ser Verdade

Jimin

Voltamos para casa e depois de um tempo já era tarde e resolvemos ir dormir. S/N veio dormir comigo, mas apenas dormir mesmo. Eu não demorei a pegar no sono. Até que enquanto estava dormindo tive um sonho:

Sonho on :

Eu estava beijando a S/N no sofá, ela ria porque vez por outra parava e fazia cócegas nela. Eu ria também, estávamos bem felizes. Mas algo nos interrompeu, escutei alguém bater na porta...

-S/N vai lá. - disse com preguiça

-Mas da última vez foi eu...

-Por favor - pedi segurando sua mão

-Tá - bufou e foi

Ela demorou um pouquinho e logo me chamou

-O que fo... - não terminei tive duas armas apontadas para minha cabeça

-O que está acontecendo? - ela pergunta desesperada

-C-Calma - eu disse mas na verdade está mais nervoso que ela

-Ele vai conosco. - disse um policial e logo outros dois me algemaram

-Jimin o que está acontecendo? - ela pergunta com lágrimas nos olhos

-Eu vou explicar - disse um dos policiais - Park Jimin está sendo preso por lavagem de dinheiro. Um roubo que custa milhões. Pra pagar vamos levá-lo e tirar tudo que ele tem, as casas, carros de luxo. obras de arte, imóveis da empresa e até joias.

-O que vai acontecer comigo Jimin? - ela pergunta chorando

-Eu não sei - respondi cabisbaixo

-Está me abandonando Jimin? Por que nunca me contou nada? Como vamos ter uma futuro se você vai estar preso?

Sonho off

Preso... Preso... Como vamos ter um futuro?

Acordei assustado... Essas palavras ainda estavam ecoando em minha cabeça. Estava com a respiração rápida e suado e tudo por causa de um sonho... Melhor dizendo: Pesadelo.

Ainda bem que não era real. Olhei para ao lado e vi S/N dormindo tranquilamente. Espera... E se fosse real? E se esse sonho quisesse me dizer alguma coisa? Sentei na cama e fiquei imaginando e relembrando do sonho.

Levantei e fui até o escritório, mas com cuidado pra não acordar a S/N, procurei uns papéis mas não os encontrava. Revirei tudo até que achei os contratos que procurava. Os contratos reais e falsificados. Olhei tudo aquilo, não dava nem pra acreditar... A quantidade de dinheiro roubada era enorme. Voltei para o quarto com os números na cabeça, me sentei novamente na cama.

Tudo aquilo estava mesmo certo, eu não podia continuar com aquilo. Eu estava amando mesmo a S/N, na verdade ela não sai da minha cabeça, e dessa vez eu a amo por quem ela é e não pelo seu corpo, eu gostaria de ficar com ela para sempre mas quem eu era não permitia isso.

Suspirei fundo. Por que me permiti a isso? Meu maior medo, eu lutei por muitos anos contra ele e agora estava se tornando real. Jurei a mim mesmo nunca amar uma mulher para que ela não sofresse. A S/N me ensinou que o amor pode existir mas agora está tudo tão complicado. Estou praticamente falido, a qualquer hora aqueles policiais podem vir aqui em casa e me levar embora e ela como vai ficar? Não tem par aonde ir e não poderíamos ficar separados. Mais parece tão certo, estou tão apaixonado por ela, ver seu sorriso...

Sabia que isso iria acontecer, por isso nunca quis me envolver com ela, mas a gente não escolhe. E agora?

Isso é de partir meu coração, mas é melhor parar onde estamos... Não quero que ela sofra, se correr seu coração ainda pode encontrar outra pessoa antes de ficar apaixonada por mim. Vai doer em mim e nela também mas acho que é melhor...

-Jimin?

...Nos afastarmos ...

-S/N? Eu te acordei né?

-É... - ela riu meio sonolenta - O que foi? - se abraçou a mim

Só de pensar no que eu teria que fazer...

-N-Nada.

-Você não está bem. - passou a mão no meu rosto

-T-Tá tudo bem.

Ela ficou calada apenas voltou a deitar

-S/N?  -perguntei e ela virou-se para mim - Posso te beijar?

-Pedido estranho considerando é de madrugada mas pra você é sim. - sorriu

Tomei seus lábios num beijo calmo, eu queria que continuasse assim. E me deixei levar demonstrando todo sentimento e carinho que tenho por ela.

-Te amo Jimin - disse ao s eseparar

-Te amo muito também... -disse e a abracei

Depois ela voltou a dormir e eu continuei ali pensativo

S/N

Acordei cedo, levei minha mão para o lado a fim de sentir o corpo do Jimin mas não tinha ninguém ali. Estranhei mas encarei como nada demais. Fui para meu quarto e depois de tomar um banho vesti uma roupa qualquer, não ia sair mesmo. Agora ia fazer o café da manhã, Jimin deve estar fazendo vários nada lá embaixo.

Desci esperando vê-lo mas nada, não estava ali. Fui na cozinha, ela tinha feito o café da manhã. Mas por que será que tinha saído tão cedo para ir ao trabalho? Não sei... Ele deveria ter me avisado alguma coisa. Mas deve ter seus motivos.

Fiz o meu café e depois de tomar fui organizar umas coisas na casa. Fui no escritório do Jimin e me surpreendi

-Que furacão passou por aqui?  -olhei vendo tudo revirado

Sei que ele não gosta que eu fique aqui dentro mexendo nas coisas mas sinceramente esse lugar precisa de uma arrumação. Fui organizando tudo até que encontro algo curioso.

Fui observar com atenção, eram alguns contratos da sua empresa. Mas tinha algo estranho, tinha uns contratos verdadeiros e umas cópias por mais que essas cópias parecessem bem reais. Era como se ele tivesse trocado os documentos e na cópia tinham vários valores alterados, mais altos que o do outro papel.

-O que isso significa? - me perguntava mas como não sabia praticamente nada sobre essa empresa do Jimin deixei quieto e fui fazer minhas outras tarefas.

Escutei a campainha tocar. E adivinha só... Jungkook

-Oi S/N - ele estava meio diferente, meio triste acho

-Oi Jungkook - respodi de forma amigável

-Lembra que queria conversar com você...

-Claro.

-Podia ser agora? Não vou demorar - disse sério

-Pode falar - disse

-Eu vou me mudar para Londres... Por um tempo... Mais ou menos um ano por enquanto e queria te fazer uma proposta...

-Q-Que proposta?

-Queria que você fosse comigo... Sei que pode parecer estranho nós conhecemos a pouco tempo e tal mas queria sua companhia.

-Jungkook eu não posso aceitar. Por mais que seja uma ótima atitude da sua parte não vai dar. Fico feliz de te lembrado de mim mas sinto muito.

-Sabe S/N eu gosto de você... Mas do que uma amizade.

Ele foi tão fofo mas isso não muda o que sinto pelo Jimin, nunca poderia deixá-lo.

-E-Eu  não sinto o mesmo por você...

-Sabia... - ele riu cabisbaixo - Seria difícil mesmo.

-Como assim?

-O Jimin te conseguiu primeiro.

-Não tem nada haver com quem veio primeiro - fiquei irritada

-Fico feliz de pelo menos ter sido sincera comigo.

-E eu por você aceitar isso... Me desculpa...

-Tá tudo bem, ainda somos amigos pelo menos?

-Sim - o abracei

-Quando você vai? - perguntei

-Semana que vem. - disse com um sorriso de canto

-Vamos nos ver?

-Acho que não... - sorriu sem mostrar os dentes

-Então uma boa viajem.

-Obrigada. - ele disse e depois disso foi embora

Pensei um pouco naquilo, mas fiz a coisa certa com certeza. Jimin chegou do trabalho, eu estava ansiosa para vê-lo mas quando entrou nem falou comigo. Nem desceu pra jantar, passou o tempo inteiro no escritório. Alguma coisa estranha estava acontecendo e precisava descobrir o que era.

Me dei a liberdade d entrar sem bater, ele se assustou com minha presença

-Jimin... - me aproximei da sua mesa

-S/N... - falo meu nome num tom baixo e sem me olhar

-O que está acontecendo?Não trocou uma palavra comigo hoje...

-Nada demais. - falou meio grosso

-Sério?Nada demais? - ergui uma sobrancelha

-Olha quer saber da verdade... Não podemos continuar com isso...

-Isso o que Jimin?

-Nós dois... Não vai dar certo...

-Está dizendo que o que houve você quer esquecer?

-Isso mesmo.

-Eu te amo, me entreguei para você, confiei. E você me diz isso?

-S/N nós dois nunca vai dar certo.

-E por que não?Você não quer?É isso?

-Não é que eu não queria S/N...

-Então o que é? - estava saindo lágrimas dos meus olhos

-Eu não fui feito pra amar. Não quero te decepcionar, minha vida é uma farsa, é melhor paramos aqui.

-Você me fez te amar...

-Eu também te amo...

-E qual o problema então?

-Não te devo motivos, eu já pensei e essa é minha decisão. Vamos manter uma relação apenas patrão e empregado...

Aquelas palavras duras bastaram, eu estava arrasada. Sai dali limpando as lágrimas de meus olhos. Ele me enganou, conseguiu, conseguiu me fazer com que me apaixonasse por ele para que depois eu sofresse... Eu deveria saber... Era bom demais pra ser verdade...

 

 

 


Notas Finais


Não me matem, mas isso estava planejado. Vcs viram que a história (da separação) têm duas versões, Jimin tem medo de decepcioná-la e S/N de ter sido enganada. Mas calma que ainda vai ter explicação pra tudo...
Desculpem por estar meio confuso <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...