História Querido Destino - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Diabolik Lovers, Drama, Ecchi, Hentai, Humor, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Lemon, Mukamis, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Romance, Ruki Mukami, Sakamakis, Shoujo (romance), Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Suspense, Yaoi, Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 136
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo, pessoal.
Espero que gostem...
❤❤❤

Capítulo 8 - Um Relacionamento Masoquista?


Fanfic / Fanfiction Querido Destino - Capítulo 8 - Um Relacionamento Masoquista?

O sinal acabara de bater, todos seguiram em frente às suas salas e perceberam uma nova mudança, todos estavam na mesma sala.

-Como assim? Eu não posso ficar na mesma sala que estes idiotas. -Reiji disse indignado com a situação.

-Ei, sabe tudo, para de reclamar! Aliás, já vi que muitos sairão sem vida desta sala. -Yuma disse olhando para Shu.

-Cale a boca... -Shu disse revirando os olhos.

-Vamos olhar pelo lado bom, pessoal. -Ayato disse abraçando Yui.

-Lado bom? O que tem de bom em dividir a sala com imprestáveis?! -Megumi pergunta nervosa.

-Espera aí, senhorita certinha, você não é lá grande coisa, pelo o que eu saiba. -Mida disse olhando amargamente para a sua irmã.

-Garotas, se comportem por um minuto, por favor! -Ayame disse suspirando.

-Só quando essa certinha metida a besta parar de se achar tanto. -Mida disse cruzando os braços.

-Meninas, chega! Não quero que vocês voltem a ficar brigando como antigamente! -Emi disse já começando a se irritar.

-Que tal entrarmos logo nessa maldita sala? -Izumi disse revirando os olhos.

-Sim, vamos.

Todos entraram na sala e viram a professora quase dormindo na cadeira.

-Professora?

-Aff...Até que enfim chegaram, estavam em um casamento? -A professora perguntou se levantando.

-Não...Estávamos vendo a mudança de sala. -Reiji disse.

-Entendo, sentem-se e vamos começar as apresentações.

-Mas...O certo não é que a senhora comece a apresentação? -Megumi pergunta confusa.

-Senhora? Está me chamando de velha?

-Não exatamente é que...

-Shh, vamos começar, eu sou a nova professora de vocês, me chamo Anna. [Sim, além de celebrante e autora também sou professora! Aeee (Qual é o meu problema, senhor?)]

-Você...É mesmo uma professora? -Mida pergunta.

-Claro, quer ver o meu diploma?

-Não será necessário, mas...

-Mas nada, minha filha, agora apresentem-se, para começarmos a aula.

[X Quebra De Tempo X]

Depois de uma longa apresentação, a professora (XD) iniciou uma longa e tediosa aula de biologia. (Ahhh *-* parei)

Horas depois, o sinal havia sinalizado o horário de saída e todos os alunos saíram das salas, desesperados.

Todos foram à limousine e quando entraram, foi total tumulto, principalmente em relação a Yuma, que fez questão de perturbar e irritar Shu, mas o loiro tentou ignorar a ação do mesmo, enquanto Reiji enchia-se de felicidade vendo aquela cena.

Durante todo o trajeto, Mida e Laito ficaram discutindo e quase trocando tapas e os outros os olhavam totalmente confusos.

Ao chegar em frente à mansão, a maioria entrou pulando e quase quebrando os móveis da mansão.

-...Se toda vez que chegarmos for assim, esta mansão será destruída em uma semana! -Reiji disse suspirando.

-Devo concordar com você. -Megumi disse olhando-os com total indignação.

-Eu estou morrendo de sono, hoje foi bem cansativo. -Yuma disse bocejando.

-Cansado de que? Você não faz nada da vida. -Izumi disse revirando os olhos.

-Sabe, é porque socar a cara de uma certa pessoa, dá cansaço. -Yuma disse com um sorriso debochado.

-Que problemático... -Shu disse subindo as escadas, indo até o seu quarto.

-Certo, certo...Vamos dormir? -Megumi pergunta.

-Podem ir. -Reiji disse indo em direção à cozinha.

-Você não vai agora não, Reiji? -Izumi pergunta.

-Eu já vou, somente vou tomar um chá.

-Ah é, eu esqueci dessas frescuras do Reiji. -Ayato disse subindo as escadas.

-Cale a boca e vão dormir logo, amanhã terão que acordar cedo.

-Tanto faz.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Azusa e Ayame entraram em seu quarto e cada um deitou em sua devida cama, ambos dormindo rapidamente.

[X Quebra De Tempo X]

Pela madrugada, quase amanhecendo, Ayame acordou assustada, escutando alguns choros e gritos, quando levantou-se, viu Azusa se contorcendo na cama e gritando "pare" repetidas vezes.

A mesma colocou sua mão sobre o ombro de Azusa tentando acalmá-lo e logo o mesmo acorda totalmente assustado.

-Azusa, ainda bem que acordou.

-...Ayame...O que aconteceu...?

-Acho que você estava tendo um pesadelo, você estava gritando e se contorcendo...

-Desculpe-me por isso...

-Você não precisa se desculpar, quer que eu busque um copo de água?

-Não precisa...Acho que consigo dormir...

-Tem certeza?

-Hum...Posso te pedir um favor...?

-Sim, peça.

-Durma comigo...

-Hum? Não sei se é uma boa idéia. -Ayame disse olhando-o confusa.

-Não se preocupe...Será somente hoje...

-Tudo bem, somente hoje.

Ayame deitou ao lado de Azusa, ambos ficaram se encarando, até que Azusa pergunta:

-Ei...Você gosta de mim...?

-Hum? Por que está me perguntando isso?

-Somente me responda...

-Sei lá, não tenho nada contra você.

-Não fuja da pergunta...

-Hum, acho que sim, tanto faz.

-Então...Você gostaria de ser marcada por mim, não é...?

-Espera um pouco, eu não sou esse tipo de garota não!

-Isso é o que veremos... -Azusa disse colocando suas presas perto do pescoço de Ayame.

-Pode parando, Azusa!

-Silêncio... -Azusa fincou suas presas no pescoço de Ayame e a mesma fazia de tudo para soltar-se, mas Azusa era mais forte.

-Isso dói, me solta!

-É doloroso...? Isso realmente significa muito...Principalmente por seu sangue estar quente...

-Idiota! -Ayame disse dando um chute em Azusa.

-Mmm... -Azusa soltou a garota no mesmo instante e arregalou seus olhos.

-Não pense em fazer isto novamente! -Ayame disse dando um tapa no rosto de Azusa.

-Ah...Você pode me bater mais? -Azusa disse sorrindo.

-O que?!

-Quero que você me bata...A dor é a única coisa que realmente me importa...

-Você está louco! Eu não vou te bater mais, somente fiz isso para me deixar em paz.

-Então...Se eu não te deixar em paz...Você vai me bater? -Azusa disse acariciando a bochecha da mesma.

-Talvez.

-Fico feliz de saber isso...Tenho que admitir que você é adorável, Ayame-Chan...

-Eu não imaginava que você era tão masoquista, isso é estranho.

-Um relacionamento masoquista...Seria perfeito...

-Azusa, não diga besteiras! Eu não tenho paciência para este tipo de coisa!

-Hum...

-Agora, se me dá licença, vou à minha cama e irei dormir que ganho mais.

-Durma bem... -Azusa disse deitando em sua cama.

-Digo o mesmo para você, Azusa. -Ayame disse revirando seus olhos e logo em seguida deitando em sua cama, pegando no sono rapidamente.

Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...