História Querido Diário - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Harry Potter
Tags Draco X Harry, Drarry, Pinhão
Exibições 418
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Saga, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


*As partes Sublinhadas são palavras que o Draquinho riscou, já que diário algum não possui esses erros basicos ;3

Capítulo 3 - Capítulo Dois


14 de Novembro de 1995

 

Querido Diário.

 

Cá estou eu novamente prosseguindo com toda essa baboseira. Mas acredite, diário, nem eu esperava que fosse continuar a escrever... Arght, tudo culpa daquela vaca vara nojenta que me abandonou porque encontrou um namorado. Vadia. Eu estou feliz por ela sabe? Mas é que eu me sinto tão solitário agora... Eu só queria um am... Estou mesmo, de verdade... A propósito, gostaria que ela pegasse toda essa felicidade dela junto com a melação diabética e enfiasse no cu, você sabe onde...

 

Mas não vamos falar daquela magrela escrota... Hm, tive um sonho estranho hoje, diário... Novamente meu maldito passado me assombra! Tsc, e quem diria que justo eu teria pesadelos e acordaria chorando igual uma menininha? Sabe, acho que devo admitir que é bom ter um diário... Nunca pude contar esse tipo de coisa para P. É tão constrangedor que eu teria que lançar um Obliviate nela logo após...

 

Mas continuando, diário... Essa é uma lembrança de quando eu tinha cerca de 8 anos. Mesmo nessa época, meu pai queria que eu fosse o melhor dos melhores quando chegasse em Hogwarts, então ele me contratou um professor particular... Daniel, era o nome dele... Daniel foi o meu primeiro em todos os aspectos...

 

Lembro-me que eu havia ficado  encantado a primeira vez que o conheci... Aqueles cabelos negros, olhos verde-azulados, uma inteligência descomunal... Eu o admirava mais que meu pai. Ele era gentil comigo... Mas depois de um tempo ele se tornou gentil até demais...

 

Meu pesadelo foi de quando eu percebi que sua gentileza queria algo em troca... Eu... ele...  Foi de quando ele me tocou pela primeira vez... Ele estava me ensinando história da magia quando sua mão deslizou sobre minha perna e eu vi seu sorriso malicioso... Mesmo que tivesse noção de que coisas como isso aconteciam, eu ainda era inocente demais para perceber que estava acontecendo.

 

Lembro-me que... Que eu senti seus... Seus dedos me tocarem, sabe? Merlim, estava tão assustado... E então ele se aproximou da minha orelha e começou a sussurrar atrocidades que tento ainda esquecer enquanto suas imundas mãos percorriam em meu corpo... Você é bem bonitinho sabia... Gostaria tanto de meter fundo em você... Você daria uma ótima garota... Seu corpo é tão lascivo... Ninguém nunca acreditaria se você contasse isso a alguém...

 

Sonhei sobre essa primeira vez... E não, não foi a única vez... Tsc, eu... Eu tenho que ir diário...

 

 

-º-

 

Harry terminou de ler a segunda página horrorizado! Ainda podia ver as marcas de lágrimas secas enfeitando a página do diário... Céus, como Potter queria saber quem é esse menino! O grifinório nunca sentiu tanta empatia e vontade de abraçar alguém e dizer que está tudo bem, que não foi culpa dele... E claro, se encontrar com Daniel para dar uma boa surra à la trouxa.

 

Suspirou e abraçou o pequeno livro negro. Quem seria esse garoto tão frágil e solitário? Com certeza era um Lufano... Lufanos são sensíveis e tudo mais. Ou então um Corvinal... Corvinais são inteligentes e o dono do diário com certeza conseguiu ser o melhor dos melhores! Talvez um Grifinório também... Afinal, precisa-se de muita coragem para conseguir suportar todo o peso dessas duas páginas Mas Harry Potter tinha uma certeza: nunca na vida essa pessoa seria da Sonserina.


Notas Finais


Eu jurava que eu tinha postado o capítulo 2, mas quando eu fui ver, não tava postado D:, então resolvi deletar os outros capítulos (com muita dor no coração), pra poder ficar na ordem ;-;.

Postei todos até o capitulo 13 (que é onde terá minha explicação do porque eu demorei tanto para postar).
Esse aviso será repetido até o capítulo 13 :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...