História Querido Diário! - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Justin Bieber, Lily Collins
Personagens Justin Bieber, Lily Collins
Tags Justin Bieber
Exibições 219
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


BOA LEITURA

Capítulo 17 - Consequências


         Morgana Castiel P.O.V

- Você vai ficar bem mesmo?- assinto envergonhada. Mal consigo olhar pro Austin.

-Por favor Austin. Vai. Nos se vermos a noite. Por favor mesmo .- aperto meus dedos tão fortes que o nó fica branco.
  Ele dá um beijo no topo da minha cabeça e sai.

-Você está com bastante raiva ne?- olho pra Pietra com os olhos semicerrados.

- Pietra , porque você não me impediu? Poxa!- grunho de raiva.

-Você estava fora de controle. Desculpa.- pede.- Mas foi engraçado. - agarro minha toalha e vou pro banheiro batendo a porta.

  Chorar eu não vou. Tô cansada , ultimamente é a única coisa que mas tenho feito. Mas também não sei como lidar.
  

-Desculpa vai...- ela bati na porta.

-Tudo bem...Não posso te culpar por um erro meu. - digo e saiu novamente. - Vamos pra aula ne.- aperto os lábios pra não soltar um soluço.

Visto meu fardamento e saiu com Pietra em direção ao refeitório. Mal olho para a cara de ninguém.
  Assim que entro Justin vem em minha direção,  apresso meus passos deixando Justin para tras . Pietra me acompanha e senta comigo.

-Fugir não adianta nada.- ela diz.

- Queria ver se fosse você no meu lugar - digo em um sussurro. - Desculpa, mas não é  fácil lidar com isso. Nunca pensei que fosse passar ou fazer uma coisa dessas.-

-O poder da Vodka.- diz rindo.

-Olha meus queridos colegas do internato. Aqui quem fala é  a adorável Kate Vultron. Irei contar uma linda história de uma colega nossa.- franzi o cenho. - Morgana Castiel. A nossa Morganinha. - arregalei os olhos.

-O que ela está aprontando? -

-Alguma coisa que te ferre , como você fez com ela.- Claro,  ontem acabei com seus segredinho.

-Vamos ver...Um . Aqui.- ela diz e me tremo por inteira.- tem o meu melhor amigo...O Justin.  Deixei pra falar dele por último por que é complicado. Sou apaixonada por ele.
  Isso nunca ,mais nunca deveria ter acontecido.  Além dele ser meu melhor amigo ele tem namorada a Kate Vultron.  Uma loira peitudo de olhos azuis,  ela é  linda e esse é um dos problemas. Justin nunca largaria ela pra ter olhos pra mim, feia e bolsista. Eu sei que ele a ama. Alem de tudo Justin  me enxerga como a irmã mais nova , só isso mesmo.  É legal as vezes porque tem uns ciumes bobo que me faz rir. -

Todos me olham e eu sinto vontade de vomitar. Aperto meus lábios mas isso não impede da lágrima pular dos meus olhos.

 

   -  Acharam muito? Espere até ouvir isso. - ela gargalha -

    Estou me tornando uma pervertida,  onde já se viu . Fico imaginando o tamanho do pênis de Justin e Austin. Devem ser grandes e lindos , com toda a certeza.
  Hoje descobri que a alguns dias mais pessoas leram você,  Dominique, tudo bem não me importei , mais agora tenho a certeza de que você não está escondido o suficiente debaixo do meu colchão.
  Ela me disse que o Justin estava me usando pra causar ciúmes na ex namorada ( é tão bom escrever "ex" relacionado a Kate). Não consigo imaginar que o meu amigo seja capaz disso,  mais também não consigo tirar essa hipótese da minha mente. Tenho que deixar claro pra mim mesma: Justin Bieber é seu amigo , ele jamais faria tamanha crueldade.
  Pronto agora só falta engolir de fato, mais eu consigo.

  Tenho que admitir o Austin está conseguindo chamar a minha atenção de alguma forma e não é porque o vi seminu- sim Meu Deus eu o vi seminu e que corpo é aquele ....É Deus no céu Austin e Justin na terra . Amem- mais porque ele é um tipo de garoto que conseguiu cativar a minha amizade e a minha admiração.
  Isso é bom?! 

-Uau. Morganinha. Que maliciosa em...- diz rindo.

-AAAAAH. - Me levanto com muito raiva e empurro a mesa no chão.

-Eita porra. MORGANA.- grita Pietra.  Mas estou ocupada demais despistando de Justin e indo atrás daquela vadia peitudo.

  Corro pelo corredor e avanço até a sala principal. Abro com força a porta e a mesma leva um susto. Arranco o fio da tomada e não sai mas som. Com o fio eu lapiu seu rosto onde no mesmo instante corta seu supercilios.  Ela grita de dor e eu não sinto pena. Só ódio.

-Sua filha da puta. - defiro tapas seguidos em seu rosto . Ela tenta se defender mas não consegui.

  Minha cintura é puxada e me arrancam de cima dela.

-ME SOLTA. EU VOU MATA-LA. -  digo ofegante.

-Morgana, se acalme.- Justin diz e me aperta.

-As duas na minha sala.- diz o diretor e eu me assusto. Ah droga.

  Justin me põe no chão e eu sigo o babaca do diretor. Piso forte no chão que faz um eco alto. Meu coração tá gritando de dor.

Entro e me sento na cadeira.  Me controlo pra não bater nela de novo quando se senta ao meu lado.

-Diretor...A culpa foi dessa louca. - ela diz.

-Minha?  Você que roubou meu diário e leu em público. - rosno.

-CALEM-SE. - Aspen bate na mesa e grita.- Vocês duas sempre estão nessa briguinha patetica.- ele diz e eu rolo os olhos.- Mas agressão física foi passar do ponto.- engulo a seco.- Você está expulsa e  não tem volta dessa vez.-

-O QUE ?- grito. - E ELA ? ELA FURTOU UM OBJETO MEU.-

-Não tem mas conversa senhorita. - Fala.- Já estou te guardando a tempos. -  Vou ligar para seus pais. Amanhã não quero mas a senhorita aqui. - Me levanto e saiu batendo a porta.

  Me encosto na parede e ponho as duas mãos no rosto.
  Estou perdida,  meus pais vão me matar.

-Achou que podia mesmo comigo ne. Trouxa.- Kate diz quando sai da sala.

-Eu estou aqui. - diz Pietra e pisca pra Kate que sai rolando os olhos.- Esta tudo bem?- pergunta me abraçando.

-Acabou...Eu fui expulsa. - me aperta mais forte e eu desabo em lágrimas .

-Morganinha..- aperto mas ela quando escuto essa voz e me solto dela.

-Justin agora...- interrompo Pietra.

-Tudo bem amiga. - ela da de ombros e sai.

- Aquilo que ela falou...- assinto.

-É verdade. É tudo verdade. Sempre fui uma tola que sempre te amou em silêncio,  que sempre sofreu e estava do seu lado com um sorriso no rosto. Quem você nunca valorizou...- digo alto chorando.- Mas agora não se preocupe meu querido. Você vai ficar livre pra ir atrás da sua amada. Eu fui expulsa.- digo.

-Meu Deus...Morganinha.- essas suas palavras me decepcionam mas ainda. No fundo , ainda tinha esperança de um...Eu também gosto de você.

-É a vida.- limpo minhas lágrimas e enxugo minhas mãos na saia
 
  Dou as costas e saiu com  a garganta fechada


 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...