História Querido diário - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Visualizações 13
Palavras 582
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Querido diário


S/n

Você já se pegou uma vez na vida perguntando para si mesmo como é se apaixonar verdadeiramente por alguém? Se a resposta é sim e se você têm apenas dezoito anos assim como eu minha resposta é esperar mais um tempo.
  O amor e a paixão fazem com que você cometa erros jamais feitos por sua "autoria", e claro que essa minha experiência mirabolante iniciou-se quando Jeon Jungkook chegou a escola. Ele não usa óculos fundo de garrafa e nem aparelho. Seu uniforme é um pouco mais formal do que o habitual que usamos no segundo ano do ensino médio.
  Me parece que foi considerado um dos melhores alunos do colégio e pretende estudar numa universidade de grande porte. Pelo contrário do que pensei achei que seria popular por causa da aparência e também pelas ideias construtivas. Pela primeira vez julguei alguém sem antes nem conhecer. Mas assim que derramei a única lágrima vista pelo maior soube que sua futilidade não existia naquele mundo repleto de sabedoria e seriedade.
  Já não sei mais o que fazer, isso começou desde o ano passado. Sempre que o vejo é como se uma velinha aromatizante fosse acendida dentro do meu coração. As minhas notas nas matérias começaram a melhorar, tudo isso graças ao mesmo esforço: Kookie!
  Talvez devesse parar de pensar nessas expectativas idiotas, sabemos que isso não vai acontecer. Além disso, me parece que Jiyeon está de olho também.
  É errado eu me sentir como uma criança birrenta? Talvez seja, mas por enquanto eu não me importo com isso.


Estimando uma meta!


  Diário, meu companheiro fiel de todas as horas. Minha meta durante este ano é sair em um encontro com Jungkook. Mas me parece que isso não vai dar muito certo como desejo.
De qualquer forma eu não irei desistir dele.
  "Eu sou uma borboletinha voando solta por aí", como dizia minha finada vó.
  Aquele sonho infantil tornou a me rondar. Sinto que fomos feitos um para o outro. Mas não posso arriscar.
Será que um dia ele vai me corresponder  Com carinho, S/n.


────────────────


  — O que está fazendo tão entretida diante deste livro? — Perguntou tirando seus óculos após terminar seu livro que levou praticamente um mês para ser completo.

  — Não é um livro — Afirmo encostando a cabeça no travesseiro. — É um diário. Ele é muito especial pra mim e pretendo dar para nossa filha assim que começar a aprender escrever.

  — Oh s/n. Hoje em dia estas crianças não se importam muito com formas de expressão em um caderno desgastado. Não vá além do limite.

  "Acontece que você também era além do limite e nem por isso desisti de nós dois."

  — E cada vez que fica mais velho, fica mais mal-humorado, não sei como fui me casar com você.

  — Você me ama.

  — Verídico! — Argumentei rápido dando risada do debate.

  O homem depositou um beijo rápido nos meus lábios e se virou de costas dizendo um boa noite com a voz rouca, demonstrando cansaço após um longo dia de trabalho.
  Enquanto pregava no sono resolvi relembrar os velhos tempos. A juventude nunca morre e, obviamente, a minha é bem viva. Como o vermelho do sapato de salto alto que ocupei na nossa ida até os Estados Unidos, ou como o vermelho do batom que uso todos os dias apenas para ser uma mulher de devida maturidade.
  Mas isto é apenas um detalhe. Assim como tudo acaba, a vida tem sempre um novo recomeço.


────────────────




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...