História Querido Diário (Suga e JungKook) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Suga
Exibições 147
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee! O capitulo TÃO esperado está ai! *momento leitura de pensamentos* eu sei que só o fato de ler esse titulo já te deixou empolgadinha neh naum miga? Haushsus, não queria dar um spoiler TÃO grande, mas neh... Eu sei que muitas de vcs me odeiam pq eu sou uma pessoa que adora enrolar "PRECISOU DE 20 CAPS PRA DAR O BEIJO MEGIN" (ss, esse vai ser o nome do shipp)... Mas é q eu gosto que as coisas aconteçam naturalmente... Não de repente, tenderam? Acho que sim.
Muito obg pelos comentários no caps anterior, amo vcs ❤❤
Chega de enrolar, e LÁ VAMOS NÓS (pensem agr naquela bruxa do pica-pau que disse isso tentando voar em umas 100 vassouras) amei esse episódio! Shsusha
CHEGA! GO!

Capítulo 20 - Primeiro Beijo?


Fanfic / Fanfiction Querido Diário (Suga e JungKook) - Capítulo 20 - Primeiro Beijo?

" Ela estava com a blusa do BTS, dançando de costas pra eles, deixando a mostra suas costas, onde estava escrito… Ah não!"

                     POV'S MEGAN

~Megan, 20:00, casa~

  Kook e Elena não haviam chegado, então eu estava olhando a página no YouTube da minha antiga escola de dança. Por que? Não sei, só… Acho que deu saudades. E lá tinha um vídeo um tanto antigo. De uns 7 meses atrás, onde eu estava dançando Dope sozinha com a minha camisa da BTS. Eu não sei porque, mas me deu uma saudade daquele tempo, saudade de dançar daquele jeito… de me sentir livre. Não pensei duas vezes. Coloquei minha blusa, peguei meu pen drive e conectei a grande caixa de som da sala. As músicas da BTS começaram a tocar. Não era como dançar nos shows, ou nos ensaios… Era melhor. Eu me sentia livre, e não me importava de improvisar alguns movimentos, mesmo sabendo a coreografia de cór.

   Eu estava dançando a uns 20 minutos, mas tinha energias para dançar mais 20! Eu estava animada, não sei porque. Enquanto eu dançava Fire, saí da minha zona de conforto assim que escuto a voz de JungKook atrás de mim.

_DESCOBRIMOS QUEM É O BIAS DELA! - gritou Kook. Me virei e vi todos os garotos parados na porta, me olhando com um sorriso malicioso nos lábios. Eu não fiz cosplay de tomate. Foi pior. Só faltava sair fumaça das minhas orelhas de tanta vergonha. Fitei o chão envergonhada. Por que eu fiz isso? Por que não parei 2 minutos para pensar nas consequências? Por que eu não me controlei? Por que o YoonGi estava sorrindo? Quê? Ele estava sorrindo pra mim, SORRINDO! Mas não era um sorriso malicioso como dos outros membros. Era um sorriso orgulhoso e… Feliz? Eu estava envergonhada demais para me importar com isso. Olhei para os meus pés.

_D-desde quando v-vocês estão ai? - perguntei gaguejando.

_A uns 5 minutos - respondeu Hoseok.
 
   Arregalei os olhos, e do nada, por instinto, sai correndo até o meu quarto. Entrei e bati a porta. Coloquei as mãos nos cabelos. Droga, droga, droga, droga, droga, droga… O que foi que eu fiz? Fui até a sacada e encarei as luzes da cidade. Ouvi a porta se abrir e Elena veio até mim:

_Tá tudo bem? - perguntou colocando a mão no meu ombro.

_Não… Sim… Não sei! - falei me escorando na grade da sacada.

_Por que você fez aquilo? Só pode ter abobrinha na cabeça mesmo.

_Hey! Eu só… Estava sentindo falta e… Eu não sei! Achei que quando eles disseram "a noite", achei que fosse umas 22:00, não 20:00.

_É… Você realmente tem abobrinha na cabeça.
  Ficamos em silêncio por um tempo.

_E agora? - perguntei.

_Vai da tudo certo. Relaxa. Comigo e com o Kook foi de boas.

_Tá! Mas você e o Kook não se odiavam, ou odeiam, não sei…

_Por que está tão preocupada com isso?

_Talvez só porque os 7 garotos com quem vamos passar 2 anos descobriram quem é meu "Crush", e vão me atormentar pro resto da vida por causa disso - coloquei a cabeça nas mãos.

Antes que Elena respondesse, ouvimos batidas na porta. Olhei pra ela com os olhos arregalados. Ela sorriu e foi até a porta. Abriu uma frestinha e saiu do quarto, dando espaço para outra pessoa entrar. YoonGi. Agora eu realmente estou ferrada.

_Posso entrar? - perguntou.

_Você já entrou - respondi voltando minha atenção para as luzes da cidade. Ouvi sua risada nasal e vi sua silhueta vindo até mim. Ele se escorou na sacada ao meu lado.

_Não é justo - falou.

_O quê?

_O quarto de vocês tem a vista mais bonita que o meu.

   Sorri.

_Camisa legal - falou me olhando com um sorrido brincalhão nos lábios.

_Nem fale - sorri e coloquei as mãos na cabeça.

  O sorriso dele foi substituído por um olhar sério, porém profundo. Foi só ai que eu percebi que os cabelos ruivos deram lugar ao preto, que sinceramente deixaram ele bem mais… Sexy? Pera quê? Ele se aproximou devagar (Ai meu santo), e eu fui dando passos involuntários para trás, até que sinto minhas costas se chocarem com a parede. Ele não parava de se aproximar. Eu queria, mas estava com medo, mas também não estava com medo, estava nervosa… Nem eu sei. Ele colocou uma mão na parede, e quando pisquei, seus lábios estavam nos meus, em um beijo doce e calmo. Depois de um tempo, nos afastamos, e ele colou nossas testas.

_Se você soubesse quanto tempo eu estava esperando por isso… - falou sorrindo. Não deixei de sorrir também.

_Então porque só agora tomou a iniciativa?

_Por que eu queria ter certeza que você gostava de mim.

   Mordi meu lábio inferior. Isso era fofo… Um pouquinho incomum… Mas fofo. Ele me beijou de novo, e eu passei minhas mãos pelos seus cabelos e ficando na ponta dos pés (desvantagens de ser baixinha). Paramos quando ouvimos a porta se abrir.

_Meg, Hyuk-ssi mandou escolhermos uma cor para nossas falsas mechas de cabelo, eu tava pensando em azu… Opa… Atrapalhei alguma coisa?

_Não - falei.

_Sim - falou Suga no mesmo momento que eu. Nos olhamos com os olhos arregalados.

_Sim - falei.

_Não - falou Suga novamente no mesmo momento que eu. Nos olhamos com espanto de novo e percebi Elena dando um sorrisinho.

_Ele já tava de saída - falei o empurrando até a porta.

_Estava? - perguntou ele.

_Sim, estava - sorri e Fechei a porta. Elena contou 1…2…3…4…5… nos dedos e deu um grito.

_SSSHHHH! PELO AMOR DE DEUS CALA ESSA MATRACA! - falei tapando a boca dela.

_FINALMENTE!! TÃO NAMORANDO, TÃO NAORANDO…

_ELENA LANCHESTER, SHIU! AGORA!

_MEGIN, MEGIN, MEGIN, MEGIN, MEGIN!

_Já acabou? - perguntei cruzando os braços.

_Não… MEGIN… Deu, agora acabei.

   Revirei os olhos.

_Vai me conta tudo! - falou se sentando na cama, fazendo um sinal para eu me sentar ao seus lado.

   Contei toda a história pra ela, sem deixar de fora nenhum detalhe.

_Ah que foffooooo - ela fez aegyo.

_Eu seieeeeee - falei fazendo Aegyo também. Sorrimos - mas então… Qual é das mechas coloridas?

_Hã? Ah, não tem mechas coloridas. Foi só uma desculpa pra mim entrar aqui e ver se vocês estavam se beijando - ela deu um sorriso vitorioso.

_Idiota - falei sorrindo.

   Ela me jogou um travesseiro. Arremecei ele devolta, e ela foi até a cozinha ajudar Jin a fazer o jantar. Não sei porque, mas peguei meu diário e comecei a escrever:

"Querido diário…

   Hoje, eu tive a sorte de sentir o "gostinho" do amor… Ah, é tão bom! Acredite, desde que mamãe e papai se foram, foi difícil pra mim desenvolver um amor por alguém. Além de meus parentes e Elena, eu não tinha mais ninguém para amar. Mas esses 7 garotos desajeitados entraram na minha vida, me fazendo ama-los. Mas… Tem uma pessoa em especial, que eu amo, mas de uma maneira diferente. É um amor que eu julgo ser real, pelo menos da minha parte. É um amor que é bom sentir. Eu estou gostando. Um simples beijo me fez derreter totalmente. Isso me fez perceber que é um amor de verdade. Um amor que faz as pernas virarem gelatinas, que faz o estômago se encher de borboletas, e faz uma eletricidade percorrer o corpo. É um amor que me faz arrepiar só de ouvir sua voz… É um amor que eu não quero me recusar a sentir. Um amor que até meses atrás era platônico, ou seja, impossível, um sonho… Mas com essa mudança repentina na minha vida, percebi que os sonhos podem se tornar realidade, por mais abstratos e sem sentido que sejam "


Notas Finais


Postei e saí correndo. O que será que vai acontecer no próximo capítulo? Eles vão agir como se nada tivesse acontecido? Ou vão ter uma relação mais... Séria? PAAH! Lancei perguntas pra vocês, e vou querer sentir cruiosades pairando nos comentários ahajahsushs
(Desculpem pelo meu estado hoje, tomei Toddynho demais :') )
Kissus 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...