História Querido Vampiro - A paixão de Mia - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rebelde, Supernatural, The Vampire Diaries
Personagens Castiel, Chuck Shurley, Damon Salvatore, Dean Winchester, Elijah Mikaelson, Guadalupe "Lupita" Fernández, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Lúcifer, Mia Colucci Cárceres, Miguel Arango Cervera, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Drama, Rbd, Romance, Supernatural, Suspense, The Vampire Diaries
Exibições 9
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Eu te amo...


Fanfic / Fanfiction Querido Vampiro - A paixão de Mia - Capítulo 7 - Eu te amo...

Pov's Dean:

Seguimos a trilha de sangue mas não encontramos nada

- Vamos voltar, já tá quase de noite e eu não quero que a Mia tenha ataque de pânico novamente - Derrick disse

- Como assim novamente? - Sam perguntou

- Mia desde pequena tem ataques de pânico, toda noite acordava gritando vocês dois e chorava como se um rio estivesse saindo pelos olhos dela - Derrick disse 

- Ok...Vamos voltar - Falei e Sam foi na frente com Derrick e Kol e eu ficamos atrás 

- Você sabe que foi um erro ter deixado esses dois - Kol disse 

- Sei, e por isso me culpo todos os dias - Falei

- Não se culpe, se isso deveria acontecer, foi o melhor - Kol disse calmo 

Chegamos no acampamento e todos estavam sentados em troncos de árvores ao redor da fogueira acesa

- Sentem - Damon disse 

Olhei em volta e Mia nem minha mãe estavam

- Elas estão na barraca, Mia se sentiu mal e Mary foi cuidar dela - Klaus explicou

- Vou dar uma olhada nela, com liçensa - Falei e fui a caminho da barraca de Mia e minha mãe

Entrei e vi Mia meio que no colo de minha mãe enquanto ela cantava um música que eu conheço bem, Always On My Mind do grande Elvis Presley 

Talvez eu não tenha te tratado
Tão bem quanto eu deveria
Talvez eu não tenha te amado
Com tanta frequência quanto poderia
Pequenas coisas que eu deveria ter dito e feito
Eu simplesmente nunca tive tempo
Você sempre esteve em minha mente
Você sempre esteve em minha mente

Talvez eu não tenha te abraçado
Em todos aqueles solitários, solitários momentos
E eu acho que nunca te disse
Eu sou tão feliz por você ser minha
Se eu fiz você se sentir em segundo lugar
Garota, eu sinto muito, eu estava cego

Você sempre esteve em minha mente
Você sempre esteve em minha mente
Diga-me, diga-me que seu doce amor não morreu
Me dê, me dê mais uma chance
Para mantê-la satisfeita, satisfeita

Pequenas coisas que eu deveria ter dito e feito
Eu simplesmente nunca tive tempo
Você sempre esteve em minha mente
Você está sempre em minha mente
Você está sempre em minha mente

Mia chorava no colo de minha mãe e a mesma limpava todas as lágrimas de Mia...Acho que isso foi uma das coisas que ela nunca pôde fazer comigo ou com Sammy

- Vai ficar tudo bem...Eu sei que ele dirá: Você está sempre em minha mente...É só ter paciência Mia - Minha mãe disse - Mesmo ele sendo muitos anos mais velho e sendo o "irmão" da sua irmã, ele te ama querida

- Mas e se ele não quiser tia Mary? E se estou fazendo tudo isso atoa? Esse sofrimento que estou sentindo, aguentar a mulher e a filha do Damon no mesmo lugar que eu, ver meus tios a tratando como uma verdadeira sobrinha, dando atenção para ela e esqueçendo que eu que sou a filha da Katherine irmã deles, me entende? - Mia disse 

- Querida...Eu sei, eu entendo... - Mamãe disse acariciando os cabelos de Mia - Eu entendo

- Eu só quero que isso tudo pare...Só quero que ele me ajude a parar tudo isso...Mas sem ele não consigo - Mia falou 

- Eu sei...Mas ele vai querida, ele vai - Mamãe disse e olhou para mim que ainda estava travado na entrada da barraca 

- Mas por que ele não me diz se vai ou não tia? - Mia perguntou - Por que? 

- Mas ele vai dizer - Mamãe disse e sorriu para mim se levantando junto a Mia - Entra Dean

Mia escondeu o rosto atrás de minha mãe e a mesma saiu de sua frente 

- Vai ficar tudo bem, conversem - Mamãe disse e saiu da barraca

Entrei e Mia me abraçou chorando 

(Gif nas notas finais)

- Hey...Tá tudo bem - Falei - Tá tudo bem ok? Tudo bem 

Ela se soltou e abaixou o rosto 

- Vem vou te botar pra dormir, como faziamos antes - Falei me sentando - Vem 

Mia se sentou ao meu lado e se deitou, me deitei ao seu lado e a cobri com um lençól perdido que havia ali 

- Dorme...Tenta dormir meu amor -  Falei e Mia fechou os olhos, começei a cantar Are You Lonesome Tonight - 

Você está solitária hoje?
Sente minha falta esta noite?
Sente por nós termos nos distanciados?
Sua memória te leva para um claro dia ensolarado,
quando eu lhe beijei a lhe chamei de querida?
As cadeiras de sua sala parecem vazias e sem propósito?
Você olha para a porta e me imagina ali?
Seu coração está cheio de dor? será que eu voltarei?
Diga-me querida, você está solitária esta noite?

Eu me pergunto se você está solitária hoje...
Sabe, alguém disse que o mundo é um palco
e cada um deve atuar o seu papel
O destino me fez atuar tendo você como minha amada
o primeiro ato foi quando nos conhecemos, te amei á primeira vista
você leu suas falas tão brilhantemente e nunca perdeu uma deixa
então veio o ato dois, você parecia diferente e atuou estranhamente
e o porque, eu nunca irei saber
Querida, você mentiu quando disse que me amava
E eu não tinha razão para duvidar de você
Mas eu prefiro continuar ouvindo suas mentiras
A continuar a viver sem você
Agora o palco está inutilizado e eu estou aqui parado
Com o vazio á minha volta
E se você não irá voltar pra mim
Então faça com que baixem as cortinas

Seu coração está cheio de dor? Será que eu voltarei?
Diga-me querida, você está solitária está noite?

Mia me abraçou de lado e vi alguem abrir a barraca

- Ela está bem? - Klaus perguntou baixo

- Sim, agora está dormindo - Falei observando Mia dormindo 

- Ela continua a mesma menina de sempre, só mudou o rosto e o tamanho - Klaus disse - Você sabe que ela tem um sentimento diferente por você do que tem por mim, Sam, Kol, Kai, Elijah, Damon

- Sei Klaus - Mas ela é minha sobrinha, anos mais nova...Eu não poderia, eu vejo ela como uma criança Nik

- Mas ela não Dean, ela gosta de você mesmo com tudo isso, eu nunca pensei que diria isso mas...Ela te ama garoto

- Eu também amo ela - Falei - Mas eu não posso Klaus 

- Claro que pode, é só deixar de ser orgulhoso e falar para ela tudo o que você sente - Klaus falou

- Como? Tipo: Mia, eu te amo, desde o primeiro momento que te vi lá na casa dos Mikaelson eu senti algo inexplicavel por você, não sei o que é, mas tenho certeza que se ficarmos juntos isso só irá melhorar...Eu te amo Mia - Falei e Klaus sorriu

- Isso - Klaus falou e saiu da barraca

- É sério Dean? 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...