História Querido vizinho - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Fantasia, Suspense
Exibições 9
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A festa


Setembro 28

Ontem a noite teve reunião na casa deles, pessoas estranhas aquelas, ternos, gravatas, vestidos rodados e saltos alto; Muita gente compareceu, carros luxuosos chegava a cada minuto, com três ou quatro pessoas, não fui convidada, é claro, na verdade, ninguém da vizinhança (pelo menos que eu conheça) foi.  O volume da musica era baixo, clássicos (bom gosto). Espiei a noite inteira, queria alguma desculpa para entrar lá e ver melhor, mas nada, não tive nenhuma ideia. Tive que me contentar com a visão da janela do meu quarto.

Nem percebi que tinha dormido ali mesmo, na janela, nuca dei tanto valor pra ela até então, maldita linda menina, culpa sua. Acordei com o barulho de uma buzina. Que tipo de pessoa buzina tão cedo? Alias, que horas são? Meu relógio marcava: "4:00AM".Buzinas a essa hora?Quem sera que...Um carro estava parado em frente a casa deles.Sera que eles tem algum tipo de fuso horário próprio?

A garota de cabelos escuros e o senhor grisalho entraram no carro, um carro antigo, mas muito bem cuidado e limpo. Sai correndo para a garagem, eu ia descobrir tudo agora! Liguei o carro e abri o portão o mais rápido que pude sem fazer barulho, o carro em que eles foram já estava na esquina, uma direita, outra direita, esquerda... Tentei gravar o caminho, afinal, me perco com muita facilidade, moro aqui a tantos anos e até hoje não conheço a cidade direito. O carro parou a alguns quilômetros de casa, em um beco. De um lado uma casa super bem cuidada e do outro um matagal. Eles entraram na casa em completo silêncio, um a um, em fila. Corri para a lateral da casa acompanhado com os olhos e absorvendo o máximo de informações que podia, tentando ligar os pontos.

Quase não reparei que alguém me observava. Ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...