História Queridos Destinos - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Diabolik Lovers, Drama, Ecchi, Hentai, Humor, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Lemon, Mukamis, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Romance, Ruki Mukami, Sakamakis, Shoujo (romance), Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Suspense, Yaoi, Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 81
Palavras 1.932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo
Meus polvos
Espero que gostem
^~^

Capítulo 38 - Outra...?!


[Dia Seguinte]

No dia seguinte, todos já tinham acordado, menos os garotos, que ficaram se divertindo a noite toda.

-Ahh...Já estou ficando com fome! -Laito começou a reclamar.

-Eu também. -Ayato disse concordando com seu irmão.

-Vamos acordar o Reiji? -Laito pergunta.

-Epa, deixa eles dormirem gente, eles provavelmente aproveitaram muito ontem. -Jéssica disse com Yudi nos braços.

-Sim, até demais... -Laito soltou um sorriso malicioso.

-Então...Vamos morrer de fome?-Ayato pergunta segurando Naomi.

-Não exagera, Ayato... -Yui disse olhando para o ruivo.

-E agora? -Laito pergunta.

-A minha Maninha sabe cozinhar muito bem. -Jéssica disse direcionando o olhar à Bianca.

-E-Eu? -Bianca pergunta com uma cara de surpresa.

-Sim, maninha que amo tanto...cozinha para nós? Eu vou ficar te devendo uma. -Jéssica disse fazendo bico.

-Tudo bem, eu cozinho...Mas vai ficar me devendo uma...Jéssica...

-Sem problemas, senhora!

-Ei...

-Vá logo, querida cunhada. -Laito disse guiando Bianca até a cozinha.

-Tudo bem...Não precisam exagerar...

Bianca fez todo o trabalho de Reiji, cozinhou tudo bem rápido. Minutos depois, Bianca começou a colocar as comidas na mesa e todos sentaram na mesa com rostos sorridentes.

-Hum...Que aroma agradável. -Laito disse saboreando o aroma.

-Eu falei que ela cozinha bem. -Jéssica disse colocando os bebês no carrinho.

-Vamos comer! -Scarlet disse pegando um prato.

-Bora! -Ayato disse pegando um prato e se servindo rapidamente.

-Ayato, devagar! -Yui reclama.

-Ah não, Yui...Não dê uma de Reiji nesse momento.

-Aeee, vamos comer! -Jéssica disse pegando um prato.

Todos pegaram um prato e começaram a comer, saboreavam a comida até que Ayato diz:

-Que comida boa...

-Só podia ter sido feito pela minha Bianca...-Azusa disse pegando nas mãos de Bianca.

-Não exagere...Azusa...

-Mas, sério, acho que ela cozinha melhor que o Reiji! -Laito disse sorrindo.

-Acho que o Reiji não iria gostar nem um pouco de ser substituído. -Scarlet diz.

-Hum...Até que não é uma má idéia...-Kanato diz olhando para Bianca.

-Não exagerem, pessoal...A comida do Reiji é melhor...

-Será mesmo? -Laito diz.

-Ou será que não? -Ayato diz olhando para Laito.

-Ok...Chega! Vamos comer...-Yui disse colocando Naomi no carrinho.

-Sim...

Todos comeram e logo após, se retiraram da mesa e foram fazer outras coisas. Yui e Ayato, Laito e Jéssica foram dar uma volta com os gêmeos e a pequena Naomi no parque. Bianca e Azusa foram até o shopping para comprarem as roupas para o bebê e Scarlet e Kanato foram até a lanchonete para comerem algo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

{Shu Pov's On}

Eu acordo ao lado de Reiji, ele estava dormindo tão profundamente, que achei melhor não acordá-lo.

Fui até o banheiro e comecei a tomar o meu banho, mas logo escuto um grito:

-SHUUUUUU!!!!! -Era o Reiji.

Eu rapidamente coloquei uma toalha e saí do banheiro correndo.

-O que foi, Reiji?

-Eu estou com uma dor de cabeça do inferno!

-Você deu esse grito para isso?

-Claro e aliás por que estou assim? -Ele disse passando a mão na testa.

-Vai me dizer que não se lembra de tudo que fez ontem à noite?

-Não, o que eu fiz?

-Bem, você bebeu muito, não falava nada com nada e depois viemos até aqui.

-Só isso?

-Quase lá...

-Está querendo dizer que nós fomos longe demais? -Ele disse me olhando firme.

-O que você acha?

-Ah...Não lembro de nada...

-Quem mandou beber demais? Agora para de reclamar que vou tomar meu banho.

-É assim...Vai me deixar aqui sofrendo? -Reiji disse me olhando, fazendo bico.

-Sim, vou. -Digo entrando no banheiro e voltando a tomar meu banho.

Ao sair do banheiro, ouço Reiji reclamando o tempo todo.

-Vai ficar só reclamando? -Digo colocando a minha roupa.

-Claro, você não me ajuda...

-Levante-se logo, Reiji, deixe de frescura.

-Idiota, não consigo me levantar...

Puxo ele da cama e digo:

-Você consegue sim.

-Tá...eu vou me levantar...espera dez minutinhos...

-Que dez minutinhos, levanta logo! Depois eu que sou preguiçoso.

-Eu estou com dor de cabeça, é bem diferente.

-Foda-se, você toma um remédio e pronto, agora vai tomar um banho que fico te esperando aqui.

-Tá...eu vou...-Reiji foi até o banheiro quase caindo no chão, espero que ele não morra lá...

Depois de um longo tempo, Reiji saiu do banheiro, com uma cara de cansaço.

-Até que enfim, pensei que você tinha morrido lá dentro.

-Não exagere, Shu. -Reiji começou a se trocar.

-Vamos descer?

-Vamos...

Eu desci as escadas na frente de Reiji e ele foi logo atrás de mim, só reclamando...

Eu fui até a cozinha e peguei um remédio para ele. Fui até ele dando o remédio e ele me olhava bem estranho.

-O que foi? -Pergunto desconfiado.

-Acho que você esqueceu da água, idiota.

-Ah, é mesmo...

Fui até a cozinha pegar um copo de água. Quando eu estava enchendo o copo, senti alguém segurando a minha cintura e esse alguém era Reiji.

-Sabe Shu, quando a pessoa faz sexo...ela fica sem dor de cabeça...-Ele disse sussurrando no meu ouvido, o que fez com que eu ficasse totalmente arrepiado.

-Reiji...Você está pensando muito em sexo, sabia?

-Ah, vamos rapidinho... -Ele me pôs em cima do balcão e começou a me beijar, mas o interrompo e saio de cima do balcão.

-Reiji, outro momento, eu acho melhor...

-Idiota... -Ele pegou o copo de água e tomou o remédio.

-Olha quem fala...-Digo sussurrando.

-O que disse, Shu?

-Eu?? Nada!

-Acho bom...Vamos ao laboratório? Quero que me ajude em um experimento.

-Tudo bem, vamos.

Eu segui Reiji até o laboratório e lá, fizemos o experimento, de primeira deu errado, mas depois conseguimos fazer corretamente.

{Shu Pov's Off}

{Subaru Pov's On}

Eu acordei logo, levando um belo susto, pois Kou estava gritando no meu ouvido...

-SUBARU, PORRA!

-O QUE FOI??

-Não sei, eu só queria que você acordasse mesmo.

-Sério isso?

-Claro, retardado.

-Você acordou bem demais pelo visto.

-Sem dúvidas, vamos levantar. -Ele disse me puxando.

-Criatura, eu sei andar, não precisa ficar me puxando.

-LEVANTA LOGO!

-PARA DE GRITAR!

-Vamos, Subaru, levanta logo!

-Calma, já me levantei! -Digo me levantando da cama, coçando os olhos.

-Ah que bom, agora vamos!

-Você que ir para onde?

-Para Nárnia...Onde mais seria? Eu quero comer alguma coisa. -Ele disse me puxando.

-Já acordou com fome, Kou?

-Claro, hoje com certeza tem comida boa, vamos!

-Kou, eu ainda vou me trocar...

-Se troca logo!

-Tsc...Idiota...

Eu me troquei sem mínima vontade e depois, Kou ficou me puxando pela mansão até a cozinha.

-Vamos comer ~

-Kou e sua gula...

-Ei, eu não sou guloso!

-Não imagina, só fica pensando em comida o tempo todo.

-Bobo...-Kou se servir e pôs um prato enorme de comida.

-KOU, VOCÊ ESTÁ LOUCO??

-O que foi?

-Você não vai comer isso tudo!

-Claro que vou, vamos sentar?

-Vamos...

Eu e Kou nos sentamos à mesa e Kou comia parecendo que estava passando fome.

-Nem comento...

-O que foi, Subaru?

-Você tem um monstro na tua barriga que só sente fome, por acaso?

-Claro que não, isso se chama boa alimentação, criança.

-Criança? Você tem noção com quem você está falando?

-Calma, também te amo. -Kou veio se aproximando de mim para me beijar, mas eu dou um leve empurrão nele e digo:

-Você não está nem louco de me beijar com essa boca toda suja, não é?

-Eu vou jogar comida na sua cara! -Kou disse fazendo bico.

-Calma, meu tucano, não fica assim. -Digo abraçando-lhe.

-T-Tucano?

-Sim, meu bicudinho.

-Nossa que engraçado, Subaru... Vamos ao cinema hoje? -Kou perguntou me olhando com um sorriso.

-Ah, tudo bem...

-EBA, VOU ME ARRUMAR!

-Espera, mas... -Quando me dei conta, Kou já tinha ido embora...

Eu fui até o quarto e quando cheguei lá, Kou já estava fazendo uma bagunça, somente para se arrumar!

-VAMOS SUBARU, SE ARRUME LOGO!

-Tudo bem...

Eu e Kou, começamos a nos arrumar, eu me arrumei bem rápido, mas Kou demorou uma eternidade...

Um longo tempo depois, Kou estava pronto...

-Ainda bem, pensei que você iria terminar de se arrumar só depois que o cinema fechasse...

-Nossa, que engraçado, Subaru...

-Vamos logo.

-Sim!

Eu e Kou saímos da mansão e fomos ao cinema, quando chegamos lá, preferimos optar por um filme de ação. Nós assistimos o filme e depois, ficamos andando por vários lugares.

{Subaru Pov's Off}

{Ruki Pov's On}

Eu acordei há um bom tempo e fiquei esperando Yuma acordar, mas ele não acordava de jeito nenhum.

Fui em cima dele para acordá-lo e comecei a chamá-lo.

-Yuma, acorda...

-...-Ele só roncava, que raiva...

-YUMA!

-AHHH CARALHO, QUEM MORREU? -Ele acordou assustado.

-Ninguém, você estava dormindo demais e resolvi te acordar.

-Ah, foda-se... -Yuma virou o rosto e dormiu novamente.

-Yuma, acorde agora se não...

-ZZzzzzzZZzzzzz

-Você não me deu escolha...-Peguei o megafone, que estava na gaveta e chamei Yuma da forma mais educada possível.- YUMAAA ACORDA LOGO!!!

-Puta que pariu, o que você quer? Tá querendo me matar do coração?

-Só quero que se levante logo.

-Calma, já estou indo...

-Se arrume logo, não quero que você fique dormindo o dia todo.

-Pff, foda-se... -Yuma foi ao banheiro e fiquei esperando por ele.

Depois de alguns minutos, Yuma aparece com uma cara de irritado.

-Yuma, se troque logo.

-Pff, tá... -Yuma se trocou e depois ficou me encarando.

-O que foi?

-Por que eu estou tão dolorido? -Ele disse passando a mão nos braços.

-Depois de você ter passado quase duas horas fazendo a dança da chuva, o que você esperava?

-Dança da chuva? Do que você está falando.

-Você estava tão bêbado, que agora nem se lembra do que você fez.

-O que eu fiz?

-Você ficou me pertubando o tempo inteiro!

-Ah, isso já é normal... -Yuma disse sentando na cama.

-Normal? Como assim normal?

-Ah, Ruki...Você se irrita até com o vento...

-Olha quem fala, a senhorita tpm...

-O QUE VOCÊ DISSE, RUKI?!

-Eu não disse nada, impressão sua...agora vamos descer?

-Tanto faz...

-Para de ficar estressado com tudo, Yuma...

-Idiota...

-Ah meu pai, é hoje que vou ter que aguentar suas frescuras...

-Eu não sou fresco.

-Ah para de reclamar, vamos logo.

Eu e Yuma fomos até a sala, onde Shu, Reiji, Azusa e Bianca estavam.

-Então, como vão?

-Acordaram tarde, hein... -Shu disse sorrindo.

-Claro, o Yuma demora um ano para acordar...

-Só fica reclamando de mim...aliás, que sacolas são essas? -Yuma perguntou curioso.

-Ah, são as roupinhas do nosso bebê... -Bianca responde sorrindo.

-Nosso belo bebê... -Azusa disse passando a mão na barriga de Bianca.

-Vamos subir, Azusa...? Quero arrumar as roupas...

-Vamos...Até mais tarde, pessoal... -Azusa disse ajudando Bianca a levar as sacolas.

-Até...

-Ah, Ruki pode vir comigo? -Yuma perguntou para mim.

-Sim...Com licença.

-Toda... -Shu disse voltando a falar com Reiji.

Eu segui Yuma até o nosso quarto e ele ficou me olhando com um olhar bem diferente do normal.

-O que foi, Yuma?

-Ruki...Eu... -Yuma me puxou para perto dele e me deu uma mordida, não foi tão dolorosa, como eu pensei.

-Pode parar, Yuma. -Digo me afastando.

-Obrigado, eu estava com muita sede...

-Por isso estava de mau humor?

-Provavelmente, agora vamos.

-Espera, você me trouxe aqui só para isso?

-Claro, achou que eu iria transar com você aqui?

-Eu não duvidaria...

-Então...Vamos fazer isso...

-Você não está nem louco, vamos voltar...

Eu e Yuma voltamos até a sala e ficamos conversando...

{Ruki Pov's Off}

[De noite]

Pela noite, todos já estavam reunidos para jantarem. Enquanto jantavam, Ayato levantou-se da mesa e pediu a atenção de todos.

-Pessoal, quero dizer que já contratei uma nova babá.

-Espera, como assim? -Jéssica pergunta.

-Amanhã ela estará aqui conosco.

-E se ela for uma louca pirada igual as anteriores? -Subaru pergunta surpreso.

-Não se preocupem, eu conheço ela...

-Devemos confiar?

-Ela é ótima com crianças, sempre me tratou como um filho...

-Espera desde quando vocês se conhecem? -Yui pergunta aparentando não ter gostado muito.

-Eu falava com ela quando eu era criança, eu pensei que ela havia morrido, mas ela ainda está viva!

-Talvez ela seja uma boa pessoa.-Laito disse animando Yui.

-Não sei...

-Relaxa, Yui...Amanhã você verá como ela é super gentil...

Continua... 


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...