História Quero amar Você - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Anna Heartfilia, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Igneel, Jude Heartfilia, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Zeref
Tags Drama, Herança, Por Mavisqwer, Proibido, Zervis
Visualizações 64
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi mais um​ cap'S y.u

Capítulo 18 - Uma noite Nublada


Fanfic / Fanfiction Quero amar Você - Capítulo 18 - Uma noite Nublada

Depois que separei nossos lábios o encarrei nao havia palavras na minha boca para dar uma resposta não sabia oque sentia oque diria e se algo desse errado e se no final os dois se machucasse

Mavis: E-E..eu...-Sau correndo para fora deci pelas escadas por sorte do outro lado da rua havia um ponto de táxi-.... Moço...-Estava ofegante pela corrida -Liga o carro.....va para esse endereço

Taxista:Sim senhora

Ele ligou o carro e foi embora não poderei aceitar também o amo por todos os dias que passamos e rimos não podia meu pai conserteza não aprovaria poderia fazer oque ?Me bater me mandar para fora de casa ponhar em um intercâmbio para me afastar .

Quando finalmente cheguei corri para o quarto as luzes estava apagada conserteza foram todos para seus quartos corri para o meu tranquei a porta e fui ao banheiro tomar um banho quente quando senti a água bater contra minha pele a culpa veio de uma vez o sentimento de rejeição.

O amava mas oque poderia fazer meu pai poderia mata-lo conserteza minhas lágrimas deciam sentia elas escorrendo me sentei no chão e só queria chorar até aquele sentimento sumir .

Depois que finalmente sai pudd deitar na cama aquela noite não  consegui falar mecher dormi era uma​ boneca sem vida sai do meu transe quando ouvi as gotas bater em minha janela sentir o frio .

Me levantei e fui até a sacada sentia o frio bater contra minha pele apenas observando

"Espero que não o tenha machucando"

 

 

Zeref On

Última coisa que vi foi seus cabelos correndo pelo vento pela janela a vi entra no táxi a única coisa que queria era descontar minha raiva dei um chute contra cama .

Deci e nem olhei para trás peguei o meu carro e fui para um bar qualquer beber ate cair Quantos mais copos virava mais meu coração se perto mais me lembro dela de sua rejeição fui embora chovia Fiquei parado apenas sentindo me apanhar pelo frio que chicoteava 

Peguei​ o carro mesmo sabendo que não tinha condições de dirigir Passei vários sinais Quando entrei na garagem fui para o quintal Apenas de olhar para aquelas flores me alembrei dela tudo ela tudo, tudo, tudo!

Por um Simples ataque de raiva ranquri tudo um conta imensa de gritar   me Toma

Zeref: PORQUE!.... Porque!.. porque... por​...que..!!-Quanto mais me lembrei​ mais sentia um buraco no meu peito

Florência: Filho... Porque está gritando..-Minha mãe me cobriu com um lençol-Saia dessa chuva que ficará doente...meu amor

Zeref:Não quero!

Florência: Você pode pegar um resfriado

Zeref:Por mim que morra

Florência:Nao diga algo assim..-Ela me levou para dentro -Ja são 03:00 dá manhã... você ta fedendo álcool

Zeref:Me deixa..ela..

Florência:Ela? Quem?

Zeref:Ela...ela,ela,ela,ela,ela..el...a

Florência:Você está bêbado..-ela me arrastou pro banheiro e me tacou la dentro-tirre a roupa e tome um banho vou pegar um remédio

Fiz como mandou tomei um banho e fui para cama 

Florência: Tome!Beba esse chá com o comprimido-acabei tomando e já senti meu olhos pesado-Antes de Dormir ponha alguma roupa!

Zeref:Me...de...i..xa.

Acabei dormindo na hora..

_

__

___

____

_______

_________

Acordei no dia seguinte com uma enorme dor de cabeça..não alembrei de nada antes do ocorrido com mavis estava no meu quarto. Pelado?

Minha mae entrou no quarto sua cara estava estranha

Florência:Acordou 

Zeref:Minha cabeça...

Florência:Oque deu em Você nunca bebeu daquele jeito..oque aconteceu

Zeref: Nada-aos.poucos minha memória foi voltando tendo pequenos flech'S-mae...assina um cheque para mim

Florência: Porque?

Zeref: Quero viajar

Florência:Mas Você tem colégio

Zeref: MÃE!....por favor..

Florência:Tá.....-Ela pegou uma folha e assinou-Ponhe o valor que Presisa..

Ela saiu me troquei peguei apenas uma mala pequena e sai 

 

 

Mavis On

Acordei horrível estava com olheiras meus olhos inchado nem com maquiagem esconderia tanto

Anna: Filha está atrasado-Ela me deu uma boa incarada-Voce está bem...

Mavis: estou...mãe posso faltar hoje

Anna:Como assim você nunca falta-ela se sentou na cama comigo-aconteceu algo..

Mavis:Sim..meu estômago está embrulhado...só isso

Anna:Tem serteza...

Mavis:Por favor..só hoje..

Anna: Serto

Ela saiu me mandou tomar um banho quente estava frio me agasalho fico o dia inteiro deitada Lucy me ligou para saber se haveria acontecido algo queria vir 

Apenas neguei queria ficar sozinha

Fiquei 3 dias trancada no meu quarto não queria sair ou comer me sentia horrível

 

"PORQUE FUI ME APAIXONAR JUSTO POR VOCÊ"

 

Anna On

Mavis estava fechada no quarto faziam 3 dias algo lhe havia acontecido..

Acnologia:vá Chamá-la

Anna:ela ainda não está bem

Acnologia:Vá já Perdeu 3 dias um 4 não!

Anna:ela não tá bem

Acnologia:ele ja vai vir buscá-la

Anna:ele?

Acnologia: lembra dá conversa que tivemos

Anna:Não!isso..isso.seria..-

Acnologia: calada vá Chamá-la

Anna:está bem

Entrei no quarto dela estava com a mesma cara foi difícil mas a convenção

 

Ela estava com o uniforme típico que havia lhe comprado

Anna:Como quer seu cabelo

Mavis: Tanto faz..

O prendi num rabo de cavalo de lado e a deci para tomar o café

Acnologia:até quem fim!

Ela apenas se sentou calada

A campainha toca e uma das empregadas vai atender um rapaz de cabelos castanhos escuros e olhos caramelo aparece

Acnologia:Que Bom que chegou Maverick

Anna: Maverick...?

Acnologia:Sim! Ele.e filho de um dos advogados do meu escritório

Maverick:Bom dia-Ele usava o mesmo uniforme do colégio mavis-irei começa a estudar no mesmo Colégio que você e seu pai me convidou para acompanhar

Acnologia:Não irá falar nada mavis

Mavis: prazer

Eles tomaram café e foram ao colégio Junto

Não acredito que ele vai mesmo fazer isso

Anna: Vai mesmo fazer isso

Acnologia:vou

Anna: E-Eu...hm... licença..

Me retirei da mesa e fui para o quarto

 

 


Notas Finais


Obrigada por lerem e boa noite


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...